Geoff Tate: É a primeira vez que 'Mindcrime' é tocado ao vivo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 05/06/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em uma nova entrevista com o TimesLeader.com, o vocalista Geoff Tate falou sobre sua atual turnê do QUEENSRYCHE, que celebra os 25 anos do álbum “Operation Mindcrime”.

2971 acessosQueensryche: Geoff Tate vê show e diz o que achou de La Torre5000 acessosTamanho é documento?: os Rock Stars mais altos e baixos

“Acho que não sou uma pessoa muito nostálgica”, disse Tate quando perguntado se tocar este LP completo todas as noites lhe traz muitas memórias de 25 anos atrás. “Eu gosto muito de fazê-lo, tocar este álbum na última perna da turnê. É na verdade a primeira vez que ‘Mindcrime’ é tocado ao vivo, e com isso eu quero dizer que os músicos de fato estavam tocando os instrumentos. Com o QUEENSRYCHE, nós sempre fomos muito limitados. Nós tínhamos grandes ideias, e não queríamos nos limitar no estúdio dizendo: ‘Nós não conseguiremos fazer isto ao vivo, então não vamos colocá-lo no álbum’. Nós não queríamos pensar sob estes termos, então quando chegava a hora de tocar a música ao vivo, isto requeria mais gente no palco do que podíamos ter, por exemplo, assim que começamos a usar o click-track [série de vinhetas ou sons sincronizados]. Assim que começamos a fazer isso, era um método bem mais primitivo, mas o click-track ditava a música e nós fluíamos em determinadas partes, seções como backup vocals, orquestras e coisas assim, em uma fita que usávamos para fazer o som parecer mais como o álbum do estúdio. A parte boa é que era muito econômico fazer isso. A parte ruim é que não tínhamos espaço para experimentar com as músicas, não podíamos improvisar... Você nem está mais ouvindo os outros tocarem, então você perde este elemento humano de uma banda que está junta , vocês não está mais tocando com seus companheiros. Com esta atual apresentação que estou envolvido com os caras, nós tocamos tudo ao vivo... É uma apresentação muito mais orgânica, o que para mim é incrível, porque eu nunca tive isso antes. É uma nova fronteira. Um novo sentimento para com a música, o que eu acho extremamente animador.”

Tate também falou sobre sua técnica vocal e sobre treinar constantemente para manter sua voz e boas condições.

“Sim, eu tenho que cantar muito.” Afirmou. “A voz é um músculo, sabe, e você tem que continuar trabalhando com ele. Eu começo de manhã bem cedo. Quando acordo começo a fazer escalas e cantarolar, e este tipo de coisa deixa minha voz em um bom padrão. Ao meio dia, estou cantando em alto e bom som. É uma coisa de um dia inteiro. É mais desafiador quando você está na turnê, porque isto significava sair na estrada, fazer um show e então esperar até o mesmo momento no dia seguinte para cantar de novo. Hoje em dia, com a indústria sendo o que é, você levanta às 4 da manhã para fazer uma entrevista às 6 em uma rádio, onde você também deve cantar... então tem mais uma aparição no final do dia, onde você deve fazer mais coisas, então tem passagem de som, meet and greet e outro grupo de passagem de som, então você faz uma performance e outro meet and greet depois disso. Quando você deita de noite, já são duas ou três da manhã, e com sorte você não tem um programa de rádio às 6 do dia seguinte.”

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

QueensrycheQueensryche
Geoff Tate vê show e diz o que achou de La Torre

802 acessosGeoff Tate: "No palco com minha nova música, eu corro riscos"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Queensryche"

Heavy MetalHeavy Metal
Dez grandes acústicas de bandas do gênero

Metal ProgressivoMetal Progressivo
Os melhores álbuns do estilo segundo o About.com

Mike PortnoyMike Portnoy
Racha do Queensryche foi pior que do Dream Theater

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Queensryche"

Tamanho é documento?Tamanho é documento?
Os Rock Stars mais altos e baixos

Iron MaidenIron Maiden
Felipe Dylon toca clássicos da donzela

Sexo AnalSexo Anal
Saiba onde encontrar esse prazer no Rock

5000 acessosIron Maiden: "se as bandas de metal mandassem no mundo..."5000 acessosIron Maiden: a concepção original de Eddie5000 acessosIron Maiden: conheça parte da equipe e dos parentes5000 acessosZakk Wylde: guitarrista quer funeral Viking4152 acessosOzzy Osbourne: entre artistas com letras mais mal interpretadas5000 acessosHeavy Metal: os 11 melhores álbuns da década de 70

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online