Richie Kotzen: não foi tocar com Ozzy por causa do Poison?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar Correções  

Crash Crafton do Legendary Rock Interview, conversou recentemente com o músico Richie Kotzen. Segue um trecho:

Após o lançamento de ‘Mother Head’s Family Reunion’, e de seu ciclo de turnês, foi reportado que você ia se juntar à banda de Ozzy Osbourne após a saída de Zakk Wylde. Há alguma verdade de que você fez testes ou ensaios com Ozzy?

Richie: "Como você sabe disso? Claro que você ia saber disso!"

Você descobre as coisas quando segue um artista que você gosta. Acompanho você há mais de 20 anos!

Richie: "Uau! Não tem muitas pessoas que sabem dessa história. Eu posso lhe contar. É bem engraçado porque naquela época... Estou tentando me lembrar do que estava acontecendo. Ok, acho que era 1995, deve ter sido. Eu tinha perdido um contrato com a Geffen porque meu cara do A&R [artista e repertório] tinha ido para a Sony. Eu estava fora de contrato naquela época e estava pensando em assinar com a RCA. Nesse período, eu lembro de ter recebido uma ligação do meu agente. Da forma que me foi apresentado, é que eles tinham ligado e queriam me conhecer. Sharon queria me conhecer e eles precisavam de um guitarrista. Naquela época eles tinham feitos vários trabalhos com Steve Vai e por qualquer razão, isso não tinha funcionado. Zakk também não estava envolvido nesse ponto."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Então me mandaram para Nova York. Eu lembro de estar muito doente, eu na verdade tive que ir ao portão de embarque em uma cadeira de rodas. Eu não podia andar, eu tinha algum tipo de infecção alimentar. Foi um pesadelo. Lembro de chegar ao portal na cadeira de rodas, o que é realmente estranho para mim, porque sou uma dessas pessoas que nunca vai ao médico. Sou um daqueles caras que só espera ficar bom. Eu estava realmente doente, mas sabia que tinha que ir para Nova York, então eu viajei e estava melhor quando aterrissei."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu fui ao quarto de hotel de Ozzy para conhece-lo. Ele fez uma brincadeira comigo e eu nem percebi o que ele estava fazendo. Ele tinha esse, você sabe quando arranca um dente, eu não sei a palavra certa, mas é como uma seringa que espirra água ou álcool. Ele estava tentando me convencer de que ia se injetar heroína. Ele estava fazendo todos esses movimentos loucos e éramos só nós dois em seu quarto de hotel. Por qualquer razão, eu não consegui registrar o que ele estava fazendo. Eu não estava prestando atenção e finalmente ele ficou frustrado que eu não estava vendo que ele estava tentando pregar uma peça em mim. E então sentamos em seu quarto de hotel e assistimos ‘Débi e Loide’. Eu e Ozzy assistimos ‘Débi e Loide’ [...]"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Então teve outro momento onde eu toquei com ele, mas eu não sei se foi em outra viagem. Por alguma razão tem esse grande hiato em minha memória. Em um momento eu toquei com ele. Geezer Butler estava no baixo e Deen Castronovo estava na bateria. Foi em Nova York. Acontece que eu voltei e falei para alguém que eu ia ser o novo guitarrista do Ozzy, eles já tinham negociado o contrato com meu agente e tudo mais. Nessa época a AOL [America Online] era realmente popular. Tudo acontecia nas salas de chat onde as pessoas faziam fofocas. Eu fiz o erro de contar a alguém que eu iria fazer isso. Eles foram lá e colocaram no chat da AOL: ‘Richie Kotzen, ex-guitarrista do POISON, vai tocar com Ozzy!’. E as pessoas ficaram loucas! Eles disseram: ‘Isso é uma merda, um cara do POISON vai tocar com Ozzy?’ Haviam pessoas que nem me conheciam e não tinham ideia do que eu fazia, mas porque uma pessoa escreveu ‘POISON’, já havia uma grande comoção na AOL"

"Lembro de ver isso e ficar muito puto: ‘Por que diabos você foi lá e disse isso ao público? Eu falei isso como um amigo e você está aí falando merda na Internet’ Então toda a negociação morreu. Só posso presumir que foi por causa disso. [...] Zakk Acabou voltando e fazendo o disco."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Black Sabbath: os vocalistas misteriosos da bandaBlack Sabbath
Os vocalistas misteriosos da banda

The Voice: candidato faz power metal cantado em portuguêsThe Voice
Candidato faz power metal cantado em português


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 Cli336 Goo728 Goo336