[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Nick Mason , do Pink Floyd, sente certa culpa por triste situação de Syd Barrett

Por Igor Miranda
Postado em 17 de setembro de 2020

O baterista Nick Mason revelou, em entrevista ao Ultimate Classic Rock, que sente culpa pela forma com o Pink Floyd lidou com a situação de Syd Barrett. O primeiro vocalista da banda saiu em 1968, em meio a problemas de saúde mental contra os quais ele lutou até morrer, em 2006, aos 60 anos, de câncer no pâncreas.

Pink Floyd - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O assunto veio à tona após o entrevistador perguntar o sentimento de Nick Mason com as músicas da fase Syd Barrett no Pink Floyd. O baterista tem tocado várias canções desse período em seu novo projeto, Nick Mason's Saucerful of Secrets, que aborda todo o catálogo pré-"The Dark Side of the Moon".

"Acho que há muitos sentimentos confusos com toda a coisa de Syd. De certa forma, ele era tão inteligente em muitos aspectos. Há um pouco de tristeza quando olho para trás - e um pouco de culpa", declarou, inicialmente.

O músico, depois, disse que a palavra não é exatamente "culpa" e explicou o motivo desse sentimento. "Lidamos muito mal com Syd. Não tínhamos ideia, e ainda não temos, de qual era o verdadeiro problema: se era o LSD, se era algo em seu 'personagem' ou se, de fato, ele estava mais esclarecido que todos e realmente não queria estar em uma banda", afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nick Mason comentou que, provavelmente, Syd Barrett caiu na real e percebeu que não gostaria de fazer parte de uma banda, mas que os demais integrantes não entendiam isso. "Deveríamos tê-lo deixado ir muito antes ou separado dele mais cedo, mas, como disse, não tínhamos ideia na época", disse.

Há especulações de que Syd Barrett sofria de esquizofrenia. Além disso, a saúde mental do músico estava afetada pelo uso pesado de drogas como LSD. Ele se tornou uma pessoa depressiva e socialmente reclusa, sofrendo efeitos como alucinações, lapsos de memória, mudanças bruscas de humor e períodos de catatonia. Frequentemente, ele não reconhecia amigos ou não sabia onde estava.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

David Gilmour acabou entrando para a banda na intenção de servir como um segundo guitarrista, além de assumir os vocais quando Syd Barrett estivesse em um estado mais complicado de saúde. O frontman original acabou tendo cada vez mais problemas e o Pink Floyd quis mantê-lo como integrante fora das turnês, participando apenas dos discos, mas não deu certo.

Jovens e imaturos para lidar

Em entrevista anterior, à Rolling Stone, Nick Mason refletiu que os demais músicos do Pink Floyd eram "muito jovens e imaturos" para reagir a tudo isso de forma eficaz. "As letras do álbum 'The Piper at the Gates of Dawn' são tão Syd, muito inteligentes. É divertida, mas há uma profundidade de tristeza ali. Quando ouço agora, percebo o quanto éramos jovens e imaturos, assim como estávamos desesperados ao lidar com o colapso de Syd", afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O baterista destacou que Syd Barrett fez muitas músicas em um curto período de tempo. "Em menos de dois anos de nosso primeiro show, em outubro de 1967, tínhamos apenas duas ou três músicas. Em um ano, estávamos com várias. No fim de 1966, achávamos que queríamos ser uma banda de R&B, então, nos distraímos e fizemos músicas como 'Arnold Layne', 'Bike' e 'Gnome'", disse.

Pink Floyd não soube lidar com colapso de Syd Barrett, diz Mason

Como foi rever Syd Barrett, ex-Pink Floyd, nas gravações de "Wish You Were Here"

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Syd Barrett: "Talvez ele não seja o louco, talvez nós sejamos", diz Nick Mason

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS