Red Hot Chili Peppers: Josh Klinghoffer revela com detalhes como foi demitido

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Rolling Stone
Enviar correções  |  Ver Acessos

O guitarrista Josh Klingohffer revelou, em entrevista à Rolling Stone, como foi sua demissão do Red Hot Chili Peppers. Ele foi dispensado para a volta de John Frusciante, que esteve ausente da formação na última década.

RHCP: Josh Klinghoffer comenta a solidariedade de Eddie VedderOrtografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A situação teve início após o baixista Flea marcar um encontro com os integrantes do Red Hot Chili Peppers. Josh Klinghoffer pensou que a reunião seria para discutir sobre um novo álbum, que já estava sendo composto.

"Estavam todos sentados no jardim e Flea parecia sombrio quando entrei. Ele foi direto e disse: 'decidimos chamar John de volta'. Fiquei em silêncio por um segundo e respondi: 'não estou surpreso - gostaria de ter feito mais para que isso se tornasse algo impossível, mas estou feliz por vocês'. Fiquei feliz por John e amo aqueles caras. Nunca me vi como merecendo estar ali no lugar dele", afirmou.

Após declarar que sente respeito e gratidão pelos colegas de Red Hot Chili Peppers, Josh Klinghoffer foi questionado sobre o que foi dito pelo vocalista Anthony Kiedis no encontro. "Na verdade, Flea foi quem mais falou. Anthony falou pouco. Porém, vi nos olhos dele que foi uma decisão difícil. Anthony é uma pessoa muito sensível, solidária e paternal. Acho que tudo isso veio da conexão de Flea com John", disse.

A reunião durou entre 35 a 40 minutos. "Naturalmente, eu deveria ter saído logo, mas senti um peso porque era a última vez que estaríamos juntos, apenas nós quatro, e eu queria curtir aquilo por um minuto. A gente se abraçou e Chad (Smith, baterista) me enviou mensagem antes mesmo de eu chegar em casa. Ele se chateou, pois Chad e eu somos muito amigos", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ao chegar em casa, Klinghoffer passou três horas respondendo mensagens. O motivo? O anúncio da demissão foi feito menos de uma hora após o fim da reunião. "Não tive a ver com a elaboração do anúncio. Claramente, foi Flea que escreveu. E parece como um anúncio de morte. Por um lado, me poupou de ter que contar para as pessoas, então, apenas cheguei em casa e fiquei respondendo às pessoas pelo celular, com uma xícara de café, durante três horas, sem parar. Sentia como morte, mas quantas vezes você abandona uma 'morte' e segue a vida?", comentou.

O guitarrista comentou que ficaria chateado se fosse demitido há 5 anos, porém, destacou que não se sentiu inútil pois conseguiu fechar uma década com a banda. "Se fosse há 5 anos, ficaria destruído. Confirmaria minhas intuições sobre o quanto sou ruim e imprestável. Eu iria sucumbir aos pensamentos negativos. Porém, após 10 anos e praticamente três álbuns, ganhei um certo espaço para manobrar", afirmou.

Por outro lado, ele realmente esperava lançar um novo álbum - que já estava sendo composto - e fazer uma última turnê. "Nunca fui bom em administrar dinheiro, adoro gastar, mas eu estava pensando desta vez: 'esses caras estão envelhecendo, não estão fazendo mais tantas turnês... agora, eu vou ser mais responsável com o dinheiro'. Essas coisas com a voz de seus pais na mente. Estou ficando mais velho. Tenho 40 anos, então, preciso ser mais responsável. Porém, no fim do dia, eu estava empolgado por fazer mais um disco", disse.

Curiosamente, Josh e Flea almoçaram juntos 5 dias após a demissão. "Foi muito legal. Nunca acontece isso quando alguém sai da banda em circunstâncias definidas, sempre é algo trágico ou traumático. Demitir alguém que eles gostam e com quem se preocupam foi algo difícil para eles. Seria mais fácil para eles se eu começasse a gritar e distribuir socos após a demissão ser revelada. Há um tom de tristeza e o post no Instagram foi sombrio, algo meio que com dois sentidos. Tipo: estamos felizes por ter John de volta, mas gostamos de estar perto desse cara por 10 anos", afirmou.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Red Hot Chili Peppers"


RHCP: Josh Klinghoffer comenta a solidariedade de Eddie VedderRHCP
Josh Klinghoffer comenta a solidariedade de Eddie Vedder

Red Hot Chili Peppers: veja John Frusciante e Dave Navarro tocando juntosRed Hot Chili Peppers
Veja John Frusciante e Dave Navarro tocando juntos

Red Hot Chili Peppers: veja primeira performance de Frusciante de volta à bandaRed Hot Chili Peppers
Veja primeira performance de Frusciante de volta à banda

Red Hot Chili Peppers: Josh Klinghoffer diz que nunca foi, de fato, um guitarristaRed Hot Chili Peppers
Josh Klinghoffer diz que nunca foi, de fato, um guitarrista

Red Hot Chili Peppers: banda mostra Frusciante debulhando para anunciar showsRed Hot Chili Peppers
Banda mostra Frusciante debulhando para anunciar shows

Red Hot Chili Peppers: Klinghoffer queria resgatar som de Uplift Mofo Party PlanRed Hot Chili Peppers
Klinghoffer queria resgatar som de Uplift Mofo Party Plan

RHCP: Ex-guitarrista começou a tocar ouvindo Nirvana e Pearl JamRHCP
Ex-guitarrista começou a tocar ouvindo Nirvana e Pearl Jam

RHCP: cancelado aquele que seria o primeiro show de Frusciante após sua voltaRHCP
Cancelado aquele que seria o primeiro show de Frusciante após sua volta

Red Hot Chili Peppers: Klinghoffer diz que comparações com Frusciante o chateavamRed Hot Chili Peppers
Klinghoffer diz que comparações com Frusciante o chateavam

Kobe Bryant: astros do rock e metal lamentam morte do ex-jogador da NBAKobe Bryant
Astros do rock e metal lamentam morte do ex-jogador da NBA

John Frusciante: ele não liga para grana, diz técnico de guitarraJohn Frusciante
Ele não liga para grana, diz técnico de guitarra

Pearl Jam: Jack Irons fala sobre sua saída da bandaPearl Jam
Jack Irons fala sobre sua saída da banda


Ortografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?Ortografia
Como deveriam realmente se chamar as bandas?

AC/DC: A origem do nome da bandaAC/DC
A origem do nome da banda


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adClio336 adClioIL adClio336 adClioIL