Retrospectiva 2019: a despedida do Slayer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar correções  |  Ver Acessos

Continuando com a retrospectiva do que aconteceu de importante em 2019, outro fato que deixou os fãs de metal muito tristes foi a despedida do Slayer dos palcos, e possivelmente, dos estúdios. A última tour foi anunciada no ano de 2018 e o que teoricamente foi o último show foi realizado em 30 de novembro deste ano.

Slayer: Banda anuncia tour de despedidaSlayer
Banda anuncia tour de despedida

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foram anos de serviços prestados não apenas ao thrash metal (estilo do qual o Slayer sempre será o maior expoente), mas para a música pesada em geral. Após mais de 35 anos de uma carreira pautada pela seriedade, a banda resolveu encerrar suas atividades, deixando um legado gigantesco.

Desde os primeiros acordes do seminal "Show No Mercy" (1983) até "Repentless" (2015), o Slayer sempre foi o mais brutal que uma banda poderia ser. Seja pela voz de Tom Araya, seja pela INFERNAL dupla de guitarristas que Kerry King formou ao lado de Jeff Hanneman (e posteriormente, de Gary Holt) ou pela velocidade absurda de Dave Lombardo/Paul Bostaph, o Slayer é, foi e será eternamente a banda mais violenta que já pisou no Planeta Terra.

A brutalidade do Slayer nunca se resumiu ao estúdio. Para sorte dos fãs da banda (conhecidos pelo fanatismo), as apresentações do grupo sempre foram avassaladoras. Nós, brasileiros, tivemos o prazer de ver Tom Araya e sua turma passando por aqui algumas vezes, sendo que a primeira foi em 1994 (no finado Phillips Monters Of Rock) e a última, em outubro de 2019.

Slayer: Em São Paulo, uma despedida tão grandiosa quanto o legado da bandaSlayer
Em São Paulo, uma despedida tão grandiosa quanto o legado da banda

Quanto aos discos de estúdio, não é preciso falar muita coisa. Os cinco primeiros registros ("Show No Mercy", "Hell Awaits", "Reign In Blood", "South Of Heaven" e "Seasons In The Abyss") são de fundamental importância para o desenvolvimento do thrash e do death metal, com letras muito próximas do black, abordando temas mais ocultos. Mesmo quando investiu em elementos mais modernos, o Slayer fez discos extremamente pesados, como "Divine Intervention" e "God Hates Us All".

Tudo infelizmente tem uma hora para acabar. Com o Slayer não foi diferente. Por mais que a tal despedida pareça uma grande jogada de marketing, é muito difícil que o Slayer repita o papelão que algumas bandas fazem por dinheiro, ao voltar atrás na decisão da aposentadoria e fazer shows com preços exorbitantes. Pode ser que eu queime a língua, mas apesar de todas as polêmicas ao longo do tempo, se tem uma coisa que a banda nunca fez foi brincar com os sentimentos de seus fãs.

O que nos resta é ouvir o material que a banda gravou e agradecer por ter presenciado toda a desgraça que essa máquina de destruição criou ao longo de seus quase 40 anos de carreira. Obrigado, Slayer!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Slayer"


Slayer: Gary Holt posta foto de guitarra utilizada em última música tocada ao vivoSlayer
Gary Holt posta foto de guitarra utilizada em última música tocada ao vivo

Green Day: título de novo álbum foi inspirado no... SlayerGreen Day
Título de novo álbum foi inspirado no... Slayer

Green Day: Kerry King foi inspiração para título de novo álbumGreen Day
Kerry King foi inspiração para título de novo álbum

Slayer: Gary Holt compartilha foto de último show da bandaSlayer
Gary Holt compartilha foto de último show da banda

Metal Hammer: o ano de 1999 marcou o fundo do poço do metal?Metal Hammer
O ano de 1999 marcou o fundo do poço do metal?

Lars Ulrich: qual a sua música preferida do Slayer?Lars Ulrich
Qual a sua música preferida do Slayer?

Slayer: todos os álbuns da banda, do pior para o melhor, segundo o Consequence of SoundSlayer
Todos os álbuns da banda, do pior para o melhor, segundo o Consequence of Sound

Slayer: nunca quis entrar, Jeff deveria estar no último show, diz Gary HoltSlayer
"nunca quis entrar, Jeff deveria estar no último show", diz Gary Holt

Em 03/12/1983: Slayer lançava o clássico Show No MercyEm 03/12/1983
Slayer lançava o clássico Show No Mercy

Slayer: banda não se reunirá pois Kerry King não é Mick Mars ou Slash, diz esposaSlayer
Banda não se reunirá pois Kerry King não é Mick Mars ou Slash, diz esposa

Slayer: dez bandas que são influência para elesSlayer
Dez bandas que são influência para eles

Slayer: Uma entrevista com Tom Araya feita por garotinhasSlayer
Uma entrevista com Tom Araya feita por garotinhas


Metallica e Iron Maiden: veja a diferença absurda de faturamento em shows nos EUAMetallica e Iron Maiden
Veja a diferença absurda de faturamento em shows nos EUA

Black Sabbath: About.com elege os 5 melhores álbuns da bandaBlack Sabbath
About.com elege os 5 melhores álbuns da banda


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

adGoo336