Matérias Mais Lidas

imagemFilho de Trujillo fez guitarra na "Master of Puppets" que toca em Stranger Things

imagemMetallica em "Stranger Things" deixa fãs preocupados com a "popularização" da banda

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemSummer Breeze Open Air Brasil acontece em abril de 2023 em São Paulo

imagemLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

imagemPink Floyd: Suas 10 músicas mais subvalorizadas, segundo a What Culture

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemMorre aos 43 anos Andrew LaBarre, ex-guitarrista e vocalista da banda Impaled

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal


Airbourne 2022

A definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger

Por André Garcia
Em 25/05/22

O rock n roll surgiu nos anos 50 como uma dança e um ritmo, assim como o twist. Na década seguinte, por outro lado, ele transcendeu a música, se tornando moda, comportamento e uma filosofia de vida. Com o passar das décadas, o conceito de rock foi se transformando ao longo do tempo até que ficou confuso. Como disse os Engenheiros do Hawaii em "O Papa é Pop".

"Toda catedral é populista, é pop
É macumba pra turista
Mas afinal, o que é rock 'n' roll?
Os óculos do John ou o olhar do Paul?"

E quem melhor para responder, afinal, o que é rock 'n' roll do que a banda que melhor o personifica: os Rolling Stones? Mais especificamente Mick Jagger e Keith Richards, que fizeram parte de cada um dos 60 anos de sua história.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Conforme publicado pela Rock and Roll Garage, em entrevista para a Rolling Stone em 1995, Mick Jagger encarou o desafio de definir o que é rock. Do ponto de vista musical, a resposta foi: "[Rock n roll é] essas coisas todas: energia, agressividade, angústia, entusiasmo, e uma certa espontaneidade. É muito emocional. É muito tradicional, tem certas regras que não devem ser quebradas. Há certas regras, certos formatos, que são tradicionalmente baseados no folk e no blues."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando se trata de como o rock deve ser cantado, a maior autoridade do planeta no assunto respondeu que "tem que ser cantado com aquela energia jovial — ou letargia jovial. Porque a juventude também tem seu lado mórbido, letárgico e rebelde. Por isso, tem que ser cantado com um certo tipo de agressividade. Uma languidez ligeiramente feminina, [com] o tédio e a revolta da juventude, porque ambos são inerentes a ela. Para representar essas emoções, aquele formato funciona muito bem."

Para fechar com chave de ouro, ele citou a letra de um clássico dos Rolling Stones: "É como diz a primeira parte da letra de 'It's Only Rock and Roll': 'Se eu pudesse enfiar uma caneta no meu coração, e deixar espirrar por todo o palco… Isso te satisfaria? Isso te passaria batido? Você acharia aquele garoto estranho? Não é ele estranho?'"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira abaixo o clipe de "It's Only Rock and Roll", do álbum de mesmo nome, o último com o guitarrista Mick Taylor:

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Super Bowl: quando as guitarras fizeram touchdown


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.