Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

imagemSummer Breeze Open Air Brasil acontece em abril de 2023 em São Paulo

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemPink Floyd: Suas 10 músicas mais subvalorizadas, segundo a What Culture

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemDavid Bowie recusou (mais de um) convite para produzir o Red Hot Chili Peppers

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil


Airbourne 2022

Deep Purple: sem Blackmore, Coverdale só ligou para Hughes no Rock Hall

Por Igor Miranda
Fonte: Z93 / Blabbermouth
Em 01/04/19

A introdução do Deep Purple ao Rock and Roll Hall of Fame, em 2016, deixou o vocalista David Coverdale, também notável por seu trabalho com o Whitesnake, bastante honrado. Porém, a ocasião não foi suficiente para fazer com que ele se reconectasse aos outros músicos, que ele descreve apenas como "ex-colegas" - com exceção do cantor e baixista Glenn Hughes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A revelação foi feita em entrevista à rádio Z93, com transcrição do Blabbermouth. "Foi uma honra completa e absoluta, mas eu me importei apenas com Glenn Hughes. Para os outros, não tenho tempo. Eles impediram que (o guitarrista) Ritchie Blackmore comparecesse para ser homenageado", afirmou Coverdale.

Ritchie Blackmore, de fato, não compareceu à cerimônia, mesmo tendo sido induzido junto de integrantes das primeiras formações - Coverdale, Hughes, os vocalistas Ian Gillan e Rod Evans, o baixista Roger Glover, o falecido tecladista Jon Lord e o baterista Ian Paice. Em nota oficial na época, o guitarrista afirmou que recebeu uma carta do Rock And Roll Hall Of Fame dizendo que o empresário atual do Deep Purple, Bruce Payne, solicitou que ele não comparecesse. Posteriormente, a direção do Hall Of Fame negou ter enviado essa correspondência.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda durante a entrevista, David Coverdale contou que chegou a ligar para Ritchie Blackmore, pedindo para que ele fosse ao evento. "Eu liguei para Ritchie e disse: 'vá comigo, ninguém vai fazer nada'. A primeira coisa que eu disse (no discurso) foi: 'lamento que Ritchie Blackmore não esteja aqui - sem ele, nenhum de nós estaria aqui'. E isso é verdaade. Então, Glenn e eu ficamos mais afastados e curtimos com o Chicago, Cheap Trick, Steve Miller... todos foram incríveis", disse.

O frontman do Whitesnake preferiu descrever os demais integrantes do Deep Purple como "ex-colegas". "Fico feliz que sigam como ex-colegas (risos). Eles não figuram em minha vida de qualquer maneira. Têm uma filosofia e ideologia totalmente diferentes da minha", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Glenn Hughes é a única exceção para David Coverdale, que também fez elogios a Ritchie Blackmore e Jon Lord. "Somos irmãos. Conseguimos o trabalho no Deep Purple. Ele chegou antes de mim e me deu boas-vindas, mesmo sendo um vocalista principal - ele é extraordinário. A generosidade dele em dar boas-vindas a um garoto como eu, que nunca havia se apresentado para mais de 100 pessoas em clubes... foi incrível. Ritchie Blackmore e Jon Lord foram muito cavalheiros. Para mim, foi como estar em uma universidade e ter os dois melhores professores: Ritchie e Jon. E fiquei amigo de Glenn. Temos gostos similares na música", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.