Guns N' Roses: banda compartilha linha do tempo e "ignora" período entre 2001 e 2014

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar Correções  

A banda estadunidense GUNS N' ROSES compartilhou novamente em seu perfil oficial do Instagram um vídeo de 2017 que conta a história do grupo. A postagem mostra uma espécie de linha do tempo, que narra tudo o que aconteceu desde os primórdios da banda, na metade da década de 1980 até o passado mais recente, representado pela tour "Not in This Lifetime", que marca o retorno do guitarrista Slash e do baixista Duff McKagan.

Chiclete: músicas que grudam na cabeça na primeira vez que são ouvidas - Parte 1

Metallica, Guns, Slipknot, Kiss: tombos, erros e fatos engraçados

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Durante o vídeo, é possível notar que o período entre 2001 e 2014, mencionado como "Chinese Democracy era" foi "ignorado", com quatro tópicos que aparecem rapidamente. "Chinese Democracy" é o sexto álbum de estúdio do grupo, lançado em 2008, após mais de uma década de espera.

Outro ponto que merece destaque é a ausência de alguns membros no vídeo, com destaque para o guitarrista Izzy Stradlin e o baterista Steven Adler, que fazem parte da formação original da banda. Esses detalhes chamaram a atenção de alguns seguidores, que fizeram perguntas sobre as ausências nos comentários.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda já havia feito isso em 2017, como pode ser visto na matéria a seguir, escrita pelo jornalista Igor Miranda.

Guns N' Roses: vídeo com linha do tempo não cita Izzy e StevenGuns N' Roses
Vídeo com linha do tempo não cita Izzy e Steven


Cli336x280 CliIL Cli336x280