Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden tocou no primeiro show de 2022

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemVeja Iron Maiden tocando músicas do "Senjutsu" pela primeira vez ao vivo

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park


Stamp

Iron Maiden: a reação de Bruce Dickinson ao ver músicas da era Blaze no set

Por Igor Miranda
Fonte: Eddie Trunk / Ultimate Guitar
Em 29/07/19

O baixista Steve Harris revelou, em entrevista a Eddie Trunk, em 2019, transcrita pelo Ultimate Guitar, qual foi a reação do vocalista Bruce Dickinson ao ver duas músicas de Blaze Bayley, que assumiu o microfone principal da banda entre 1994 e 1999, no repertório da turnê, "Legacy of the Beast". Eles estão tocando "Sign of the Cross" e "The Clansman" - o que não é novidade, já que Dickinson interpreta canções da "era Blaze" desde seu retorno à formação, duas décadas atrás.

"Ele (Bruce) realmente gosta dessas músicas, então, ele estava pronto para isso. Acho que mistura um pouco o repertório. Sei que esses álbuns não são tão famosos quanto outros, mas eles têm boas músicas", afirmou Harris, durante a entrevista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

imagemIron Maiden: repertório da Legacy of the Beast não foi escolhido por Steve Harris

Eddie Trunk, então, perguntou sobre como os integrantes do Iron Maiden se sentem com relação aos discos com Blaze Bayley - "The X Factor" (1995) e "Virtual XI" (1998) -, já que não foram tão recebidos. "Na época, eu disse que muitas pessoas no futuro iriam entender um pouco melhor esses álbuns e, talvez, dar uma chance a eles. Foi o que aconteceu", respondeu o baixista.

"Muitas pessoas estão curtindo esses discos agora. Acho que muitos não conseguem superar o fato de que tivemos outro vocalista. Foi uma dessas coisas. Mas obteve uma recepção melhor no resto do mundo. Acho que muitos estão dando uma segunda chance", completou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Logo quando voltou, para o álbum "Brave New World" (2000) e sua turnê seguinte, Bruce Dickinson topou cantar "Sign of the Cross" e "The Clansman" nos shows. As duas canções, inclusive, entraram na apresentação feita no Rock in Rio 2001, que foi gravada e lançada posteriormente como CD e DVD ao vivo.

Em entrevistas, Dickinson não esconde que admira Bayley. "Eu realmente gosto de Blaze, enquanto ser humano. É um cara amável. [...] Na época, pensei: 'uau, eles poderiam ter escolhido alguém com a voz parecida com a minha'. Porém, escolheram Blaze. Claro, eles pegaram alguém diferente, mas isso veio com um conjunto próprio de desafios", afirmou, em 2017, a Jack Antonio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Iron Maiden: Um vôo existencial em "Revelations", de "Piece of Mind" (1983)

Paul Di'Anno: vídeo de vocalista irritadíssimo com "fã"



Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.