Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

A emocionante história da épica "The Show Must Go On", do Queen

Por Mateus Ribeiro
Postado em 25 de novembro de 2023

A banda inglesa Queen possui em seu catálogo musical obras atemporais, que se tornaram hinos do Rock. Uma dessas canções é a épica e tocante "The Show Must Go On", que figura entre as músicas mais belas do Queen. Escrita por Brian May e Freddie Mercury, "The Show Must Go On" é uma das faixas de "Innuendo", décimo quarto disco de estúdio do grupo britânico, lançado em fevereiro de 1991.

Queen - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O drama vivido por Freddie Mercury

"The Show Must Go On" foi escrita em um período muito complicado para a banda, sobretudo, para Freddie Mercury. O vocalista, considerado um dos maiores cantores de todos os tempos, estava sofrendo de complicações relacionadas à AIDS. Apesar do quadro desfavorável, Freddie não deixou de trabalhar com seus parceiros de banda.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"As músicas nunca são sobre apenas uma coisa. ‘The Show Must Go On’ era sobre um palhaço que sofria por dentro, mas ainda precisava pintar seu sorriso e deixar todo mundo alegre. É disso que trata a música. Não houve menção ao fato de que isso poderia ser algum tipo de alegoria sobre o próprio Freddie. Mas acho que não foi dito que ambos sabíamos o que estávamos escrevendo. Na verdade, é sobre Freddie", contou o guitarrista Brian May, durante entrevista cedida à Guitar World.

O título que Brian May achou cafona

Em outro ponto da entrevista, Brian May falou sobre o processo de composição de uma de suas obras mais bonitas. Segundo o guitarrista, o título da música (criado por ele mesmo) era brega.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Fiz uma demo, sem nenhuma letra de fato. Depois, toquei-a para Freddie e disse: ‘Tenho um título, ‘The Show Must Go On’, mas talvez seja muito cafona.

Eu disse a ele: 'Você acha que isso vai funcionar? Ele respondeu: ‘Com certeza! Vai dar certo. Por que não vamos atrás disso?. E tive uma tarde fantástica com ele, trabalhando no primeiro verso, procurando a letra e tentando descobrir o que tudo aquilo significava."

Tínhamos letras suficientes para aquele primeiro verso, e Freddie disse: ‘Voltarei assim que puder’. Mas a música se desenvolveu na minha cabeça. Comecei a pensar, bem, talvez ele não volte. E, ao mesmo tempo, não consegui me conter.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por alguma razão, havia uma energia entrando em mim. E eu estava escrevendo algo que sabia que era bom e esperava que ele fosse capaz de cantar eventualmente. Então, mapeei tudo. E esse primeiro verso, eu dividi em dois pedaços, e escrevi os versos em torno do que havíamos feito juntos", disse May.

A letra que foi um presente de Deus

Brian também falou sobre a letra de "The Show Must Go On", que segundo ele, foi um presente divino.

"Escrevi a música inteira em torno daquele pequeno fragmento que Freddie e eu montamos. Acordei uma manhã com a imagem de borboletas na cabeça e pensei que adoraria ouvir Freddie cantar: ‘Minha alma está pintada como as asas de borboletas’ ‘My soul is painted like the wings of butterflies’].

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pensei: este é o Freddie. E ele não iria escrever isso sozinho, porque ele não iria avançar dessa forma, sabe? Mas posso escrever para ele. Eu queria colocar essas palavras em sua boca. E foi um presente de Deus. Eu nem sei de onde vieram essas letras."

A performance arrasadora de Freddie Mercury

A música que é o tema desta nota conta com uma performance sensacional de Freddie Mercury, que mesmo vivendo alguns dos piores dias de sua vida, conseguiu soltar a voz, o que deixou Brian May impressionado.

"Eu apresentei tudo para ele na ocasião seguinte, que ele apareceu no estúdio, e naquela época ele estava sofrendo muito. Ele mal conseguia ficar em pé. Toquei para ele um pouco da demo, comigo cantando, que ficou incrivelmente alto e foi muito difícil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No passado, Freddie sempre gritava comigo, tipo: ‘É muito alto! Você está me fazendo estragar minha linda voz!’. Então, pensei que desta vez ele fosse gritar comigo. Mas ele apenas ouviu e disse: ‘Vou fazer isso. Não se preocupe.’ Então, ele bebeu algumas vodcas, depois se apoiou na mesa e cantou toda aquela música. E foi incrível.

Acho que ele fez três ou quatro tomadas e arrasou totalmente naquele vocal. É como se ele tivesse chegado a um lugar que nunca tinha chegado antes. Lembro-me de dizer a Freddie: ‘Não quero que você se machuque. Você sabe, não se force a fazer isso se não for bom.’ Mas ele disse: ‘Eu farei isso, Brian!’ E ele fez. Foi lindo. Acho que é uma de suas melhores performances de todos os tempos. É incrível", pontuou o guitarrista do Queen.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Freddie Mercury faleceu no mesmo ano que "Innuendo" foi lançado. O cantor e compositor faleceu no dia 24 de novembro de 1991, aos 45 anos. Veja na nota abaixo como a morte de Freddie foi noticiada no Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.
Mais matérias de Mateus Ribeiro.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS