Queen: histórico Live At The Rainbow 74 é lançado após 40 anos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Raphael Ravagnani, Fonte: The Official Queen Website
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 23/08/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Após 40 anos finalmente a espera acabou.

836 acessosBrian May: "todos nós deveríamos ser veganos"5000 acessosHeavy Metal: 5 músicos que não são metaleiros mas amam o estilo

Era um domingo, 31 de março de 1974, onde quase ninguém imaginava, mas que se tornaria um marco na história do Rock and Roll. Uma banda até então iniciante chamada QUEEN realizava em Londres no lendário Rainbow Theatre um show intimista para uma pequena plateia que mal poderia imaginar que dentro de pouco tempo aquela se tornaria uma das maiores e mais bem sucedida bandas de toda história do Rock, mesmo que após o show alguns tenham suspeitado disso, talvez pela irretocável qualidade da banda ao vivo, característica esta que se tornaria uma de suas marcas anos depois, felizmente não só para pequenas e intimistas plateias, mas sim para verdadeiras multidões, lotando grandes estádios pelo mundo.

Este show foi o inicio da 1ª turnê da banda como headliners passando por todo Reino Unido, meses antes, no finalzinho de 1973 o QUEEN tinha realizado uma turnê sendo a banda de abertura do MOTT THE HOOPLE, turnê esta que foi primordial para a banda, pois nela o QUEEN foi considerada por muitos o grande destaque ofuscando a banda principal, inclusive na opinião de figuras que hoje são ilustres, mas que na época eram desconhecidos e tiveram a sorte de assistir a estes shows onde o QUEEN era banda de abertura:

JIM KERR do SIMPLE MINDS assistiu ao QUEEN pela primeira vez quando eles eram a banda de abertura do MOTT THE HOPPLE, ele se recordou com entusiasmo na festa de lançamento do álbum Innuendo, de como o QUEEN ofuscou o MOTT THE HOOPLE naquele dia. RICHIE SAMBORA do BON JOVI foi outra figura ilustre que assistiu por três vezes o QUEEN abrindo para o MOTT THE HOOPLE em Nova York e classificou a banda como absolutamente fantástica e que nunca mais se esqueceria daqueles shows.

Todos estes elogios foram se tornando uma crescente importante para solidificar a carreira do QUEEN, culminando inclusive para já no inicio de 1974 serem apontados como banda do ano no Reino Unido pelas renomadas publicações Disc e Music Echo.

Toda esta atenção e atmosfera envolvendo o QUEEN na época ainda trouxe um importante golpe de sorte, pouco antes do show no Rainbow Theatre em março de 1974, DAVID BOWIE que se apresentaria no cobiçado programa de TV Top of the Pops, teve problemas e não pode comparecer, o QUEEN foi então chamado às pressas para o seu lugar, onde tocaram a música Seven Seas of Rhye em uma performance emocionante que levou a faixa para o Top 10 imediatamente, se tornando o primeiro hit da carreira da banda até então.

Veja abaixo a apresentação do QUEEN no Top of the Pops:

Mesmo com toda maré a favor e com seu primeiro single nas paradas o álbum Queen II havia acabado de ser lançado, muitos ainda estavam reticentes e duvidosos sobre o QUEEN tocar no Rainbow Theatre pensando que talvez fosse ambicioso demais para a banda.

Todas estas dúvidas vieram por água abaixo quando todos os 3.000 ingressos para o show se esgotaram rapidamente, mesmo com os ingressos custando até £ 1,20, longe de ser um valor baixo para a época.

Não preciso nem dizer que o ingresso valeu cada centavo, o desempenho do QUEEN foi fantástico, desde o primeiro segundo em que FREDDIE MERCURY pisou no palco vestindo seu figurino branco com pequenas asas de águia, feito sob medida especialmente para a ocasião pela renomada estilista Zandra Rhodes.

Se fosse apenas pela voz extraordinária e do incrível domínio de palco de FREDDIE MERCURY, já valeria o ingresso, mas se tratava da banda QUEEN no palco, que ainda trazia um tímido e inovador guitarrista chamado BRIAN MAY, o incrível ROGER TAYLOR nas baquetas e JOHN DEACON no baixo, curiosamente eles não se limitavam aos seus instrumentos, todos participavam ativamente do show, criando incríveis harmonizações vocais e tocando outros instrumentos, tudo em em meio a uma atmosfera única que misturava ópera com um clima de cabaré.

No final do show os fãs estavam extasiados e aplaudiram de pé a banda por vários minutos.

Este incrível show foi gravado pelo renomado produtor Roy Thomas Baker, que foi co-produtor dos primeiros quatro álbuns de estúdio do QUEEN. A ideia de Roy Thomas era lançar este show como o 3º álbum do QUEEN, sendo o 1º ao vivo, onde a ideia era capturar toda a magia da banda ao vivo, assim como fez o THE WHO com o clássico At Leeds e JAMES BROWN com definitivo Live At Apollo.

Mas o QUEEN estava no ápice de sua criatividade, produzindo canções sem parar que estavam prontas para virar um novo disco de inéditas, frustrando assim os planos de Roy Thomas que engavetou o Live At The Rainbow e foi obrigado a brindar os fãs com o incrível Sheer Heart Attack, lançado em novembro de 1974, apenas 8 meses depois de QUEEN II, tornando-se o 1º álbum de sucesso mundial do QUEEN.

Sheer Heart Attack, foi um enorme sucesso de público e crítica, trazendo a música Killer Queen, que se tornou instantaneamente o primeiro single a ir para o topo das paradas, esta música cheia de letras inteligentes, toques de cabaré e ópera trazia todo o DNA que permearia toda a carreira do QUEEN.

Não teve jeito e devido ao enorme sucesso do álbum, o QUEEN retornou novamente ao Rainbow Theatre, desta vez para duas apresentações, que também tiveram ingressos esgotados e com um show mais espetacular ainda que os de março com um desempenho no palco fora do normal.

Os shows e o álbum receberam muitos elogios de fãs e dos críticos, que até mesmo os críticos que até então duvidavam do potencial da banda, deram o braço a torcer para a qualidade já inquestionável do QUEEN.

O sucesso foi tanto que fez com que o QUEEN posteriormente realizasse seus primeiros shows na Austrália, Estados Unidos, Suécia, Finlândia, Holanda, Bélgica e Espanha.

Agora, finalmente após uma longa espera de 40 anos estes shows verão a luz do dia oficialmente e são lançados com toda a pompa da rainha, trazendo mais de doze faixas nunca antes lançadas oficialmente, todos restaurados minunciosamente e com altíssima qualidade de imagem e som, saindo nos formatos: CD, Vinil, DVD, Blu-Ray, disponíveis em versões simples e luxuosas com tiragem limitada em formato digital e analógico.

Veja o trailer do lançamento:

Abaixo seguem detalhes da versão limitada super luxo que trará:

• 2 CDs, um trazendo o show completo de março e o outro CD com o show completo de novembro;
• DVD e Blu-Ray SD do show completo de novembro trazendo ainda 4 faixas bônus do show de março;
• Livro de capa dura com 60 páginas contendo várias imagens inéditas e reproduções de releases da época (publicações da Disc, Music Echo e The Times.);
• Reprodução de 2 ingressos do show de março (curiosamente estes dois ingressos foram reproduzidos a partir dos ingressos originais usados pelos pais de Brian May);
• Reprodução de toda organização e itinerário do show de março promovidos por Mel Bush, incluindo uma carta com recomendações para que a banda não destruísse os quartos de hotel ou eles sofreriam terríveis consequências;
• Reprodução em brochura com 8 páginas dos suvenires do show;
• 2 Bottoms, reprodução fiel dos que eram vendidos no dia do show;
• Reprodução dos pôsteres roxo e dourado do show de março;
• Reprodução de um ensaio fotográfico que saiu no The Telegraph Magazine, com a banda posando cercada de top models;
• Reprodução do cartão de acesso ao palco do show de março.

CD1: QUEEN II Tour - Live at the Rainbow, March ’74

1. Procession
2. Father To Son
3. Ogre Battle
4. Son And Daughter
5. Guitar Solo
6. Son And Daughter (Reprise)
7. White Queen (As It Began)
8. Great King Rat
9. The Fairy Feller’s Master-Stroke
10. Keep Yourself Alive
11. Drum Solo
12. Keep Yourself Alive (Reprise)
13. Seven Seas Of Rhye
14. Modern Times Rock ’n’ Roll
15. Jailhouse Rock (Medley)
Stupid Cupid (Medley)
Be Bop A Lula (Medley)
16. Liar
17. See What A Fool I’ve Been

CD2: Sheer Heart Attack Tour - Live at the Rainbow, November ’74

1. Procession
2. Now I’m Here
3. Ogre Battle
4. Father To Son
5. White Queen (As It Began)
6. Flick Of The Wrist
7. In The Lap Of The Gods
8. Killer Queen
9. The March Of The Black Queen
10. Bring Back That Leroy Brown
11. Son And Daughter
12. Guitar Solo
13. Son And Daughter (Reprise)
14. Keep Yourself Alive
15. Drum Solo
16. Keep Yourself Alive (Reprise)
17. Seven Seas Of Rhye
18. Stone Cold Crazy
19. Liar
20. In The Lap Of The Gods... Revisited
21. Big Spender
22. Modern Times Rock ’n’ Roll
23. Jailhouse Rock
24. God Save The Queen

DVD e Blu-Ray SD: Sheer Heart Attack Tour - Live at the Rainbow, November ’74

1. Procession
2. Now I’m Here
3. Ogre Battle
4. Father To Son
5. White Queen (As It Began)
6. Flick Of The Wrist
7. In The Lap Of The Gods
8. Killer Queen
9. The March Of The Black Queen
10. Bring Back That Leroy Brown
11. Son And Daughter
12. Guitar Solo
13. Son And Daughter (Reprise)
14. Keep Yourself Alive
15. Drum Solo
16. Keep Yourself Alive (Reprise)
17. Seven Seas Of Rhye
18. Stone Cold Crazy
19. Liar
20. In The Lap Of The Gods... Revisited
21. Big Spender
22. Modern Times Rock ’n’ Roll
23. Jailhouse Rock
24. God Save The Queen

Faixas Bonus: QUEEN II Tour - Live at the Rainbow, March ’74

1. Son And Daughter
2. Guitar Solo
3. Son And Daughter (Reprise)
4. Modern Times Rock ’n’ Roll

Exclusiva camiseta da tour Queen: Live At The Rainbow '74

Veja o unboxing exclusivo da versão super luxo com tiragem limitada:

Para ver todos os detalhes do BOX, clique abaixo:
http://www.queenonlinestore.com/Queen/Live-At-The-Rainbow-74...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 23 de agosto de 2014

Rock in RioRock in Rio
Os onze melhores shows realizados no festival

836 acessosBrian May: "todos nós deveríamos ser veganos"687 acessosQueen: Uma incrível versão militar de "We Will Rock You"962 acessosThe Jungle of RnR: 20 Grandes Shows de Rock do Rock In Rio Brasil0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Queen"

Michael JacksonMichael Jackson
10 nomes do rock que tocaram com o Rei do Pop

QueenQueen
"Não sabia que Freddie era gay", diz Brian May

Brian MayBrian May
"The Voice é uma estupidez"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Queen"

Heavy MetalHeavy Metal
5 músicos que não são metaleiros mas amam o estilo

Guns N RosesGuns N' Roses
A família brasileira de Axl Rose

BizarricesBizarrices
Ozzy Osbourne, Rolling Stones, The Who e outros

5000 acessosMotorhead: Lemmy conta seu segredo com as mulheres5000 acessosAC/DC: isso sim é uma bela estrada para o inferno5000 acessosSeparados no nascimento: Robert Plant e Patrícia Pillar5000 acessosZakk Wylde: "Dimebag criou uma nova forma de música"5000 acessosRunaways: Cherie diz que Fox não foi estuprada e pediu por sexo5000 acessosMetallica: Rock In Rio explica pane que ocorreu durante o show

Sobre Raphael Ravagnani

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online