RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemApós dez anos, Jason Newsted procura guitarristas para montar um projeto de metal

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemAs queixas que colegas do Paralamas mais fazem sobre Herbert Vianna, segundo o próprio

imagemSlash acha que os rockstars dos 60s e 70s eram mais inteligentes e educados que os dos 80s

imagemO hit da Legião Urbana antiviolência cantado sob perspectiva de jovem da periferia

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagem"A vida é curta", afirma Floor Jansen, vocalista do Nightwish

imagemJohn Lennon queria regravar todas as músicas dos Beatles, segundo produtor George Martin

imagemA bizarra lembrança que Kerry King tem do último show do Slayer

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemA reação de Jairo Guedz quando houve o racha do Sepultura no auge do sucesso

imagemA vingança de Joana Prado (ex-Feiticeira) contra filhos briguentos que envolve RPM


Stamp

O álbum do Nirvana que Dave Grohl confessou não conseguir ouvir

Por André Garcia
Postado em 11 de janeiro de 2023

Todo mundo tem algum álbum que não consegue mais ouvir por ser associado a más recordações de um passado sombrio. Com o passar das décadas de estrada, os músicos também acabam tendo um trabalho ou outro em sua discografia que trazem de volta tempos difíceis.

Foto: Divulgação - Youtube Music
Foto: Divulgação - Youtube Music

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Conforme publicado pela Far Out Magazine, na biografia This Is A Call: The Life and Times of Dave Grohl, de Paul Brannigan, o último baterista do Nirvana disse sentir isso com o disco "In Utero" (1993):

"'Nevermind' e 'In Utero' são dois álbuns totalmente diferentes. 'Nevermind' foi intencional, por mais que possam dizer que foi uma versão forçada do Nirvana. Não foi: fomos lá para fazer aquele disco, ensaiamos horas e horas e horas, dia após dia, para chegar a Nevermind. Mas 'In Utero' foi bem diferente. Não houve nenhum processo laborioso, foi só... 'bleurgh'... apenas saiu, como um expurgo. Foi bem puro e natural. 'In Utero' foi uma resposta direta ao sucesso e o som de 'Nevermind'. Nós seguimos outra direção. Foi, tipo: 'Ah é? Você gostou daquilo? Então aqui está o que estamos fazendo agora!'"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As memórias da gravação fizeram com que Grohl confessasse achar o álbum "duro de ouvir do começo ao fim". "Por ser tão verdadeiro, e por ser uma representação tão precisa da banda na época, traz de volta outras memórias, meio que me dá arrepios. É curioso como eu passo tanto tempo planejando as coisas que estão por vir, não passo muito tempo pensando nas coisas que fiz. Mas o 'In Utero', cara… que viagem!"

Definindo aquele trabalho como "sombrio pra c*ralho", ele acrescentou: "É definitivamente uma representação precisa da época. Ouço uma música ou outra no rádio de vez em quando, e gosto da diferença sonora de ouvir 'All Apologies' e 'Heart-Shaped Box' no meio de um monte de músicas modernas compactadas e cheias de Pro-Tools do rock moderno. Elas se destacam, mas, liricamente e conceitualmente, não são algo que eu goste de revisitar com muita frequência. Talvez, o que eu ame naquele álbum seja o som da urgência, e de nós três tocando em uma sala", concluiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.
Mais matérias de André Garcia.