Matérias Mais Lidas

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemVangelis, compositor de cinema e lenda do prog rock grego, morre aos 79 anos

imagemDez músicas muito legais do Iron Maiden que não são cantadas por Bruce Dickinson

imagemVocalista do Gwar diz que integrantes do Maiden são "um bando de velhas britânicas"

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"

imagemJames LaBrie fala sobre a possibilidade de trabalhar novamente com Mike Portnoy

imagemJonathan Davis, do Korn, explica qual seu problema com o Cristianismo

imagemQuando Angus Young, do AC/DC, detonou o Led Zeppelin e os Rolling Stones

imagemTico Santta Cruz sai em defesa de Juliette na polêmica com Samantha Schmutz

imagemMetallica divulga vídeo oficial de "Sad But True" ao vivo em Curitiba

imagemO segredo da longevidade do baixista do Guns N' Roses tem inspiração nos Stones

imagemMetallica divulga vídeo de "Whiskey In The Jar" ao vivo em Curitiba

imagemLes Claypool, do Primus, explica por que não se tornou baixista do Metallica

imagemQuando Pete Townshend faltou a um show do The Who pra ir assistir o Pink Floyd


PRB

Kiss: análise vocal de "Detroit Rock City" explica grande alcance de Paul Stanley

Por Igor Miranda
Em 20/01/21

Paul Stanley, que hoje completa 69 anos de idade, é um dos grandes vocalistas do hard rock. No comando do Kiss, o músico já gravou 20 álbuns de estúdio, além de trabalhos ao vivo e em projetos solo, incluindo o recente Soul Station, de R&B/soul music.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma análise vocal feita por Marco D'Lacerda, cantor e preparador vocal paranaense, buscou descrever o talento de Paul Stanley, apontando as técnicas usadas na gravação de "Detroit Rock City". A música é um dos maiores hits do Kiss e está presente no álbum "Destroyer", lançado em 1976.

"Neste pequeno corte da clássica 'Detroit Rock City', é possível entender por que Starchild se tornou uma das grandes vozes do rock. No trecho, temos um range de mais de uma oitava (de C3 à C4), no qual Paul passa por três regiões diferentes da voz, explorando seus médios, agudos e super-agudos", explica D'Lacerda, inicialmente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A publicação prossegue: "Além disso, é possível identificar distorções vocais (ou drives vocais) glóticas, ou seja, manobras de distorção feitas através de ajustes nas próprias pregas vocais, um exemplo disso é no topo da primeira frase, nas palavras: 'moving fast'".

O preparador vocal destacou mais técnicas utilizadas por Stanley: "Outros efeitos como vibratos e Yodelings também aparecem em palavras como 'slow' (de 'moving much too slow') e 'radio' (de 'playing on the radio'), respectivamente".

Marco D'Lacerda apontou, ainda, que Paul Stanley "cantou com perfeição por anos esta e outras complexas melodias, tudo isso sem deixar de entregar por um segundo uma performance de palco envolvente e energizante".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ouça, abaixo, o trecho utilizado para a análise vocal do frontman do Kiss.

Lançada como quarto single de "Destroyer", "Detroit Rock City" foi tocada em, praticamente, todos os shows do Kiss desde que foi divulgada originalmente, em 1976. O site Setlist.fm contabiliza mais de duas mil execuções da música ao longo das apresentações realizadas nos últimos 45 anos.

imagemPaul Stanley: não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta dele

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.