Judas Priest: saída de Halford em 92 era para ter sido apenas um tempo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar Correções  

O vocalista Rob Halford é um dos grandes responsáveis pelo JUDAS PRIEST ter se tornado uma banda gigantesca no universo do heavy metal. Dono de uma voz única e muito vibrante em cima dos palcos, o Metal God (apelido muito mais que merecido) gravou clássicos que mudaram para sempre a história da música pesada, como "British Steel", "Screaming For Vengeance", "Sad Wings Of Destiny", "Stained Class" e "Painkiller", sendo que este último é o melhor trabalho da banda até os dias de hoje.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Porém, após a longa turnê do pesado "Painkiller", em 1992, Halford decidiu deixar a banda, para seguir com seus projetos, o FIGHT e posteriormente, o 2WO, que fazia um som mais industrial. Já no final da década, Halford voltou a fazer heavy metal, com a banda que leva seu sobrenome e alguns anos mais tarde, o vocalista retornou para o posto que nunca deveria ter abandonado, o de frontman do JUDAS.

publicidade

Em recente entrevista concedida à Chris Warburton, da BBC Sounds, o lendário vocalista falou um pouco sobre a sua saída da banda. "Eu estava em um lugar diferente no aspecto profissional, especialmente associado a alguns dos contatos de negócios que eu tinha na época. Terminamos aquela gloriosa turnê mundial de 'Painkiller', que foi um verdadeiro trabalho árduo. Todas essas turnês que fazemos são incrivelmente longas e cansativas, mas fazemos isso porque amamos; adoramos ver nossos fãs ao redor do mundo. Mas antes dessa turnê, nós passamos por um período muito, muito difícil com o julgamento de Reno". O referido julgamento aconteceu em 1990, quando a banda foi acusada de incitar o suicídio de dois jovens através de mensagens subliminares.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 23/12/1985: Fã do Judas Priest comete suicídio e pais culpam a bandaEm 23/12/1985
Fã do Judas Priest comete suicídio e pais culpam a banda

A situação, que obviamente causou desconforto e pelo visto, fez com que Halford quisesse se afastar um pouco da banda. "...Eu deveria ter dito, no final da turnê de 'Painkiller', 'caras, eu vou sair por alguns anos e apenas relaxar e talvez fazer algumas coisas.' Mas não foi assim que aconteceu. Acabamos caindo nesta terrível falha de comunicação."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para a nossa sorte, Rob e a banda tiveram tempo para acertar os ponteiros. "Demoramos cerca de 10 anos para consertarmos isso, especialmente da minha parte. Mas aí está. Pelo menos consegui tirar do meu sistema as coisas que procurava como músico. Passei ótimos momentos com a banda FIGHT, o projeto 2WO, o projeto HALFORD. Tudo me levou de volta ao lugar onde eu estava destinado a ser músico, que é estar com o JUDAS PRIEST. "

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Rob Halford se tornou vocalista do JUDAS PRIEST no ano de 1973, substituindo Al Atkins. A sua primeira passagem durou até 1992 e durante esse período, o vocalista gravou músicas icônicas como "Breaking The Law", "The Sentinel", "Electric Eye", "Painkiller", entre tantas outras. Após sua saída, Tim "Ripper" foi escolhido como substituto e gravou os álbuns "Jugulator" e "Demolition".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após pouco mais de uma década longe da banda, Halford foi anunciado em 2003. De lá pra cá, gravou os discos "Angel Of Retribution" (2005), "Nostradamus" (2008), "Redeemer Of Souls" (2014) e "Firepower" (2018).


Cli336 WhiFin Goo336 Goo336 Cli336 Goo336 Goo336 CliHo