Covers: blog elege os melhores da MPB em versão Rock

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcelo Araújo, Fonte: Ogro do Metal
Enviar correções  |  Ver Acessos

Por William Amaral

A MPB é muito criticada por uma boa parcela de fãs de rock. Mas e quando aquela música que você gostou daquele grupo de rock é originalmente uma canção composta por algum membro da Música Popular Brasileira? Aí, resta a rendição e reconhecer, ao menos, que a letra é interessante e tem a atitude Rock n' Roll. Por isso, o blog "Ogro do Metal" fez um TOP 10 de versões rock de músicas consagradas na MPB. Confira:

10 - (Roda Viva - Átila.K.W.): Originalmente lançada em 1967 por Chico Buarque, a música ficou marcada pelo protesto contra a ditadura militar, instalada em 1964. O ainda desconhecido Átila.K.W. assinou uma versão muito interessante, que segue abaixo:

9 - (Podres Poderes - Capital Inicial): Lançada em 1984 por Caetano Veloso, a canção questiona o povo latino por sua resignação com a situação política de cada país. Em 1996, o Capital Inicial, sem Dinho Ouro Preto no comando, regravou Caetano na voz de Murilo Lima, então substituto de Dinho.

Marilyn Manson: 7 coisas que você não sabia sobre eleEurope: toco de Lemmy, pito de Freddie, mijada com Axl Rose

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

8 - (Hino de Duran - Golpe de Estado): Apresentada em 1978, a composição de Chico Buarque relata a repressão cultural dos tempos de ditadura militar. Em 1994, a banda Golpe de Estado regravou a canção e ainda adicionou alguns versos ao fim da música original. O resultado foi esse:

7 - (Não Vou Ficar - Pitty): A composição de Tim Maia, que ficou famosa na voz de Roberto Carlos em 1969, ganhou uma versão da Pitty, em um episódio especial do programa Altas Horas. Ficou assim:

6 - (É Preciso Saber Viver - Titãs): Composta pelos camaradas Roberto e Erasmo Carlos, a música ganhou forma com a dupla Os Vips, que a lançaram em 1968. Trinta anos depois, os Titãs fizeram uma regravação que fez muito sucesso no país inteiro.

5 - (Deus Lhe Pague - O Rappa): Marcelo Falcão e seus companheiros conseguiram personalizar bem a canção lançada por Chico Buarque em 1971. A letra ataca a dura realidade brasileira. Ateu, o autor da canção é irônico ao repetir "Deus Lhe Pague".

4 - (O Portão - Titãs): Composta por Roberto e Erasmo Carlos, a canção foi lançada em 1974 por Roberto e voltou a ser gravada em 2005 pela banda paulista. Segue a versão:

3 - (Além do Horizonte - Jota Quest): Lançada em 1975 por Roberto Carlos, a canção é mais uma proveniente da parceria com Erasmo Carlos. Trinta anos depois, o Jota Quest a regravou e fez um grande sucesso.

2 - (Vem Quente que Eu Estou Fervendo - Barão Vermelho): Composta por Eduardo Araújo e Carlos Imperial, a canção ganhou forma na voz de Erasmo Carlos em 1967. Em 1996, foi a vez do Barão Vermelho interpretá-la. O sucesso foi grande.

1 - (Vapor Barato - O Rappa): Composta por Waly Salomão e Jards Macalé, a canção ficou famosa na voz de Gal Costa em 1971. Vinte e cinco anos depois, a banda carioca O Rappa a regravou e o sucesso foi maior do que a versão original.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Maiores e MelhoresTodas as matérias sobre "Pitty"Todas as matérias sobre "Barao Vermelho"Todas as matérias sobre "Titãs"Todas as matérias sobre "Jota Quest"Todas as matérias sobre "Capital Inicial"


Prostitutas: As mais famosas e devassas do cenário Rock - Parte 1Prostitutas
As mais famosas e devassas do cenário Rock - Parte 1

Veraneio Vascaína: Uma ácida crítica à polícia brasileiraVeraneio Vascaína
Uma ácida crítica à polícia brasileira


Marilyn Manson: 7 coisas que você não sabia sobre eleMarilyn Manson
7 coisas que você não sabia sobre ele

Europe: toco de Lemmy, pito de Freddie, mijada com Axl RoseEurope
Toco de Lemmy, pito de Freddie, mijada com Axl Rose


Sobre Marcelo Araújo

Carioca da gema e fanático por música de qualidade, aprendeu a gostar de Rock aos 10 anos de idade por causa de bandas como Scorpions, Led Zeppelin e Guns N' Roses. A maior decepção foi ver uma de suas bandas preferidas, o Bon Jovi, mudar completamente de estilo e se tornar uma coisa bem chatinha de uns tempos pra cá, algo classificado como uma mistura de Sertanejo Universitário com Pop. Das bandas mais recentes, curte bastante Alter Bridge e Unisonic. Adora tudo relacionado com as curiosidades por trás das canções, álbuns e bandas, sempre escrevendo matérias a respeito desses fatos no blog Ogro do Metal.

Mais matérias de Marcelo Araújo no Whiplash.Net.

Goo336x280