Metallica: Kirk Hammett se reconectou com a guitarra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O guitarrista do METALLICA, Kirk Hammett, foi entrevistado no último episódio do "The MetalSucks Podcast". Trechos estão disponíveis abaixo:

Max Cavalera: triste ver uma banda tão importante virar uma merdaBlack Sabbath: Tony Iommi explica diferença entre Dio e Ozzy

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre sua renovada paixão pela guitarra:

"Estive falando isso pelos últimos oito ou nove meses... Pareço ter achado uma forma de me reconectar com minha guitarra de uma forma que eu não me conectava com ela em décadas. E é realmente interessante para mim, porque, de repente, eu me descobri tocando coisas diferentes que nunca tinha tocado antes e abordando isso de diferentes formas. E é realmente estranho, porque eu não esperava isso. Eu só achava que se eu continuasse tocando meu instrumento, a vida ia seguir em frente, mas de alguma forma ou de outra, eu consegui me reconectar com meu instrumento e me senti inspirado novamente. É verdadeiramente estranho para mim, porque, como eu disse, eu não esperava que isso acontecesse, mas está acontecendo e estou muito grato por isso."

Sobre como ele mede seu sucesso:

"Nós sempre vimos o sucesso em termos musicais, em termos criativos e em conseguir completar seus próprios objetivos. E isso nem sempre é igual ao número de dólares que você tem. É quase igual à boa música e boas performances emocionais. Para mim, um dos maiores sucessos que tive foi poder ir à Europa quando 'Kill' Em All' saiu. Quero dizer, isso para nós era incrível. [...] E outro gigantesco sucesso foi fazer 'Ride The Lightning'. Muitas das vezes você consegue fazer um álbum, mas você não tem certeza de conseguir fazer um segundo, mas nós pudemos fazer um segundo álbum e com ele tivemos sucesso em vários níveis diferentes. Eu quero dizer, nós fizemos um álbum que achamos que era muito bom e nós conseguimos gravá-lo na Europa e na América. Então o sucesso para nós não é realmente medido como um negócio ou uma empresa, é medido de uma maneira mais criativa, de uma forma mais musical [...]"

Sobre ser eleito "Melhor Guitarrista" em várias pesquisas em sites e revistas do meio:

"Cara, eu só tento ser o melhor músico que posso, o melhor guitarrista que posso, o melhor membro de banda que posso. E essas pesquisas e essas coisas, não importam muito para mim. É mais como um concurso de popularidade [...]"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Metallica"Todas as matérias sobre "Kirk Hammett"


Exodus: Não existe Big Four; é o Metallica e mais trêsExodus
"Não existe Big Four; é o Metallica e mais três"

Total Guitar: os 20 melhores riffs de guitarra da históriaTotal Guitar
Os 20 melhores riffs de guitarra da história


Max Cavalera: triste ver uma banda tão importante virar uma merdaMax Cavalera
Triste ver uma banda tão importante virar uma merda

Black Sabbath: Tony Iommi explica diferença entre Dio e OzzyBlack Sabbath
Tony Iommi explica diferença entre Dio e Ozzy


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adGoo336