Dokken: banda faz show para aglomeração sem distanciamento e sem máscaras

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar Correções  

O Dokken realizou, no último fim de semana, dois shows em parques abertos nos Estados Unidos. A apresentação da sexta-feira (17) aconteceu Dr. Pepper Park em Roanoke, Virginia. Já no sábado (18), a banda tocou no Magic Springs Park, em Hot Springs, Arkansas.

Scorpions: Mikkey Dee confirma que teve Covid e ficou mal, mas corrige informações

Metallica: Conheça a lista de exigências do camarim da banda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vídeos da apresentação em Roanoke apontam que, apesar do local ser a céu aberto, o público acompanhava a performance da banda de hard rock sem máscaras e de forma aglomerada, sem respeitar o distanciamento social recomendado por autoridades da saúde em meio à pandemia do novo coronavírus.

A banda está se apresentando com o guitarrista Reb Beach (Whitesnake, Winger), que pertenceu à formação entre 1998 e 2001. Ele substitui Jon Levin, que não se sentiu confortável para participar dessas performances por ser o principal cuidador do pai dele, que tem 90 anos e integra o grupo de risco da doença. O baixista Chris McCarvill, o baterista BJ Zampa e, claro, o vocalista Don Dokken completam o line-up do grupo, que ainda trouxe o Lynch Mob, de seu ex-guitarrista George Lynch, como atração de abertura.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista anterior ao Songfacts, Don Dokken admitiu que assumia um risco ao aceitar fazer os dois shows em meio à pandemia. "Mas o que devo fazer? Minha namorada me faz colocar luvas, máscara, usar spray... limpamos a mão constantemente. Tento não colocar a mão na boca. Vou ao mercado para fazer compras, mas tenho ficado só em casa. Então, ela não gostou do fato de eu pegar um voo. Pegarei cinco ou seis voos em dois dias, então, há grandes chances", afirmou.

Don Dokken contou, ainda, que obteve a opinião do filho, que é piloto de avião, sobre viagens aéreas durante o período. "Ele disse que vão tentar deixar as pessoas distantes, mas isso é praticamente uma piada, porque ele contou que o ar dentro do avião é recirculado. Eles enviam para os filtros e depois volta para nós. Então, esse distanciamento não adianta. Mas eu preciso sair e trabalhar. Quero tocar", concluiu, na ocasião.

Mikkey Dee: baterista do Scorpions pegou Covid-19, ficou mal e perdeu 15 kgMikkey Dee
Baterista do Scorpions pegou Covid-19, ficou mal e perdeu 15 kg

Veja, abaixo, alguns vídeos do show:

Com 8,4 milhões de habitantes, o estado da Virgínia vivencia, atualmente, uma nova alta em casos de coronavírus. São, ao todo, 77.430 registros da doença, com 2.027 mortes. A curva de casos diários havia se atenuado no fim de junho e início de junho, mas voltou a crescer na segunda semana deste mês. Para efeito de comparação,

O estado do Arkansas, que tem 3 milhões de habitantes, tem curva de casos ascendente desde o início da pandemia. Atualmente, são 33.228 casos e 357 mortes confirmadas.

Great White faz show e pede desculpas, mas tem outro marcado

No último dia 9 de julho, o Great White fez um show em circunstâncias semelhantes em Dickinson, Dakota do Norte. A banda se apresentou em um evento a céu aberto para uma plateia aglomerada, sem o devido distanciamento, e sem máscaras.

O festival é chamado "First on First: Dickinson Summer Nights" e seus organizadores não determinaram qualquer restrição. "Não temos restrições, acredite ou não, não temos nenhuma. É uma daquelas situações em que caso as pessoas se sintam confortáveis para vir e se misturar, é uma escolha pessoal delas. Estamos deixando a decisão para todos que quiserem participar", disse April Getz, um dos organizadores, em entrevista ao veículo local The Dickinson Press.

Great White: banda faz show para aglomeração sem distanciamento e sem máscarasGreat White
Banda faz show para aglomeração sem distanciamento e sem máscaras

Depois das críticas, o Great White divulgou uma nota para se explicar e se desculpar com o público. "Gostaríamos de pedir desculpas àqueles que discordam de nossa decisão de cumprir o contrato. O promotor do evento e a equipe foram muito profissionais e nos garantiram as precauções de segurança. Nossa intenção era apenas fazer um show em uma cidade pequena e acolhedora. Valorizamos a saúde e a segurança de todos os fãs, bem como de nossa comunidade americana e global. Estamos longe de ser perfeitos", afirmou o grupo.

Great White: banda pede desculpas por show para aglomeração, mas já tem outro marcadoGreat White
Banda pede desculpas por show para aglomeração, mas já tem outro marcado

Apesar do pedido de desculpas, o Great White tem outro show confirmado para o próximo dia 7 de agosto. A apresentação será em um festival chamado Riverfest, em Fort Madison, Iowa, também nos Estados Unidos.

O evento em questão acontece entre os dias 5 e 8 do mês em questão e reúne outras bandas como Fozzy, Enuff Z'Nuff e Autograph, entre outras. O Black Stone Cherry também estava confirmado, mas o nome do grupo saiu do flyer, o que indica que desistiram de se apresentar.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Scorpions: Mikkey Dee confirma que teve Covid e ficou mal, mas corrige informaçõesScorpions
Mikkey Dee confirma que teve Covid e ficou mal, mas corrige informações

Mikkey Dee: baterista do Scorpions pegou Covid-19, ficou mal e perdeu 15 kgMikkey Dee
Baterista do Scorpions pegou Covid-19, ficou mal e perdeu 15 kg

Dokken: Conheça a obra da banda


Guitarra: dez canções mais difíceis pra quem tem mãos pequenasGuitarra
Dez canções mais difíceis pra quem tem mãos pequenas

Ozzy Osbourne: George Lynch chorou após ser dispensado da bandaOzzy Osbourne
George Lynch chorou após ser dispensado da banda


Metallica: Conheça a lista de exigências do camarim da bandaMetallica
Conheça a lista de exigências do camarim da banda

Led Zeppelin: a origem do anjo símbolo da bandaLed Zeppelin
A origem do anjo símbolo da banda


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin