Evanescence: Amy Lee explica a ideia de mashup entre Ozzy e Sia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Jessica Maria da S. Oliveira, Fonte: Loudwire, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O EVANESCENCE permanece em sua turnê orquestral pelos EUA e Canadá promovendo o álbum SYNTHESIS, porém agora dividindo os palcos com a violinista LINDSEY STIRLING. Recentemente, a banda norte-americana vem surpreendendo os fãs com covers inusitados em meio a seus shows. O mais recente foi um mashup entre as músicas "Palladio" do compositor Karl Jenkins, "No More Tears" do OZZY OSBOURNE e "Alive" da Sia.

Heavy Metal: nove ótimas músicas suaves do gêneroNikki Sixx: "transei com a mulher do Bruce Dickinson"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando perguntada em entrevista para o site de rock americano, Loudwire, sobre como surgiu a ideia para esse cover-mashup a frontwoman do Evanescence, AMY LEE explicou...

Eu realmente queria que isso fosse como o que estamos fazendo nessa turnê, esse co-headline. Eu como convidada em uma música [Shatter Me] durante o setlist dela [Lindsey] e ela fazendo a nossa "Hi Lo". No fim da noite, pensamos que seria muito legal voltarmos todos juntos ao palco, e ter esse momento "todos na piscina"...

Mas vir com a ideia de como isso iria ser, na verdade, foi difícil. Eu tinha em mente que queria esse momento rock 'n' roll entre Lindsey e eu - um grande, épico, rock clássico com um riff incrível e de um grande vocalista. Eu queria recriar o momento rock and roll onde teria-se um guitarrista, mas ao invés disso temos uma violinista e uma vocalista, olhando uma para a outra. Eu apenas queria esse momento, pois a noite toda eu deixo minha banda atrás, fazendo com que eles se sentem e façam sons ambientes. Então, pela primeira vez [no show], jogamos as cadeiras para o lado, todos se levantam e vamos arrebentar. Nós nos divertimos muito com isso no final de todas as noites. Essa é a parte favorita de todos.

Então Lindsey vem com a versão rock de uma peça clássica [Palladio] com a banda, sem mim, depois nós vamos para o Ozzy, que é repleto de rock/metal e finalizamos em um lugar esperançoso com "Alive" da Sia, que para mim, está amarrando o pop nisso tudo. Então, ele [o mashup] me liga a todos os principais gêneros [música clássica, rock e pop] e nos permite mostrar que todos eles podem conviver lindamente juntos. Eu gosto de terminar com a mensagem possitiva de "I'm alive". É sobre sobrevivência e todas as coisas que passamos. Nossa música é uma jornada e muito disso é doloroso, assim como a vida, as vezes é maravilhosa, as vezes dolorosa, mas nós conseguimos. Nós sobrevivemos. Então, no final, poder dizer isso: "Hey, eu ainda estou respirando. Eu estou vivo(a)." Apenas parece certo.

Confira abaixo a performance ao vivo do cover gravada e editada por fãs da banda.

Poster oficial da turnê de verão do EVANESCENCE junto a LINDSEY STIRLING.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Mashups"Todas as matérias sobre "Evanescence"Todas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"Todas as matérias sobre "Amy Lee"


Dimebag Darrell: em 1993, citando suas 12 músicas favoritasDimebag Darrell
Em 1993, citando suas 12 músicas favoritas

Ozzy Osbourne: Madman explica como quer seu funeralOzzy Osbourne
Madman explica como quer seu funeral


Heavy Metal: nove ótimas músicas suaves do gêneroHeavy Metal
Nove ótimas músicas suaves do gênero

Nikki Sixx: transei com a mulher do Bruce DickinsonNikki Sixx
"transei com a mulher do Bruce Dickinson"


Sobre Jessica Maria da S. Oliveira

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336