Exclusão Social: Banda lança seu EP Simplesmente Punk

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Anderson Severo, Fonte: Sub_Discos, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

O álbum foi gravado no estúdio Retrola, em Caxias do Sul /RS, e conta com a produção do Vini Lazzari.

Mayhem: banda levou restos humanos para o palco em 2011Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda Exclusão Social está em atividade há 20 anos. Antes de mais nada, vamos situar: A Exclusão Social é uma banda remanescente do movimento punk que estava presente no inicio do Movimento aqui no Rio Grande do sul, conseguindo se manter na ativa até hoje.

Assim, não é difícil concluir que uma banda que se chama Exclusão Social, não esteja fazendo um som tranquilo e sem emoção. Dadas as origens remotas do punk e suas influências, denominam o seu som como "Simplesmente Punk".

Gordo Punk (vocais), Dadau (guitarra), Tchaina (baixo), e Dé (bateria e Backing Vocals) conseguiram imprimir identidade própria a cada uma das sete faixas de "Exclusão Social- Simplesmente Punk", o que faz da sua audição uma experiência única.

Mas já é possível desfrutar as músicas do álbum, que estão disponíveis na fan page da Banda:

https://www.facebook.com/exclusaosocial/videos/

Desenvolvido ao longo dos últimos anos, "Simplesmente Punk" é uma obra completamente independente, e distribuição da Sub_Discos.

O discurso da EXCLUSAO SOCIAL em Simplesmente Punk, no entanto, está longe de ser panfletário e pretensioso, os temas abordados vão desde a guerra, violência policial, Capitalismo, Desigualdade e Corrupção o descaso do Governo com o povo e toda a raiva punk de ser.

Track listing:
01 - Progresso
02 - Bombas Bombas kaos
03 - Papai Noel
04 - Morto Vivo
05 - Policia
06 - Falam tanto de Amor
07 - Crianças

As provocações, aliás, já partem da capa icônica do CD, com arte assinada por Anderson Severo, a arte foi escolhida entre as diversas artes bacanas que foram enviadas para a banda, pelo público, conforme uma solicitação que a banda abriu na sua Fan page Link. segue o link para quem quiser ver: Artes para Capa Outra arte escolhida foi, a criação de Luis C. Tomasini, Vocal e Guita da Infected Sphere, para divulgação do single morto vivo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Exclusão Social"


Mayhem: banda levou restos humanos para o palco em 2011Mayhem
Banda levou restos humanos para o palco em 2011

Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anosAxl Rose
A primeira ficha policial aos 18 anos


Sobre Anderson Severo

Nascido em 1980, conheceu o rock n Roll em 1985 aos 5 anos de idade e nunca mais o abandonou. Nos anos 90, participou ativamente do movimento punk, fez parte de projetos como: (R) Existência Aflita, Kaos Eminente, Estado Critico. Formado em Designer, Tecnologia da informação, é um Geek viciado em novidades Hi Tech, Desenvolvimento Web e Mobile. Em 2014 Fundou a banda Insulto Verbal e o Coletivo Cultural de Artistas independentes na Serra Gaucha. A partir de 2015, Mudou - se para Caxias do Sul, e atua como baixista das bandas: Capa Preta Rock, Exclusão Social e No Mercy. Em Fevereiro de 2018 Fundou o Selo Sub_Discos e participa ativamente da cena underground regional e nacional colaborando, como redator e enviando textos a diversos sites de noticias de rock.

Mais matérias de Anderson Severo no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336