RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


B. B. King sobre Stevie Ray Vaughan: "Éramos muito, muito íntimos"

Por André Garcia
Postado em 08 de novembro de 2022

O blues surgiu nas plantações de algodão às margens do Mississippi, no sul dos Estados Unidos, oriundo do lamento dos escravos. Desde então, muitos músicos fizeram história no gênero, mas B. B. King está em outro patamar — não seria nenhum exagero o colocar entre os 10 maiores de todos os tempos.

B. B. King - Mais Novidades

Foto: Facebook Oficial - Universal Music Group
Foto: Facebook Oficial - Universal Music Group
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nascido em 1925 e batizado como Riley B. King, descobriu a música e a guitarra na igreja, mas iniciou sua carreiras nos botecos e estações locais de rádio. Famoso por sua sofisticação e seus vibratos, foi muito influente no elétrico blues da escola de Chicago.

O Rei, como também era chamado, teve uma relação bem próxima com outra lenda do blues, o texano Stevie Ray Vaughan.

"Eu conheci Stevie por meio de seu irmão", disse ele em áudio disponível no YouTube", e quando nos conhecemos de fato, nossa comunicação passou a ser mais como o relacionamento de pai e filho. Nós éramos muito íntimos; muito, muito íntimos. Ele me procurava quando estava com problemas, ligava para mim, a gente conversava... Eu amo aquele cara."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Conforme publicado pela Rock and Roll Garage, em entrevista para o especial de TV A Tribute to Stevie Ray Vaughan, em 1996, B. B. relembrou:

"Quando toco, eu meio que falo, sabe, [com] sílabas. Você diz uma frase aqui, uma frase ali, e então tenho que pensar em alguma coisa para manter a conversa. Mas o [estilo de tocar] dele [Vaughan] não parecia ter nada a ver com isso. Aquilo era fluente, ele fluía tocando. Ele captava algo e era como uma música [dentro da música], aquilo seguia e seguia. Ideias fluíam constante, eu não tenho isso. Não são muitos os que possuem isso, mas Stevie possuía."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quem concorda em gênero, número e grau nesse aspecto em específico é Eric Clapton, que certa vez em entrevista relembrou de quando dividiu o palco com ele:

"Eu me lembro de ficar fascinado pelo fato de que ele jamais parecia perdido, em qualquer sentido. Ele nunca dava um intervalo ou uma pausa para pensar no que ia fazer a seguir, ele apenas fluía. Ele parecia uma antena receptora. Aquilo simplesmente fluía através dele, e não secava."

"Quando eu toco, às vezes eu paro e penso: 'O que eu vou fazer agora? Não quero me repetir, não quero ser pego de alguma forma.' Você meio que trava. Isso acontece com a maioria dos guitarristas, mas eu nunca vi acontecer com ele. Ele era um canalizador."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira abaixo B. B. King e Stevie Ray Vaughan tocando "Texas Flood":

Stevie Ray Vaughan

Após o blues atingir seu auge de popularidade durante os anos 60, na década de 80 foi considerado fora de moda. Até mesmo Eric Clapton havia o abandonado para explorar outras sonoridades. Dessa forma, coube a Steve Ray Vaughan contribuir para manter o gênero vivo e o introduzir a toda uma nova geração.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Nascido em 1954 em Dallas, Texas, onde também foi criado, aos sete anos, começou a tocar guitarra inspirado pelo irmão mais velho Jimmie. Em 1972, ele abandonou a escola para começar a tocar pelos bares locais, e em 1978 formou a banda Double Trouble. Na década de 80, ficou famoso após se apresentar no Montreux Jazz Festival em 1982, no ano seguinte gravando o solo do mega hit "Let's Dance", de David Bowie.

O guitarrista morreu em um acidente de helicóptero no dia 27 de agosto de 1990, tendo lançado apenas cinco álbuns de estúdio. Conhecido por usar truques popularizados por Hendrix, como tocar com os dentes e com a guitarra nas costas, ele chegou a o regravar com "Voodoo Child (Slight Return)" e "Little Wing/Third Stone from the Sun".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



B.B. King, Slash e Ron Wood: A jam em "The Thrill is Gone"

Melhores Álbuns Ano a Ano - Parte 6: 1965

B.B. King: músicos comentam falecimento do lendário bluesman


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.
Mais matérias de André Garcia.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS