Yngwie Malmsteen: músico rebate críticas de que toca sempre a mesma coisa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Eon Music
Enviar Correções  

Em entrevista à Eon Music, o guitarrista Yngwie Malmsteen demonstrou incômodo com a opinião de certas pessoas a respeito de seu trabalho. Muitos afirmam que o músico sueco não apresenta grande variedade em suas composições e repete sua proposta artista inicial à exaustão.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Austin Hargrave - divulgação
Austin Hargrave - divulgação

Malmsteen entende que afirmações desse tipo são "idiotas". "Alguns críticos dizem que toco o mesmo estilo, que não mudo nada, só faço a mesma coisa. Dou risada disso. Primeiro, porque o que eu faço nos últimos 30 e poucos anos é mais variado e amplo do que quase todo mundo no rock", disse.

publicidade

Em seguida, o músico deu exemplos de "pouca variedade" no rock. "Não me entenda mal, pois eu amo essas bandas que vou citar. Amo AC/DC, amo ZZ Top, amo várias dessas bandas, mas elas soam como se fizessem a mesma coisa por 40 anos. Para mim, dizer que tudo soa igual é um comentário comentário, porque se alguém tem um estilo próprio, isso é algo muito bom", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O guitarrista destacou que não é um artista como Madonna, que "precisa fazer um álbum da moda toda vez porque não é algo de estilo, mas, sim, uma tendência". "Tenho muito orgulho de ter um estilo que criei. Fico muito feliz por fazer álbuns nesse sentido. O que você chama de neoclássico, imagino, é a minha parada. É o que eu faço. Não posso fingir", afirmou.

Ele complementa: "Sempre que faço algo diferente, como um álbum acústico há uns 10 anos e outros projetos como o sinfônico, ninguém percebe. Esse novo álbum ('Blue Lightning', influenciado pelo blues) é mais uma coisa que quis fazer, mas eu não faria se não quisesse. Acho legal fazer algo assim e, claro, meu estilo original não mudará".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por fim, Malmsteen destacou seus méritos no meio musical. "As pessoas têm a cabeça muito fechada e é assim, aprendi a conviver com isso. Você precisa entender que antes disso, 37 anos atrás, eu vim para os Estados Unidos e lutava de todas as maneiras, porque tentava não soar comercial. A música que fiz foi extremamente pesada, rápida e complicada. Se você ouvir as minhas demos de 1979 ou 1980, é tudo extremo pra c*r*lho. E aí, diziam que eu nunca iria conseguir. Riam de mim. Ouvi isso a vida toda. Porém, há algo em mim dizendo que era isso que eu deveria fazer", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Iron Maiden: não daria certo se fossem três Yngwie Malmsteens na guitarraIron Maiden
Não daria certo se fossem três Yngwie Malmsteens na guitarra

Brian May: Bohemian Rhapsody com orquestra de guitarras de Vai, Malmsteen e maisBrian May
"Bohemian Rhapsody" com orquestra de guitarras de Vai, Malmsteen e mais

Jeff Scott Soto: você não trabalha com Yngwie Malmsteen; você trabalha para YngwieJeff Scott Soto
"você não trabalha com Yngwie Malmsteen; você trabalha para Yngwie"

B-sides: O piti no restaurante com Yngwie MalmsteenB-sides
O piti no restaurante com Yngwie Malmsteen


Yngwie Malmsteen: criaram uma guitarra de titânio que ele não consegue quebrarYngwie Malmsteen
Criaram uma guitarra de titânio que ele não consegue quebrar

Yngwie Malmsteen: velocidade não é o que importa, dizYngwie Malmsteen
"velocidade não é o que importa", diz


Andre Matos: Não estava preparado para cantar no Maiden!Andre Matos
"Não estava preparado para cantar no Maiden!"

Rockstars: as filhas mais lindas dos astros do rockRockstars
As filhas mais lindas dos astros do rock


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Cli336 WhiFin Goo336 GooInArt Cli336 Goo336