Hellyeah: Segundo Vinnie, ex-membros não ajudavam em nada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Raymond Westland do "ThisIsNotAScene.com" recentemente conduziu uma entrevista com o ex-PANTERA e atual baterista do HELLYEAH, Vinnie Paul Abbott. Alguns trechos desta conversa estão disponíveis abaixo.

"Blood For Blood" é o mais focado e conciso álbum do HELLYEAH até o momento. Como você acha que ele saiu desta forma?

Vinnie: "Nós realmente queríamos fazer o melhor disco de nossas carreiras. Nós simplesmente saímos da Gigantour com o BLACK LABEL SOCIETY e algumas outras bandas, e então quando o ciclo de turnês "Band Of Brothers" foi completado, nós realmente queríamos fazer um novo disco e entrar em estúdio e captar o momento que havíamos criado por conta de todas estas turnês. Trabalhar com Kevin Churko [Produtor] foi outra razão pela qual o novo disco soa tão fresco e focado. Ele realmente sabia o que era melhor para nós."

publicidade

Vocês trabalharam com Kevin Churko. O que ele trouxe como produtor?

Vinnie: "Kevin realmente sabia como tirar o melhor de nós e isso foi realmente refrescante para mim, ser somente o ‘baterista’ para variar. Cinco anos atrás eu comprei uma casa em Las Vegas e essa é a cidade de Kevin. Então, de vez em quando, nós nos encontrávamos e discutíamos trabalhar juntos em algum momento. Eu sou um grande fã de seu trabalho com Ozzy Osbourne, e todas as produções que ele já fez, e ele é um grande fã das coisas que eu já fiz. Então chegamos a um ponto de querer trabalhar com um produtor externo e nem precisamos pensar em trabalhar com ele. Ele também se deu muito bem com Chad [Gray, vocalista], então foi uma jornada bem tranquila quando chegamos nos vocais."

publicidade

Greg Tribbett (guitarrista) e Bob "Zilla" Kakaha (baixista) deixaram a banda. Como isso afetou o processo criativo e a dinâmica do HELLYEAH?

Vinnie: "Chad, Tom [Maxwell, Guitarra] e eu sempre cuidamos da maioria da composição dentro do HELLYEAH. Greg na maior parte do tempo só assistia o que fazíamos e ele contribuiu muito pouco. Bob não fazia muita coisa, além de estar lá para os shows ao vivo. Ter somente três pessoas evolvidas com a criação de um novo disco realmente fez as coisas mais fáceis também. Algumas vezes você não pode ter muitos chefs na cozinha, o que pode frustrar o processo como um todo, entende?"

publicidade

publicidade

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Ghost: uma foto assustadora dos bastidores do Rock In RioGhost
Uma foto assustadora dos bastidores do Rock In Rio

Roadrunner: os dez melhores vídeo-clipes da gravadoraRoadrunner
Os dez melhores vídeo-clipes da gravadora


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin