Vinnie Paul: sem Dimebag, sem Pantera

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O ex-baterista do PANTERA e do HELLYEAH, Vinnie Paul Abbott, e o frontman do HELLYEAH, Chad Gray, foram entrevistados em um recente episódio do programa francês "Une Dose 2 Metal" na L'Enorme TV.

Pantera: seria uma grande honra ser indicado ao Hall da Fama do Rock, diz Phil AnselmoKing Diamond: Alguém já o viu sem a maquiagem?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando foi perguntando sobre a recente reedição do álbum "Far Beyond Driven", de 1994, do PANTERA, Vinnie Paul disse: "Eu realmente não penso sobre isso. Para mim é algo que eu fiz no passado e tenho bastante orgulho disso. E eu mudei e progredi com minha vida. Isso [HELLYEAH] é o que eu faço agora. Eu amo fazer isso, mas eu entendo que os 20 anos de história fazem disso bastante especial."

"'Far Beyond Driven' foi um disco provavelmente a frente de seu tempo e até hoje, ainda soa fresco como qualquer outra banda que está lá fora. Ele foi um disco que foi feito em um outro nível. Nós estivemos no topo com 'Vulgar Display Of Power' e essa era uma montanha bem alta para se escalar, mas quer saber? Se você vai ganhar disso, você tem que ir neste nível."

Ele continua: "Estou bem, estou feliz que as pessoas apreciaram isso. Isso sempre vai estar por aí. Há fãs que estão encontrando isso toda hora, mas é definitivamente o passado. É parte da história."

"As pessoas sempre me perguntam: 'Vai haver uma reunião?' Você vai fazer algo com Zakk Wylde [BLACK LABEL SOCIETY, OZZY OSBOURNE]? Ou algo assim. E é simples, sem 'Dimebag', sem PANTERA. Não vai pra frente, não vai dar certo."

"Eu não fico triste quando eu ouço isso, isso não faz com que eu pule para cima e para baixo. Eu simplesmente fico: 'Uau! Isso foi há 20 anos? Parece que foi há dois meses atrás.'"

"Mas definitivamente é parte da história do heavy metal, e eu estou feliz de que as pessoas ainda apreciem isso e tenham vontade de ouvi-lo. E em algum momento, talvez eles percebam que há outras coisas lá fora também."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Pantera"Todas as matérias sobre "Hell Yeah"Todas as matérias sobre "Dimebag Darrell"Todas as matérias sobre "Vinnie Paul"


Pantera: seria uma grande honra ser indicado ao Hall da Fama do Rock, diz Phil AnselmoPantera
seria uma grande honra ser indicado ao Hall da Fama do Rock, diz Phil Anselmo

Ghost: banda toca trecho de "Walk", do Pantera, em show

Zakk Wylde: guitarrista mantém aberta chance de fazer tour de homenagem ao PanteraZakk Wylde
Guitarrista mantém aberta chance de fazer tour de homenagem ao Pantera

Clube da Música: a trágica morte de Dimebag Darrell (vídeo)Pantera: as bandas relacionadas ou derivadas do grupo texano.

Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 1994Pra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 1994

Pantera: A versão de Vinnie Paul sobre o fim da bandaPantera
A versão de Vinnie Paul sobre o fim da banda


King Diamond: Alguém já o viu sem a maquiagem?King Diamond
Alguém já o viu sem a maquiagem?

Veraneio Vascaína: Uma ácida crítica à polícia brasileiraVeraneio Vascaína
Uma ácida crítica à polícia brasileira


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adGoo336