Matérias Mais Lidas

imagemO que mais impede Kiko Loureiro de voltar ao Angra? (Não tem nada a ver com o Megadeth)

imagemBill Hudson diz que tatuagem pode ter sido entrave para entrar no Megadeth

imagemHumberto Gessinger faz símbolo do "L" do Lula com a mão em show e fãs vibram

imagemMarcos Mion conta história de encontro (e manjada) com Bon Jovi no banheiro

imagemEdgard Scandurra, do Ira!, explica atual sumiço do rock nas rádios brasileiras

imagemA curiosa opinião de Ozzy sobre cover do Metallica para "Sabbra Cadabra"

imagemBeatles: Paul McCartney conta a história por trás de "Ob-La-Di, Ob-La-Da"

imagemLuísa Sonza posta fotos com camiseta da banda de death metal Morbid Angel

imagemTaylor Hawkins: Ele estava cansado e pronto pra abandonar o Foo Fighters

imagemBruce Dickinson diz o que o surpreendeu quando retornou ao Iron Maiden

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemO erro geográfico na letra de "All Star", música que Nando Reis fez para Cássia Eller

imagemO que mudou no rock dos anos 90 pra cá segundo Jimmy Page

imagemAutor de "God Save The Queen", Johnny Rotten diz que sente orgulho da Rainha Elizabeth

imagemOzzy Osbourne revela o único integrante de sua banda que saiu "do jeito certo"


Stamp

Black Sabbath: "Ozzy era ótimo no que fazia mas Dio era mais envolvido"

Por Emanuel Seagal
Em 02/03/21

O álbum de 1980 do BLACK SABBATH, "Heaven And Hell", foi o primeiro da banda a apresentar Ronnie James Dio como vocalista, tendo substituído Ozzy Osbourne no ano anterior. O HEAVEN AND HELL conseguiu restabelecer o Sabbath como um dos melhores do gênero - especialmente depois que o grupo seguiu um caminho difícil e desfocado no final dos anos 70. E no ano seguinte eles provaram que o HEAVEN AND HELL não foi um golpe de sorte quando lançaram outro disco excelente, "Mob Rules".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Este ano, ambos os álbuns são relançados como edições remasterizadas / expandidas. Para comemorar esta ocasião, o co-fundador do BLACK SABBATH, o guitarrista Tony Iommi, falou com Greg Prato da Songfacts sobre as eras Dio e Ozzy, e contou como ele surgiu com um dos maiores riffs de guitarra de todos os tempos. Segue um trecho:

Greg Prato (Songfacts): Como a composição se compara a quando Dio era o cantor no Sabbath, em oposição ao Ozzy?

Tony Iommi: "Foi diferente. Com o Oz geralmente costumamos fazer uma jam, e então Ozzy às vezes estava na sala, às vezes não. E às vezes ele ouvia algo e dizia, "Oh yeah!" e começava cantando alguma coisa. Depende em quais períodos. A gente tocava e criava um formato para uma música, e então ele a ouvia e começava a fazer uma melodia. Com o Dio, ele era um pouco mais envolvido porque ele tocava um instrumento (baixo) e era mais musical. E isso não é falar mal do Ozzy, porque Ozzy era ótimo no que fazia, mas Dio estava um pouco mais envolvido. Eu poderia sentar em silêncio e tocar algo para Ronnie, e ele ele dizia: "Sim, eu gosto disso". Ele começava a cantar e em seguida dizia: "Posso fazer uma mudança agora? E quanto aquela nota ali? Oh sim, isso é bom. "Nós trabalhávamos juntos e trocavamos idéias um com outro."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Greg Prato (Songfacts): Qual é a música definitiva do Sabbath da era Dio?

Tony Iommi: "Eu acho que 'Heaven and Hell', porque isso estava em nosso álbum inicial, e aquela faixa resistiu ao teste do tempo. Até Ronnie, quando ele saiu em carreira solo, ele sempre tocava 'Heaven and Hell '. Tornou-se uma canção muito popular."

Leia a entrevista completa (em inglês).

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

PRB
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Black Sabbath - Como nasceu a maior banda de Metal da História (vídeo)


Clube do Rock: Os 10 melhores Riffs de todos os tempos



Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais informações sobre

Mais matérias de Emanuel Seagal.