Grim Reaper: Os Top 10 clássicos da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Victor Kataóka, Fonte: H2R
Enviar correções  |  Ver Acessos

Formada em 1979 na Inglaterra por Nick Bowcott, o Grim Reaper se tornou uma das maiores bandas da N.W.O.B.H.M, e também uma das melhores bandas de Heavy Metal dos anos 80.

Slayer: fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela bandaChurch of Satan: "A maioria dos músicos de Black Metal são cristãos"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Entre 83 e 87 o Grim Reaper lançou 3 discos de grande sucesso comercial e de crítica, e se o legado foi curto (26 músicas), o impacto foi tremendo, sendo esses discos considerados referência quando falamos de Heavy Metal Tradicional.

A seguir, o H2R aproveita mais uma passagem do vocalista Steve Grimmett pelo o Brasil e apresenta o TOP 10 dos ícones da New Wave!

10ª - Rock and Roll Tonight (Fear No Evil)

Com um início devastador, "Rock and Roll Tonight" abre esse TOP 10 com muito estilo. A faixa começa quebrando geral e vai mostrando uma bela melodia, com um pé no Rock & Roll.

Se colocarmos em perspectiva, a letra é curta e simples, mas soa irônica analisando os tempos atuais onde pessoas não tiram o olho da tela do celular em shows de rock. Observe e tire suas próprias conclusões: "Vamos lá, dê uma mãozinha para a banda, se levante e venha mexer sua cabeça na frente do palco e bater palmas"...

Grande refrão, vocais e instrumental.

09ª - Final Scream (Fear No Evil)

A cômica introdução de "Final Scream" é uma das mais emblemáticas dos anos 80 (inclusive ela foi "homenageada" no EP da banda Dying Fetus chamado "Grotesque Impalement", onde o nome Michael foi substituído por Davey).

Uma das mais populares entre os fãs, o grande lance dessa música é a bela melodia, contrastando com a letra sombria.

Nick Bowcott / Steve Grimmett estavam em grande sintonia, e essa música é mais uma prova disso.

08ª - When Heaven Comes Down (Rock You To Hell)

"When Heaven Comes Down" tem guitarras fantásticas, Nick Bowcott não deixou pedra sobre pedra. "Rock You To Hell" teve a melhor produção dos 3 discos, e essa música é a representação máxima do som que eles conseguiram captar nos estúdios. A letra também é fulminante, em um misto de vingança e superação pessoal.

07ª - Rock You To Hell (Rock You To Hell)

Uma das preferidas e mais conhecidas, "Rock You To Hell" tem uma das melhores letras da banda, falando sobre a corrupção no mundo corporativo e o seu impacto na música. Nunca se deixe enganar por um refrão...E que refrão, um dos mais fortes da banda! A bateria de Mark Simon encontrou o equilíbrio e peso que o som da bateria nos outros discos não tiveram.

Os riffs/solo também são excelentes, e a parte que todo mundo pira, com certeza é nos 2:30, começando em "Is this the beginning"...E depois é êxtase puro!

06ª - See You in Hell (See You in Hell)

A música mais importante da banda, que abriu todos os caminhos em um clipe passado a exaustão na MTV, "See You in Hell" tem um dos refrãos mais marcantes e é outra aula de Grimmet. Incrível o quão envolventes são os seus vocais.

Nick Bowcott também é um show a parte, e sua guitarra confere "cores" a essa crua música de Heavy Tradicional.

A letra fala sobre a tentação de Cristo, quando o demônio estava o tentando. Ninguém na banda tinha algum envolvimento com ocultismo no fim das contas.

05ª - Fear No Evil (Fear No Evil)

"Fear No Evil" segue a linha de "See You in Hell". Refrões grudentos, ótimas guitarras e vocais.

Curto muito a bateria dessa música, que junto ao baixo fazem dela uma das melhores cozinhas na discografia da banda. Mesmo em segundo plano, o baixo faz um papel chave nesse e em outros clássicos do Grim Reaper.

04ª - The Show Must Go On (See You in Hell)

O vocalista original Paul DeMarco divide os créditos da composição de "The Show Must Go On" com Bowcott, nessa que é a única balada do Grim Reaper. O que mais se via nos anos 80 eram bandas de Hard/Heavy escrevendo letras rasas sobre amor/coração partido, porém, não foi o caso dessa composição, muito pelo contrário.

Talvez o maior erro do Grim Reaper tenha sido não investir mais em baladas, visto o grande potencial da voz de Stevie Grimmet, além de que a bela "The Show Must Go On" não teve a atenção que merecia, uma pena realmente.

03ª - Wrath of the Ripper (See You in Hell)

Apesar de mais uma letra sombria, abordando justamente a "mascote" da banda, "Wrath of the Ripper" tem uma melodia muito bonita, e por isso ela ficou com o bronze. Um dos melhores vocais de Grimmet...Gostaria muito de ver essa música em uma versão acústica, pois apesar do andamento rápido, ela tem uma alma de balada indissociável.

02ª - Dead on Arrival (See You in Hell)

A segunda melhor atuação de Grimmet, "Dead on Arrival" já começa puxando a carga de emoção. Lindos vocais, solo e andamento, mas sem perder o peso. Nem todas as bandas de Metal conseguem encontrar o equilíbrio entre peso e melodia, e "Dead on Arrival" é uma aula nesse aspecto. Grimmet pega uma letra que tem uma carga negativa e imprimi no seu canto o sentimento certo, sensacional.

01ª - I Want More (Rock You To Hell)

A obra prima do Grim Reaper, "I Want More" reúne tudo de bom na discografia da banda. O som polido do "Rock You To Hell", o peso na medida certa, refrãos grudentos, os ótimos riffs de Bowcott...A letra segue a linha de "The Show Must Go On", e o grande destaque, sem sombra de dúvidas é a atuação de Grimmet, com um feeling soberbo.

Emocionante do começo ao fim, e fechamos o TOP 10 do Grim Reaper com chave de ouro!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Maiores e MelhoresTodas as matérias sobre "Grim Reaper"


Heavy Metal: Alguns discos que são obras-primas pouco lembradasHeavy Metal
Alguns discos que são obras-primas pouco lembradas

Steve Grimmett: divulgada primeira foto após a amputação da pernaSteve Grimmett
Divulgada primeira foto após a amputação da perna


Slayer: fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela bandaSlayer
Fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela banda

Church of Satan: A maioria dos músicos de Black Metal são cristãosChurch of Satan
"A maioria dos músicos de Black Metal são cristãos"


Sobre Victor Kataóka

Kataóka representa aqueles que prezam por nomes como Saxon, Accept, Manowar, Judas, Virgin Steele, Alice Cooper, Queensryche, Warlock, Savatage, Budgie, Dio e etc. Trajando o manto do Fortaleza EC, conseguiu ver com muito sacrifício quase todas as suas bandas favoritas ao vivo, e acredita que acima do AC/DC, somente os Beatles. Com o H2R, resenha Heavy Tradicional, Hard Rock, e o seu vício: N.W.O.B.H.M, o que não o impede de prezar demais por rock progressivo e psicodélico. Apesar de ser de 88, dentre 500GB de mp3 em um HD de valor inestimável, 95% do conteúdo vem dos anos 60,70 e 80. Não resenha Melodic, industrial, extremo, sinfônico, Power, New, Grunge e vários outros etc...

Mais informações sobre Victor Kataóka

Mais matérias de Victor Kataóka no Whiplash.Net.

Goo336x280