AC/DC: Chris Slade destaca preconceito dos fãs com Axl Rose

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: United Rock Nations/UCR
Enviar correções  |  Ver Acessos

O baterista Chris Slade relembrou, em entrevista ao United Rock Nations (transcrição via Ultimate Classic Rock), a turnê que realizou recentemente com o AC/DC, para promover o disco "Rock Or Bust" (2014). Na ocasião, Slade ocupou a vaga de Phil Rudd - que enfrentava acusações pesadas na Justiça - e Axl Rose, vocalista do Guns N' Roses, foi chamado para substituir Brian Johnson, afastado devido a problemas auditivos.

Tragédia e dor: O Blues, o Rock e o Diabo"Cê tá de brincadeira, né?": quando grandes nomes vacilam

Roger Sargent - divulgação
Roger Sargent - divulgação

Segundo Chris Slade, não dá para negar que o AC/DC com Axl Rose é "diferente". "Não dá para ser a mesma coisa. A música é a mesma, mas a única coisa que muda é o cantor", disse o baterista.

Em seguida, Slade destacou o preconceito que muitos fãs tiveram com Rose. "Axl fez um ótimo trabalho. Fez um trabalho incrível, na verdade. As vezes, as pessoas ouvem com preconceito - e ouvem com os olhos. Não usem os ouvidos", afirmou.

Chris, que integrou o AC/DC de 1989 a 1994 e retornou (aparentemente, de forma temporária) para a turnê de "Rock Or Bust", disse que até ele foi alvo de críticas antes mesmo de fazer seu show de "reestreia" com a banda. "Quando eu voltei, diziam: 'Slade não consegue tocar mais, é um baterista inútil, deveria fazer aulas para aprender a tocar como Phil (Rudd)'. Isso aconteceu muito - pessoas ouvindo com os olhos. Mas eu entendo o preconceito das pessoas", afirmou.

Assista à entrevista na íntegra no player a seguir (sem legendas):

Ao que tudo indica, o AC/DC deve lançar um novo disco de estúdio em breve - e com Brian Johnson e Phil Rudd de volta em vez de Axl Rose e Chris Slade, que concluíram a turnê de "Rock Or Bust" com a banda. Johnson e Rudd foram fotografados juntos no Warehouse Studios, em Vancouver (Canadá), mesmo local em que o AC/DC gravou seus três últimos álbuns.

Phil Rudd deixou de ser integrante do AC/DC em 2015, quando se complicou perante a Justiça após ser acusado de procurar um assassino de aluguel e de posse de drogas. Já Brian Johnson se afastou devido a um problema auditivo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "AC/DC"Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"Todas as matérias sobre "Axl Rose"Todas as matérias sobre "Chris Slade"


Uruca: Os 9 mais azarados da história do RockUruca
Os 9 mais azarados da história do Rock

Vícios: As 10 melhores músicas sobre drogasVícios
As 10 melhores músicas sobre drogas


Tragédia e dor: O Blues, o Rock e o DiaboTragédia e dor
O Blues, o Rock e o Diabo

Cê tá de brincadeira, né?: quando grandes nomes vacilam"Cê tá de brincadeira, né?"
Quando grandes nomes vacilam


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGooILQ