Noid: Lançado EP Life of Excesses

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Pandeló Corrêa, Fonte: Build Up Media, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Unindo grunge, noise, metal e psicodelia industrial, Noid é uma banda curitibana que contemporiza sons do rock alternativo dos anos 90 e 2000 em seu EP de estreia, "Life of Excesses". Disponível em todas as plataformas de música digital, o registro dialoga com anseios e excessos modernos.

Slash: "Só dá para exceder até certo ponto"Cannibal Corpse: o pescoço gigante de George Fisher

Ouça "Life of Excesses".

A banda é formada pelo multi-artista Marcelo Fiedler nas guitarras e vocais, Katherine Finn Zander (Cora, Katze) no baixo e vocais e Bruno D. Piccolo (Sitinglass, Floating Kid, Under Bad Eyes) na bateria. Fiedler começou a trabalhar nas demos em 2017 e no começo do ano passado apresentou para Zander. Focando no projeto desde o segundo semestre de 2018, eles divulgaram o clipe e single "Leech" em dezembro do mesmo ano. Recentemente, lançaram um claustrofóbico clipe para "Unsun".

Veja "Unsun".

Veja "Leech".

"O nome do EP vem do conceito onde vivemos na base de excessos, o ser humano por si só é altamente viciado por natureza. Falamos sobre o flerte com o desgaste e a autodestruição desde o momento de nascença pois, todos começamos como uma mídia virgem, consumindo a vida enquanto ela nos consome, logo terminamos como carcaças calejadas cheias de conteúdo e obsoletas no fim da vida", reflete Marcelo.

Com lançamento pela Forever Vacation Records, o EP conta com cinco faixas e marca o início do Noid, que está trabalhando em novas músicas com a ambição de pensar um rock colérico, sujo e visceral. "Life of Excesses" passa por relações abusivas ("Leech"), vícios ("Crooked Lung") e obsessões ("Several Days").

A capa do álbum já traz a ideia de excessos em múltiplas camadas de compreensão. Passa por pintura, fotografia e meios digitais, em sobreposição de símbolos e ícones, como a Medusa de Caravaggio sobre a imagem de uma criança sem olhos.

"Todas elas juntas falam sobre a dualidade de diferentes personalidades em um ser só, a calmaria imposta por convívio social e a crise da psique por dentro, o que condiz muito com a sonoridade da banda", completa Fiedler.

"Life of Excesses" está disponível em todos os principais serviços de streaming de música.

Ficha Técnica:

Composição, letras, arranjo, gravação, produção, guitarra, vocal: Marcelo Fiedler

Letras, vocal: Katherine Finn Zander

Bateria gravada: Ricardo Blasch no estúdio Gramofone

Mix: Luiz Sadaiti

Master: Danilo Machado AKADINDO




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Noid"


Slash: Só dá para exceder até certo pontoSlash
"Só dá para exceder até certo ponto"

Cannibal Corpse: o pescoço gigante de George FisherCannibal Corpse
O pescoço gigante de George Fisher


Sobre Nathália Pandeló Corrêa

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClioIL