Judas Priest: Rob lembra julgamento sobre mensagens subliminares

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Team Rock, Tradução
Enviar Correções  

Rob Halford lembra da tristeza e da tensão de ter que aparecer na corte após o JUDAS PRIEST ser acusado de encorajar o suicídio de dois fãs em 1985.

Ações legais foram tomadas após Raymond Belknap, 18 anos, e James Vence, 20 anos, cometerem suicídio em Nevada, seguindo uma noite de bebedeira, drogas e ouvir os álbuns da banda. Belknap morreu no local e Vance viveu ainda três anos com grandes lesões.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A família de Vance afirmou que o JUDAS PRIEST trazia mensagens subliminares em seus discos.

O PRIEST foi à corte em 1990 e a acusação tentou provar que eles foram uma influência neste incidente. O caso foi arquivado há 25 anos, neste mês.

Halford falou em uma recente entrevista: "Ainda parece que foi ontem - eu me lembro de subir os degraus da corte e sentir aquele imenso apoio dos fãs que tivemos todos os dias."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Então havia essa tensão e tristeza na corte, porque bem no centro desse assunto, haviam esses dois rapazes que tinham perdido a vida de forma trágica."

"Esses dois rapazes eram grandes fãs do PRIEST, o que tornou ainda mais triste essa terrível combinação de drogas, bebidas e um estado mental que tornou tudo em algo terrível."

"O julgamento nos balançou bastante, porque veio de um país que amamos bastante. Por outro lado, foi uma grande oportunidade para uma banda como o PRIEST se mostrar ao público - totalmente leigo em metal - e que éramos um bando de caras que podiam tecer sentenças de forma lógica e sermos inteligentes com uma conversa profunda."

"E eu acho que há uma errônea crença de que isso não fosse acontecer, mas nós não somos idiotas e nunca vamos ser."

Halford disse que teve que segurar a vontade de chamar a mãe de Belknap para uma conversa privada: "A parte mais profunda dessa história foi que a acusação estava em uma teia muito emaranhada. Nós ouvimos que exista infiltração de grupos cristãos extremos, que estavam pressionando para que fossem atrás desse caso, dizendo que éramos responsáveis."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu adoraria ter uma oportunidade de estar a sós com a família e deixar o bom senso prevalecer em uma conversa, mas você não pode fazer isso - é uma circunstância altamente carregada e emocional quando você perdeu seu filho. Você está propenso a ter ódio. Você está propenso a ficar chateado, você está propenso a procurar por explicações."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O vocalista disse em sua defesa que as supostas mensagens subliminares eram os sons de respiração entre as letras. Ele continua desapontado de que o juiz não tenha fechado esse assunto de uma vez por todas.

"Ele não disse diretamente: 'O que a acusação está dizendo não aconteceu'", relembra o músico. "Ele basicamente disse: 'Essa ainda é uma área nebulosa, mas minha opinião é que essa banda não colocou essas palavras na música e o resultado delas não pode ter criado esta tragédia.'"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Então, nós fomos exonerados como uma banda - mas toda essa coisa de mensagens subliminares poderia ter sido potencialmente deixada no limbo."

"Seria horrível só pensar que isso poderia ocorrer de novo, mas você tem agora que esperar para ver."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Roadrunner: os dez melhores vídeo-clipes da gravadoraRoadrunner
Os dez melhores vídeo-clipes da gravadora

Led Zeppelin: tudo sobre o hit Stairway To HeavenLed Zeppelin
Tudo sobre o hit "Stairway To Heaven"


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 CliIL Goo336 Goo336 Cli336 Goo336