RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Syr Daria: Entrevista da banda francesa para o Brasil

Por Vicente Reckziegel
Postado em 21 de agosto de 2021

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

O Syr Daria é uma banda muito interessante do Metal francês, e tive a oportunidade de entrevistar o guitarrista Michel Ehrart, que com bom humor nos conta mais sobre toda a trajetória do quarteto. E fica o convite para quem quiser conhecer mais sobre eles, pois vale a pena ouvir a boa música vinda do velho mundo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vicente - Em primeiro lugar, vamos falar sobre o início da banda. Como tudo começou para o Syr Darya?

Michel - O início da banda foi no final de 2007, os dois guitarristas, eu (Michel ERHART) e Thomas HAESSY começamos a trabalhar juntos no projeto Syr Daria com o Christophe Brunner na bateria. Rapidamente juntou-se o vocalista Guillaume Hesse, também como baixista. Em 2019, Pascal HUSSER se juntou a nós como baixista. Mesma formação desde 2007, acrescentando apenas um baixista

Vicente - Como surgiu a ideia de batizar a banda com o nome de Syr Daria?

Michel - O Syr Daria é um rio da Ásia Central, um rio que é um símbolo de poder e que existe desde o início dos tempos, e que provavelmente ainda existirá quando o homem tiver desaparecido. É um pouco como a fronteira entre o Oriente e o Ocidente e também pode ser um lugar de troca ... .. Símbolo de troca e fonte de benefício para o homem ... E aí o nome soa bem, né?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vicente - Em 2019 vocês lançaram seu terceiro álbum, chamado "Tears of a Clown". Como foi o processo de gravação e composição desse álbum, e como tem sido a recepção dos fãs e da mídia especializada?

Michel - O processo de gravar e escrever o álbum "Tears of a clown" foi bastante longo, focamos nos arranjos, acho que o som desse álbum é muito mais bem sucedido e talvez mais "moderno". Este álbum foi muito bem recebido pela imprensa nacional e internacional, tivemos acesso a mídias de maior importância como "Rock Hard" na França, The rocktologist (EUA) e muitas outras. Acho que tivemos uma exposição melhor graças ao nosso selo "Sliptrick Records". o fato de termos feito alguns encontros em França com o Dennis STRATTON e o grupo cover do Maiden "COVERSLAVE" colocou-nos em contato com um público mais vasto, infelizmente, como todos sabem, tudo parou no início de 2020 com a pandemia ...

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vicente - As letras da banda são sempre muito interessantes, com títulos marcantes. Qual é a principal inspiração para elas?

Michel - Acho que os temas são variados e ilimitados; explorando as complexidades da psicologia humana, analisando determinados lapsos diários de tempo e até mesmo a literatura de ficção científica contemporânea. Muitas letras são inspiradas nos livros de Stephen KING.

Vicente - E quando teremos um novo lançamento. Algo que possa adiantar para o público?

Michel - Começamos a trabalhar em um novo álbum, mas é um pouco cedo para falar, será verdadeiro, SYR DARIA, heavy, trash, power ... Vamos tentar lançar uma nova música ou talvez um vídeo este ano , mas o que realmente precisamos é estar no palco e tocar músicas do Tears of a clown…

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vicente - e como está o cenário do Rock / Metal na França atualmente?

Michel - Com relação à cena Rock / Metal na França, a situação não é tão divertida, temos sorte porque estamos morando no leste da França, então temos alguns promotores aqui que estão trabalhando para essa cena e estamos na fronteira com a Alemanha e Suíça, tantos shows de Metal acontecem naquele país, estamos muito próximos então podemos ter algumas oportunidades de ver várias bandas e algum dia tocar. A França não é realmente um país de Rock / Metal, mas as pessoas e alguns promotores deram o seu melhor por essa cena, podemos ter bons momentos no palco na França e na frente da cena por sinal também. ..Talvez algo esteja começando a mudar, com bandas como Gojira, que agora é uma banda internacional e toca em todos os grandes festivais ao redor do mundo, isso é uma coisa muito boa para a cena do Metal francês.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Vicente - O que você conhece da cena musical do Brasil, alguma banda que você gosta?

Michel - Achamos que a cena do metal brasileiro é muito ativa, podemos citar Sepultura, Angra, e se eu assisto um vídeo do "Rock in Rio" eu posso ver a intensidade do público, é absolutamente fantástico, vocês têm muita sorte!!

Vicente - Nesses anos de estrada que a banda teve, qual foi o fato mais inusitado que aconteceu em um show do Syr Daria?

Michel - Bem, se falamos sobre momentos negativos, meu amplificador quase queimou duas vezes ... Para momentos engraçados, incomuns, não sei ... Talvez autografar seios ;-) (talvez não seja realmente incomum ;-) Não, sério, para nós, uma pequena banda de heavy metal, é por exemplo abrir para o Scorpions em frente a 10.000 pessoas, isso foi muito bom !!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vicente - Qual foi aquela banda ou músico que te fez querer trilhar o sempre complicado mundo da música?

Michel – São tantas bandas e músicos que nos dão boas vibrações e nos inspiram… Para mim, Iron Maiden, desde os 14 anos, mas muitos outros, para nós, foram também algumas bandas locais ou amigos músicos que nos deram o desejo e a fé para tocar e ouvir Metal.

Vicente - Por fim, deixe um recado para quem gosta e para quem quer saber muito mais sobre a música do Syr Daria

Michel - Se você gosta da música do Syr Daria, nosso único desejo é compartilhar com você no palco, a comunhão com o público é a coisa mais bonita que existe para um grupo, fazemos música para quem quer ouvir, o que mais você poderia pedir para?! Vá a shows e apoie suas bandas locais em todo o mundo e divirta-se, e se estiver conosco, ainda melhor :-)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.
Mais matérias de Vicente Reckziegel.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS