Matérias Mais Lidas


Mike Portnoy sente-se mal por Mike Mangini, seu substituto no Dream Theater

Por Emanuel Seagal
Postado em 05 de maio de 2022

Mike Portnoy (Liquid Tension Experiment, Sons of Apollo, ex-Dream Theater) participou nesta terça-feira, 3 de maio, do programa "Trunk Nation With Eddie Trunk" da SiriusXM, apresentado por Eddie Trunk, e falou sobre sua experiência de ver seu primeiro show do Dream Theater como espectador, e não mais como integrante do grupo do qual saiu em 2010.

Mike Portnoy - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Estávamos lentamente retomando os relacionamentos ao longo dos anos. Obviamente John Petrucci e eu fizemos alguns álbuns juntos desde então — Toquei em seu último álbum solo, e então ele e eu e Jordan Rudess e Tony Levin nos reunimos para fazer um álbum do Liquid Tension Experiment em 2020. Então, sim, John Petrucci e Jordan andaram muito comigo ao longo dos anos, e nossas famílias também. A primeira vez que toquei com Jordan novamente foi no último Cruise To The Edge em 2019; Jordan e eu tocamos juntos nisso. Então os relacionamentos tem sido muito, muito bons e confortáveis ​​com esses caras, e John Myung mora na minha rua, então eu o via na cidade o tempo todo, e a esposa dele é muito, muito amiga da minha esposa. Então aí estão três dos caras com quem tive um relacionamento muito, muito bom ao longo dos anos, e minha esposa e a do John Myung estavam indo para vê-los no show de Nova York, e eu pensei, tipo, 'Quer saber? Vou também!", disse o músico segundo transcrição do Blabbermouth.Net.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O baterista acrescentou que literalmente sonhou com um show do Dream Theater, e que no sonho era bastante esquisito, o que o deixou nervoso sobre a possibilidade de realmente ver um show da banda. "Eu finalmente fiquei em paz com isso. Fui ao show e foi uma experiência muito legal. Não foi tão estranho quanto eu esperava ou temia que fosse, e no show, James (Labrie) me chamou do palco, e eu não tinha falado com ele, como muitas pessoas sabem, desde que deixei a banda, então pude vê-lo naquela noite depois do show. Eu fui ao camarim dele e, literalmente, em 10 segundos, quaisquer dramas ou bobagem que se acumulou ao longo dos anos, derreteu-se imediatamente. Foi tudo abraços e beijos e 'te amo, cara' e 'sinto sua falta, irmão'. Todas aquelas besteiras dos últimos 11 anos eram águas passadas."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Você não pode passar a maior parte de sua vida com um grupo de caras assim e não ser uma família por toda a vida. Conheci John Petrucci e John Myung quando éramos adolescentes; nos conhecemos na faculdade e nossas famílias cresceram juntas e nossas esposas tocaram em uma banda juntas, e nossos filhos, minha filha e a do John Petrucci, moram juntos no Brooklyn. Então é uma família. Se estou atualmente na banda ou não não importa. Você não pode esquecer a amizade, a família, e a história, e as experiências que compartilhamos por tanto, tanto tempo."

O músico comentou como se sente em relação a Mike Mangini, seu substituto na banda. "Eu sempre fui o tipo de baterista que vive o momento, mesmo com minhas próprias partes de bateria, eu não necessariamente me apego a elas fielmente de show a show, algo que Mike Mangini obviamente realmente estudou elas e eles tinham tudo programado. Eles se importam muito com a precisão, e isso é certamente o lance deles, e sim, ele detonou. Não há dúvida de que ele é um baterista incrível e ele toca minhas partes de forma incrivelmente fiel. Eu me sinto mal por ele. Nós brincamos sobre isso. Ele está em uma situação horrível onde está ferrado se o fizer e ferrado se não o fizer. Ele expressou essa frustração para mim, e eu me solidarizo, pois, é sem dúvidas uma posição estranha para se estar. Eu meio que tive um pouco disso quando toquei com o Avenged Sevenfold e com o Twisted Sister, sentando no trono de dois bateristas que faleceram, e tentei aprender a tocar o mais fielmente que pude. Quando eu tinha um show como contratado como esse, eu prestava muita atenção, tentando honrar o baterista que veio antes de mim, é importante. Eu não quero entrar em um show como qualquer um desses e tentar forçar meu estilo."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mike Portnoy co-fundou o Dream Theater há 37 anos e deixou a banda em setembro de 2010 enquanto estava em turnê com o Avenged Sevenfold.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.
Mais matérias de Emanuel Seagal.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS