Guns N' Roses: "Axl nunca reunirá formação clássica por dinheiro"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Danilo F. Nascimento, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em recente entrevista, concedida ao jornalista canadense Mitch Lafon, Richard Fortus - guitarrista do Guns N' Roses - dissertou sobre a banda e sobre os rotineiros atrasos de Axl Rose.

Headbangers: o preconceito mostrado em vídeo bem-humoradoAndre Matos declara: "O Angra tinha que acabar!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre um possível turnê e novo material da banda, Fortus diz:

"Eu não acho que vá haver alguma turnê em breve. Estamos muito ocupados trabalhando no material que temos em estúdio."

E sobre uma possível frustração dos músicos com longos tempos de inatividade da banda, Fortus disserta:

"Talvez fosse frustrante mesmo essas pausas. Mas só seria frustrante se eu não tivesse outras coisas pra fazer, eu tenho outros projetos, além do Guns N' Roses. Eu tenho outras coisas pra focar enquanto a banda se mantém inativa. Eu estou no Guns N' Roses há 14 anos, e é assim que as coisas funcionam. Essa é a natureza da banda. Até hoje nunca conheci ninguém que tenha uma integridade musical tão genuína quanto a de Axl Rose. Ele não se prostitui, ele não vai lançar qualquer coisa apenas por dinheiro. Tudo gira em torno da música. Ele não vai à imprensa para se defender das acusações que fazem sobre ele, porque eu acho que ele não se importa. Ele se preocupa apenas com a música. Eu trabalhei com muita gente, mas nunca com alguém preocupado apenas com a concepção de fazer arte. Você pode dizer o que quiser sobre isso, pode dizer qualquer coisa sobre ele, pois ele não se preocupar em defender-se. Ele só se importa com a arte, com a música. E o que estou falando é a verdade, ele é assim, caso contrário já teria havido uma reunião da formação clássica do Guns N' Roses, porque as propostas financeiras que ele recebe pra fazer isto, são irrecusáveis. Axl nunca irá reunir a formação clássica por dinheiro, têm que ter algo além disso pra acontecer, tem que haver uma motivação maior do que o dinheiro pra que isso aconteça."

Fortus falou também sobre as críticas que o atual line-up recebe:

"Depende do teor das críticas. Eu acho que o maior motivo das críticas não é pelo novo line-up, é pela falta de produto. As pessoas querem ir às lojas compras os discos de suas bandas favoritas. Então é isso que eu acho que frustra os fãs. Eles querem apoiar a banda, mas não podem, pois não há um produto à ser defendido, entende?".

Outro assunto delicado abordado por Fortus foram os rotineiros atrasos de Axl Rose:

"Nos últimos anos têm sido assim. Não é algo forma, cronometrado em um relógio como outras bandas. Pois não é assim que Axl é. Mas, cara, você sabe, é um negócio real. Ele é o negócio real. Ele vive a vida dele, e tudo que ele se preocupa é com a música. Durante muito tempo, principalmente no meu início da banda, eu pensei que os atrasos eram parte do show, como se fosse algo programado, e parecia funcionar. Você sabe, chegamos a entrar nos shows com duas ou três horas de atrasos, e em estádios cheios, o resultado disso são vaias. Mas quando ele entra no palco, tudo é esquecido e vira um caos. Há uma energia. É algo fenomenal de assistir. Enfim, eu pensei que ele fazia isto (se atrasar) por 'design', como se fosse uma fórmula que estivesse dando certo, mas não é. Isso é exatamente o que ele é. Ele não fica assistindo TV e comendo batata frita antes de entrar no palco. Ele passa por uma série de coisas antes de entrar no palco, como se ele tivesse procurando ele mesmo, dentro de si mesmo, antes de entrar lá."

Pra completar, Fortus falou sobre a banda:

"O Guns N' Roses existe como banda. Estamos fazendo isso bem. Mas também estamos fazendo bem os nossos projetos paralelos. Estou me dedicando ao Daisies. Quando o Guns estava em turnê na Austrália, tocamos com o ZZ TOP, e em seguida minha banda também estava tocando com o ZZ Top."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"


Slash: guitarrista explica a influência de Brian MaySlash
Guitarrista explica a influência de Brian May

Slash: o que acontece quando ele toca Sweet Child O' Mine?Slash
O que acontece quando ele toca "Sweet Child O' Mine"?


Headbangers: o preconceito mostrado em vídeo bem-humoradoHeadbangers
O preconceito mostrado em vídeo bem-humorado

Andre Matos declara: O Angra tinha que acabar!Andre Matos declara
"O Angra tinha que acabar!"


Sobre Danilo F. Nascimento

Administrador por casualidade. Músico por instinto. Escritor por devaneio. Fascinado por música, literatura e cinema. Seu primeiro contato com o mundo do rock data de meados dos anos 90, uma época de transição entre o analógico e o digital, e, principalmente, uma época onde a MTV ainda era aprazível e relevante. Idolatra e cultua o legado instituído pela maior banda de todos os tempos, o Queen.

Mais matérias de Danilo F. Nascimento no Whiplash.Net.

adGoo336