Matérias Mais Lidas

imagemO álbum do Kiss que infelizmente é ignorado pela banda, segundo Andreas Kisser

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemBaixista do Faith No More diz que integrantes odiavam músicas do "The Real Thing"

imagemMetallica: a explicação da banda para o volume do baixo no And Justice For All

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemRevista Veja diz que Rock in Rio virou "túmulo do rock" e explica motivo

imagemPor motivo de saúde, Tracii Guns faz show inteiro do L.A.Guns dentro do banheiro

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemOzzy acha que suas novas músicas deveriam ter sido gravadas pelo Black Sabbath

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemA história da capa de "Christ Illusion", que fez o Slayer ter problemas

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemLars Ulrich: "Não sou um baterista particularmente talentoso"

imagemComo o clássico "Angel Dust" fez o guitarrista Jim Martin sair do Faith No More

imagemO álbum de David Bowie que Mick Jagger disse que achou "horrível"


Stamp

Bob Kulick: causa da morte do guitarrista, enfim, é divulgada - e não foi suicídio

Por Igor Miranda
Em 02/10/20

A causa da morte do guitarrista Bob Kulick, que trabalhou com Kiss, W.A.S.P., Meat Loaf e vários outros artistas, foi divulgada nesta sexta-feira (2) pelo irmão dele, o também guitarrista Bruce Kulick. Apesar dos rumores e especulações, Bob, que tinha 70 anos e morreu em 29 de maio deste ano, não tirou a própria vida.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

De acordo com Bruce, a morte do irmão ocorreu devido a um problema no coração. "Muitos perguntaram como meu irmão morreu. Eu não sabia até alguns dias, através do Las Vegas County Coroner. Ele faleceu em casa, de causas naturais, devido a uma doença no coração", disse.

O ex-guitarrista do Kiss disse que o irmão, também notável por trabalhar com a banda, nunca havia comentado do problema de saúde. "Infelizmente, não sabia que meu irmão já havia reclamado com seu médico sobre dores no peito e palpitações. Descobri isso recentemente ao olhar seus arquivos médicos e acho que ele deveria ter sido tratado, mas a pandemia pode ter evitado isso. Foi um choque, tão repentino", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por fim, Bruce Kulick conscientizou: "Se você sentir alguma dor ou desconforto, consulte o seu médico. Por mais que saber da causa de seu falecimento seja um encerramento para mim e minha família, ele era muito jovem para morrer".

Sobre Bob Kulick

Nascido em 16 de janeiro de 1950, no Brooklyn, Nova York, Estados Unidos, Bob Kulick é notável, especialmente, por seu envolvimento em diversos momentos com o Kiss. Ainda em 1972, ele fez um teste para entrar na banda, recém-montada por Paul Stanley (vocal e guitarra), Gene Simmons (vocal e baixo) e Peter Criss (vocal e bateria). Porém, a vaga acabou ficando com Ace Frehley, que participou da audição logo após ele.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Apesar da recusa, os integrantes do Kiss mantiveram contato com Bob Kulick. Em 1978, ele gravou três das cinco músicas inéditas do álbum ao vivo "Alive II" (1977), em um período onde as relações entre os músicos da banda já sofriam desgaste. Em seguida, foi o guitarrista do álbum solo de Paul Stanley, de 1978.

No início dos anos 80, Bob teve colaborações em mais álbuns do Kiss, como "Unmasked" (1980), "Killers" (1982, coletânea, porém nas faixas inéditas) e "Creatures of the Night" (1982). Já em 1984, o irmão de Bob, Bruce Kulick, entrou como membro fixo da banda, posto que ocupou até 1995. No fim da década, em 1989, voltou a trabalhar com Stanley em uma turnê solo do músico.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bob Kulick também teve uma longa trajetória musical ao lado de Meat Loaf, participando de vários álbuns e turnês do cantor, com destaque a "Bad Attitude" (1984). Trabalhou, ainda, como músico de estúdio do W.A.S.P., tocando nos discos "The Crimson Idol" (1992) e "Still Not Black Enough" (1995).

Entre outros artistas e bandas com os quais Bob trabalhou, estão Lou Reed ("Coney Island Baby" - 1975), Michael Bolton ("Michael Bolton" - 1983), Diana Ross ("Mirror Mirror" - 1981), Doro ("Calling The Wild" - 2000), Tim Ripper Owens ("Play My Game" - 2010) e mais. Teve, ainda, grupos como o Blackthorne, Balance e Skull.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nos últimos anos, o músico estava mais dedicado à atuação como produtor. Trabalhou em diversos tributos a bandas como Aerosmith, Queen, Shania Twain e Iron Maiden, entre outros - sempre no formato "all-star", onde convidava uma série de artistas famosos para participar. Porém, chegou a lançar um álbum solo em 2017, intitulado "Skeletons in the Closet".

Bob e Bruce brigaram

As notícias mais recentes de Bob Kulick datavam de novembro de 2019, quando o guitarrista criticou o próprio irmão, Bruce, além do Kiss, por venderem itens de merchandising usando o nome e a imagem dele sem autorização. De acordo com Bob, os produtos estavam sendo comercializados pela Kiss Army Merchandise com permissão apenas de Bruce.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bob chegou a revelar, pelas redes, que que Bruce conseguiu, recentemente, uma ordem de restrição contra ele. "Isso é infração de direitos autorais e indica a todos vocês sobre como meu irmão traíra Bruce está envolvido. [...] Os culpados são: Keith LeRoux (consultor), Bruce Kulick (que agora conseguiu uma ordem de restrição contra mim), Paul Stanley, Gene Simmons e Doc McGhee (empresário). Saiba que essas pessoas são desonestas, não são como os artistas honoráveis que produzi, como Ronnie James Dio e Lemmy (Motörhead)", afirmou.

Bob Kulick: detonando Kiss e o irmão Bruce por uso de marca sem autorização

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

imagemKiss: alguns dos músicos secretos da banda - 1ª parte

Kiss: alguns dos músicos secretos da banda - 2ª parte

Kiss: alguns dos músicos secretos da banda - 3ª parte

Rumores de suicídio

Em entrevista ao My Global Mind, em junho, o vocalista Graham Bonnet, do Alcatrazz, que trabalhou com Bob Kulick na banda Blackthorne, especulou que o guitarrista poderia ter tirado a própria vida. O músico estaria "estranho" no último contato entre os dois.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu não o via há mais de 30 anos até que tocamos em Las Vegas, em 2018. Foi a última vez que nos vimos. Conversamos recentemente por telefone e pude notar que algo não estava certo com ele, pois ele levou a conversa para um lugar estranho, não sei o porquê", afirmou o cantor, inicialmente.

Bonnet apontou que a conversa entre os dois ficou "sem sentido" em dado momento. "Não fazia o menor sentido. Ele estava bravo, mas sozinho. Durante a ligação, eu pensava: 'esse não é o cara do qual eu me lembro'. Senti que ele estava deprimido. Se a morte foi acidental, eu não ficaria surpreso. Espero que não seja o que estou pensando, que ele tenha tirado a própria vida", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

imagemGraham Bonnet: "Bob Kulick estava bravo em nosso último contato, havia algo errado"


Morte de Bob Kulick

Kiss: Bruce Kulick lamenta briga com o irmão Bob Kulick

Bob Kulick: guitarrista que trabalhou com Kiss, W.A.S.P. e outros morre aos 70 anos

Bob Kulick: músicos do Kiss e outros lamentam a morte do guitarrista

Bob Kulick: Bruce informa que não haverá velório tradicional, por conta da pandemia

imagemGraham Bonnet: "Bob Kulick estava bravo em nosso último contato, havia algo errado"

Todas as matérias sobre "Morte de Bob Kulick"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.