Matérias Mais Lidas

AC/DC: a resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da bandaAC/DC
A resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da banda

Guns N' Roses: Gilby diz que grunge fez a banda sair dos estádios e ir para os clubesGuns N' Roses
Gilby diz que grunge fez a banda sair dos estádios e ir para os clubes

Chester Bennington: viúva anuncia separação de bombeiro após um anoChester Bennington
Viúva anuncia separação de bombeiro após um ano

Black Sabbath: banda compartilha meme de Bernie Sanders em capa de primeiro discoBlack Sabbath
Banda compartilha meme de Bernie Sanders em capa de primeiro disco

Nervosa: é difícil ser músico de rock/metal no Brasil, um país muito católicoNervosa
"é difícil ser músico de rock/metal no Brasil, um país muito católico"

Thrash metal: 20 grandes músicas do estilo mais rápido e agressivo da música pesadaThrash metal
20 grandes músicas do estilo mais rápido e agressivo da música pesada

Gilby Clarke: Axl Rose foi quem te demitiu, certo?Gilby Clarke
"Axl Rose foi quem te demitiu, certo?"

Lockdown: lançando single e clipe para a faixa DesprezoLockdown
Lançando single e clipe para a faixa "Desprezo"

Max Cavalera: O único presidente bom do Brasil foi mortoMax Cavalera
"O único presidente bom do Brasil foi morto"

Guns N' Roses: por que Bumblefoot errou Welcome to the Jungle no Rock in Rio 2011Guns N' Roses
Por que Bumblefoot errou "Welcome to the Jungle" no Rock in Rio 2011

Marilyn Manson: perdi tudo por causa de ColumbineMarilyn Manson
"perdi tudo por causa de Columbine"

Liquid Tension Experiment: supergrupo de prog lança primeira música em mais de 20 anosLiquid Tension Experiment
Supergrupo de prog lança primeira música em mais de 20 anos

Rock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985Rock In Rio
Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985

Ozzy Osbourne: O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!Ozzy Osbourne
"O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!"

Paul Stanley: A dor e o drama de ser corno de um Caça-FantasmasPaul Stanley
A dor e o drama de ser corno de um Caça-Fantasmas


Matérias Recomendadas

Iron Maiden: as 20 melhores músicas da Era de OuroIron Maiden
As 20 melhores músicas da "Era de Ouro"

Black Sabbath: Nos separamos por causa do Live EvilBlack Sabbath
"Nos separamos por causa do Live Evil"

Crianças: veja como cresceram as de Nevermind, War e outrasCrianças
Veja como cresceram as de "Nevermind", "War" e outras

Wallpapers: Papéis de parede da banda Iron MaidenWallpapers
Papéis de parede da banda Iron Maiden

Linkin Park: Chester Bennington abre o jogo sobre seu vícioLinkin Park
Chester Bennington abre o jogo sobre seu vício

Dead Daisies
Stamp

Viper: por que "se perderam" e lançaram até disco pop rock em português?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Whiplash.Net
Enviar Correções  

Em entrevista ao Whiplash.Net, o guitarrista Felipe Machado falou sobre os anos de decadência do Viper, após "Maniacs In Japan" (1993), que culminaram no álbum punk rock "Coma Rage" (1995) e em "Tem Pra Todo Mundo" (1996), com letras em português e pegada pop rock. Com problemas internos e rejeição, especialmente a "Tem Pra Todo Mundo", a banda encerrou suas atividades ainda em 1996, logo após lançar o "disco em português".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Machado se mostra consciente de que "coisas loucas" foram feitas na carreira da banda. O sucessor de estúdio de "Evolution", "Coma Rage", saiu com uma pegada mais orientada ao punk – "algo bem Los Angeles, por ter sido gravado por lá", segundo o músico – e a repercussão já não foi a mesma do disco anterior. O distanciamento definitivo ocorreu com "Tem Pra Todo Mundo" (1996) e houve justificativa para apostar em uma vertente ainda mais fora do heavy metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Fizemos uma turnê muito grande do ‘Coma Rage’ no Brasil, tocando com bandas como Raimundos. O rock brasileiro estava se renovando e pensamos em virar uma banda brasileira. Acabávamos de sair de uma gravadora gringa, a Roadrunner, e tivemos uma proposta para uma gravadora internacional, mas com foco grande no Brasil, que era a Castle. Achamos que seria a hora de uma mudança", disse Machado. "Sentimos algo estranho como chegar em Manaus ou na Bahia e cantar em inglês. As pessoas estão na frente do palco e, aí, você canta em inglês. Começou a nos incomodar nesse sentido. E tinha bandas legais fazendo música em português naquele período, como o Raimundos, Charlie Brown Jr, Chico Science... eram de outros estilos, mas tinham letras em português e as pessoas entendiam na hora. Enquanto isso, estávamos cantando em inglês, ‘everybody everybody’. Não fazia sentido", completou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No entanto, já em um contexto comercial, "Tem Pra Todo Mundo" foi lançado em um momento ingrato, embora, segundo Machado, tenha bons momentos. "Ele tem músicas boas, mas eu o acho um pouco mal gravado. Faria diferente algumas coisas, mas tem músicas legais, como a ‘8 de Abril’, que tem uma letra do c*ralho do Pit – justamente por isso, foi chamado para colaborar com várias músicas do Capital Inicial. Ele também compõe muito bem em português. Gravamos no Rio de Janeiro, com participação do pessoal da Legião Urbana, de quem éramos próximos na época. O disco saiu quando Renato Russo havia acabado de morrer e isso pressionou mais as bandas. Daí, o disco sai, o clipe vai para o primeiro lugar nas paradas da MTV e nas rádios... aí a gravadora alega falência. Aí, f*deu, né? Então, tudo isso contribuiu. Se o disco tivesse sido um grande sucesso, com o destaque que achamos que ele merecia, talvez, nem tivéssemos essa conversa, porque teria sido uma decisão boa", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No fim das contas, a decisão de fazer músicas em português não se mostrou acertada: "Tem Pra Todo Mundo" não agradou e o Viper encerrou suas atividades em meio a problemas internos. "Olhando agora, acho que (o álbum) foi um puta erro (risos). Deveríamos ter lançado um projeto paralelo, chamar de Víbora, sei lá (risos). Mas nunca fomos de ‘meias-decisões’, sempre fomos muito corajosos, para o bem e para o mal. Em termos de carreira, não foi uma boa decisão e sofremos com isso, mas tivemos outro problema em seguida: a gravadora que lançou o disco em português acabou por falir, daí entrou uma disputa judicial e foi justamente quando a banda parou", afirmou.


Apesar da rejeição e do fim do Viper, o guitarrista destacou que não se arrepende de ter lançado "Tem Pra Todo Mundo". "Às vezes, você toma algumas decisões que você se arrepende e, com outra cabeça, com mais experiência, pensa que poderia ter tomado outra decisão. Mas não me arrependo dessas coisas, porque foram importantes para nós, como pessoas. Pelo ponto de vista na carreira, o disco em português foi um erro, mas, na hora, parecia uma ideia legal, algo diferente", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia a entrevista completa no link a seguir.

Viper: fase de ouro, Viper Day, erros e futuro em entrevista exclusivaViper
Fase de ouro, Viper Day, erros e futuro em entrevista exclusiva


Tunecore
Malvada
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Andre Matos: Confira imagens da biografia oficialAndre Matos
Confira imagens da biografia oficial

Andre Matos: data da morte se torna oficialmente Dia do Heavy Metal em GoiásAndre Matos
Data da morte se torna oficialmente Dia do Heavy Metal em Goiás

Andre Matos: Confira lista de entrevistados do livro oficialAndre Matos
Confira lista de entrevistados do livro oficial

Angra: banda com Andre Matos quase assinou com empresário do Iron MaidenAngra
Banda com Andre Matos quase assinou com empresário do Iron Maiden

Andre Matos: Biografia oficial terá conto inédito do músicoAndre Matos
Biografia oficial terá conto inédito do músico

Andre Matos: Garoto propaganda de livros da Disney aos 7 anosAndre Matos
Garoto propaganda de livros da Disney aos 7 anos

Andre Matos: Revelado índice de capítulos da biografia oficialAndre Matos
Revelado índice de capítulos da biografia oficial

Andre Matos: Aquiles Priester foi convidado para tocar na banda soloAndre Matos
Aquiles Priester foi convidado para tocar na banda solo

Andre Matos: Assista live com produtores do documentárioAndre Matos
Assista live com produtores do documentário

Andre Matos: Livro oficial terá prefácio escrito por Tobias SammetAndre Matos
Livro oficial terá prefácio escrito por Tobias Sammet


Andre Matos: ele planejava focar na música clássica e morar perto do filhoAndre Matos
Ele planejava focar na música clássica e morar perto do filho

Andre Matos: entre os melhores da Revista Rolling StoneAndre Matos
Entre os melhores da Revista Rolling Stone


Rolling Stone: as melhores músicas com mais de sete minutosRolling Stone
As melhores músicas com mais de sete minutos

Rob Halford: 11 coisas que você não sabia sobre eleRob Halford
11 coisas que você não sabia sobre ele


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.