RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemIron Maiden anuncia "The Future Past Tour", com foco no "Somewhere in Time" e "Senjutsu"

imagemA música de Paul McCartney que flopou nos Beatles, mas bombou em carreira solo

imagemEngenheiros do Hawaii não era uma banda amiga da galera, diz ex-baterista

imagemAlice Cooper: "O fato de Jim Morrison ter vivido até os 27 foi um milagre!"

imagemA única banda inédita em condições de ser headliner do metal no RIR, segundo Rick Dallal

imagemVídeo de vocalista brasileiro batendo cabeça em "Toxicity" atinge 1 milhão de views

imagemO Sepultura honrou nossos ancestrais bem antes do pessoal da Noruega lembrar dos vikings

imagemAC/DC parabeniza o aniversariante Brian Johnson nas redes da forma mais direta possível

imagemKiko Loureiro diz que sente-se à vontade em discordar de Mustaine

imagemEmpresário detalha malabarismos de contratos que envolveu reunião do Shaman

imagemSlipknot: o nojento porém genial motivo do apelido dos fãs da banda

imagemDream Theater já fala de novo álbum; Mike Portnoy cada vez mais próximo da banda

imagem"Greta Van Fleet é prova de que toda geração tem o Restart que merece", diz Regis Tadeu

imagemO guitarrista que o Pink Floyd queria ao invés de David Gilmour

imagemFloor Jansen explica por que deixou seu cabelo mais curto


Stamp

Roger Taylor diz que o Queen combinou não se meter com músicas sobre políticas

Por André Garcia
Postado em 01 de setembro de 2022

O Queen surgiu no começo dos anos 70, escalando seu caminho até o topo das paradas de sucesso degrau a degrau. Seus shows eram considerados verdadeiros espetáculos, mesmo sem contar com explosões e efeitos especiais, ao contrário de bandas como Kiss. O quarteto britânico usava apenas sua música e o avassalador carisma de seu vocalista Freddie Mercury.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em meados da década 80 o Queen se reinventou como um dos maiores expoentes do stadium rock, lotando estádios ao redor do mundo (inclusive no Brasil). Através de suas letras, muitos temas foram abordados, mas, conforme publicado pela Classic Rock, segundo o baterista Roger Taylor um assunto evitado era política.

Em entrevista de 2021 para a Music Radar, Taylor promovia seu novo disco solo quando disse:

"Acho que a grande diferença entre o Queen e esse álbum é que eu escrevi umas duas músicas que você poderia chamar de 'políticas'. Aquilo não era algo que a gente fazia na banda. Foi uma decisão consciente. Desde o começo — e você não pode esquecer que tinha muitas questões políticas pesadas rolando nos anos 70 —, Freddie disse: 'Olha, eu não quero me envolver com essa coisa toda. Eu quero rodar o mundo tocando músicas que as pessoas possam curtir. Não estou aqui para passar mensagens.' Eu ainda acho que é uma boa forma de enxergar. Não quero ficar muito… pregador."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Mas eu espero que tenha conseguido ficar do lado certo da linha tênue que separa rock e política. Espero nunca ter chegado ao ponto de perder meu tempo no palco tagarelando sobre que há de errado no mundo. Freddie jamais me perdoaria."

Em outubro de 2021, Roger Taylor lançou "Outside", seu sexto álbum solo. Produzido durante a pandemia, entre outras coisas aborda questões relacionadas ao covid-19, como a quarentena e o isolamento social.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

NFL Steve Harris


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Queen: Brian May explica o motivo pelo qual ele não gostava de "Don't Stop Me Now"

O músico que desprezou a Rainha no Live Aid e jamais iria ao funeral da Rainha

Freddie Mercury prateado foi ressuscitado no Domingão do Huck

Para Roger Taylor, Sacha Baron Cohen interpretando Freddie Mercury seria "uma m*rda"

O curioso artista com cachê mais caro já pago pelo Rock in Rio (e não foi o Queen)

Rock in Rio: Guns N' Roses veio ao Brasil em avião que já levou Cirque du Soleil e Queen

Assista as performances com dezenas de convidados ilustres no tributo a Taylor Hawkins

Roger Taylor diz que o Queen combinou não se meter com músicas sobre políticas

Veja o lendário Freddie Mercury se aquecendo antes do último show de sua vida

Queen: Brian May recebe título de Doutor em Ciências pela University of Hull

Brian May diz o que acha que Freddie Mercury teria achado do filme Bohemian Rhapsody

Brian May sobre "The Cosmos Rock": "Tem coisas muito boas, e é subestimado"

Amy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos

Lars Ulrich e Brian Johnson participarão de show tributo a Taylor Hawkins

Se não fosse o Queen, Max Cavalera provavelmente não existiria

Queen: As 10 melhores composições de Brian May, segundo a Classic Rock

Grammy: artistas amados que nunca ganharam um

Freddie Mercury aprendeu com David Coverdale técnica que veio de produtor do Iron Maiden

Power Metal: os dez álbuns essenciais do gênero

Andreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.