Jeff Loomis: chateado após perder para Gus G. vaga de guitarrista de Ozzy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 29/08/16. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O guitarrista Jeff Loomis (Arch Enemy, ex-Nevermore) relembrou, em entrevista à Sweden Rock Magazine, suas audições para vagas de guitarrista no Megadeth e na banda de Ozzy Osbourne. O músico fez dois testes para o grupo de Dave Mustaine, nas décadas de 1980 e 2000, e perdeu a vaga para Gus G. quando tentou tocar com o Madman.

1771 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosIron Maiden: a música "Wasting Love" é um Plágio?

Sobre a audição com Ozzy Osbourne, Jeff Loomis disse que foi até Los Angeles e tocou cinco músicas com a banda, enquanto era observado por Ozzy e sua esposa e empresária, Sharon. "Ele disse que eu tocava de forma fantástica, então, Sharon perguntou a minha idade. Disse que eu tinha 38 e ela respondeu 'oh, ok, obrigado'. Ali eu soube que eles estavam procurando por alguém mais jovem", afirmou.

Ainda que não fosse tão jovem quanto Ozzy e Sharon Osbourne procuravam, Jeff Loomis acreditou que ficaria com a vaga. "Toquei muito bem todas as músicas. Um mês depois, ouvi que Gus G. ficou com a vaga, então fiquei um pouco chateado. Seria legal ser o último guitarrista de Ozzy. Seria como um legado, mas, infelizmente, não fiquei com a vaga", afirmou.

Jeff Loomis também relembrou suas audições com o Megadeth. A primeira aconteceu em 1988, quando tinha apenas 16 anos, mas Loomis era "jovem demais" para a vaga, segundo ele próprio. "Tive outra oportunidade em 2008. Durante o Gigantour, em 2005, Glen Drover tocava na banda e não queria estar lá. Por volta de 2008, eu estava em estúdio para gravar meu primeiro álbum solo quando Dave Mustaine me ligou. Ele me convidou para tocar dois shows, porque Glen não poderia fazê-los", afirmou.

Loomis não aceitou o convite. "Disse a ele que estava no meio de uma gravação. Eu, literalmente, havia acabado de entrar em estúdio e estava para gravar a primeira faixa de meu primeiro álbum solo. Disse que não poderia. No dia seguinte, eles tinham outro guitarrista, que era Chris Broderick. Então, tive outra oportunidade, mas foi minha culpa. Estraguei tudo e foi isso", disse, aos risos.

Comente: Você conhecia esta história?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 30 de agosto de 2016

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

2224 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa487 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3469 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

MegatallicaMegatallica
Mashup do Iron Maiden com Judas Priest

MegadethMegadeth
Mustaine explica por qual motivo é uma pessoa difícil de lidar

Dr. SinDr. Sin
Felipe Andreoli, do Angra, lamenta o fim da banda

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"0 acessosTodas as matérias sobre "Nevermore"0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

Marc Ferr?Marc Ferr?
A música "Wasting Love", do Iron Maiden, é um Plágio?

Dave MustaineDave Mustaine
"Joguei dois feitiços em pessoas, ambos funcionaram!"

A década perdida?A década perdida?
Rock Brasileiro da Década de 70

5000 acessosSlayer: Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido5000 acessosFutebol: conheça os times do coração de alguns rockstars5000 acessosMetallica: membros entre os maiores maricas de todos os tempo5000 acessosBumblefoot conta como é ser parte do Guns N' Roses5000 acessosCristina Scabbia: "Símbolo sexual? Fico surpresa com isto!"5000 acessosPhil Anselmo: vocalista conta história de suas tatuagens em vídeo

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online