RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


About Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 2013

Por Diego Camara
Fonte: About Heavy Metal
Postado em 03 de janeiro de 2014

E como em todos os anos, Chad Bowar, do About Heavy Metal, não podia deixar de fora a sua lista com os 10 melhores álbuns lançados em 2013. Seguem abaixo as escolhas dele:

Melhores e Maiores - Mais Listas

1. CARCASS - "Surgical Steel"

O "Surgical Steel" não é nada distante de um triunfo absoluto, e irá permanecer como um dos melhores álbuns já gravados na música agressiva. Ele se localiza em algum lugar entre o "Heartwork" e o "Necroticism: Descanting the Insalubrious" em termos de som e agressividade, e uma bateria estilo artilharia, tempo marcial e uma segunda voz imunda e rosnante. A sofisticação na estrutura das músicas está toda lá, no entanto, é polida e decadente em sua riqueza. Há espaço o bastante para o CARCASS se mover e construir algo, narrativamente e emocionalmente, em cada parte, enquanto continua detonando com intensidade e agressão, como o ar depois de uma tempestade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

As letras de Jeff Walker, que se mantém bastante sobre a imagem cruel da Revolução Industrial e seus impactos na Grã Bretanha, são entregues com uma perspicácia e confiança sanguinárias. Ele e Bill Steer comandaram a banda habilmente pelas águas difíceis deste renascimento, permitindo ao CARCASS soar como eles mesmos, identidade totalmente intacta, apenas mais rica e profunda.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

2. GORGUTS - "Colored Sands"

"Colored Sands" e o primeiro álbum do GORGUTS em 12 anos. Luc Lemay se cercou de uma line-up de músicos formada por Kevin Hufnagel do DYSRHYTHMIA nas guitarras, Colin Marston do KRELLICE no baixo e John Longstreth do ORIGIN (entre outros) na bateria. Nada mais a dizer, com este pedigree de músicos por trás, não se poderia esperar nada menor do que espetacular.

E é exatamente o que você tem com este álbum. Mas, uma palavra de cautela: "Colored Sands" não é um disco totalmente death metal, e em alguns passos está distante de ambos "Obscura" e "From Wisdom to Hate". Ele irá desafiar quem ouve, como Lemay sem dúvidas sente que seu público maduro pode aguentar material complicado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

3. INQUISITION - "Obscure Verses For The Multiverse"

Dagon realmente é primeira classe, talvez o melhor escritor de riffs desde James Hetfield e Jeff Hanneman. O seu estilo é característico, a marca de não apenas um bom compositor, mas de um músico único. Há um fluxo e refluxo nos seus riffs, um estilo que parece deslizar das cordas, ao mesmo tempo melódico, cativante e pontuado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

INQUISITION construiu magistralmente outro álbum bem trabalhado com "Obscure Verses For the Multiverse", que é mais do que um digno sucessor para "Ominous Doctrines of the Perpetual Mystical Macrocosm" e um forte candidato ao álbum do ano.

4. DARKTHRONE - "The Underground Resistance"

No "The Underground Resistance", o punk rock pega o banco do passageiro, com o NWOBHM, o proto-metal e o power metal europeu e americano batalhando pelo controle do manche. Assim que arranca a primeira faixa "Dead Early", é claro que o DARKTHRONE retornou com uma vingança de aço.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 5

Este álbum é exatamente o tipo de álbum que você pode apontar aos não fãs do metal e explicar porque nós amamos este gênero. Ele fortalece o legado já considerável do DARKTHRONE, e seu contínuo desafio em satisfazer a visão artística deles enquanto ignoram todas as pressões externas reforçando o apelo barulhento do álbum.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 6

5. THE OCEAN - "Pelagial"

Conceitualmente construindo um disco sobre os diferentes nívels do oceano não apenas levou os alemães do THE OCEAN a gravar o seu melhor disco, mas também a lançar o que é certamente um dos melhores lançamentos de 2013. "Pelagial", o quinto álbum da banda, é uma coleção fantástica de ideias e emoções conceitualmente baseadas no filme "Stalker" de Andrey Tarkovsky.

O que começa com uma introdução centrada no piano, gradualmente se transforma num movimento coeso - magistralmente entre extremos - levando aquele que ouve em uma jornada que forma o suporte para qualquer grande disco, incluindo este.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

6. BATILLUS - "Concrete Sustain"

"Concrete Sustain" é um álbum poderoso e intenso de doom com um toque de industrial que o faz estar fora das hordas das bandas de doom que se baseiam cegamente em álbuns com um único tom. Enquanto o BATILLUS utiliza a força destrutiva dos riffs sônicos e monumentais para capturar quem ouve com uma densa reverberação, as camadas adicionais constroem uma nuance intangível que faz deste álbum uma experiência emocional profunda.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |

Ele filtra as passagens afiadas do terreno urbano através de um sincero e cheio de significado doom industrial, cimentando o BATILLUS no topo da pilha. Ponha sua melhor carranca e se prepare para sustentar e dominar.

7. VHOL - "Vhol"

Em sua essência, o "Vhol" é predominantemente um álbum de black metal, mas não é tão cruel assim. Uma infusão da atitude do punk rock leva este para uma posição diferente. A ascensão e queda dos tremolos se junta pela frouxidão e o total abandono que vem do punk old school. O espírito rebelde do black metal e do punk são o sangue deste álbum, bombeando sua energia do início até o fim glorioso. A maioria das músicas traz seu próprio sentimento entre os dois gêneros, enquanto integram um ao outro, como também integram o rock clássico e o thrash.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Esta banda é a mais satisfatória aglutinação de quatro indiscutíveis talentos em uma entidade que se sente despojada de seu nível primal, mas ainda é mais expansiva do que aparenta. A cerveja artesanal pode azedar a medida que envelhece após um certo ponto, mas este não é o caso com o VHOL. Ele é mais como vinho, ficando melhor conforme o tempo passa, cada vez seu gosto ultrapassando o último gole. Apenas podemos esperar que esta não seja uma edição limitada e o VHOL esteja apenas começando.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

8. CULT OF LUNA - "Vertikal"

O CULT OF LUNA tem consistentemente entregue música abrasiva e excitante em uma base regular, ao ponto de que a grandiosidade continuada da banda seja sempre esperada. "Vertikal", porém, arranha e vibra com nova vida e apresenta uma progressão notável das texturas, da luz ao ambiente etéreo em momentos de crescendos esmagadores.

"Vertikal" é um álbum desafiante e extraordinário, completo e doloroso. Como uma grande cidade que é também uma máquina, há momentos de grande beleza, maravilha técnica e um profundo poço escancarado de custos e perdas. CULT OF LUNA criou uma máquina de maravilha musical.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

9. DEAFHEAVEN - "Sunbather"

O DEAFHEAVEN é um dos novos expoentes do Black Metal, sendo pioneiro de um caminho longe do marasmo do gênero. "Sunbather", o sucessor do incandescente álbum "Roads to Judah" de 2011, leva o black metal a lugarez inimagináveis. As brasas de seu som abrasivo são mineradas das cavernas escuras do turbilhão do shoegaze, EMPEROR e ALCEST. Através do desespero esfumaçado, as guitarras exuberantes e cheiras de paixão e os vocais do metal extremo gritam nas fornalhas da melodia e da insanidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A emoção do "Sunbather" é como uma chuva de lâminas de barbear. George Clarke canta como se cada uma das lâmicas deslizasse sobre feridas infectadas de suas almas. O DEAFHEAVEN habilmente alterna entre uma tempestade de guitarras revoltosas e trechos de vozes angustiantes.

10. CLUTCH - "Earth Rocker"

Nos últimos lançamentos, o CLUTCH pegou a estrada empoeirada ao Delta e se uniu às suas origens do Blues e do Rock. Mas enquanto o Blues estava enraizado em cada caixa de música assim como os vocais característicos de Fallon, o "Earth Rocker" tem mais em comum com o imparável deslizamento de terra do rock and roll que era parte do "Blast Tyrant" de 2004. E como neste disco, há uma chama perfeita que ilumina cada um dos poderosos músicos do CLUTCH e por causa do surto de energia, o ritmo geral de "Earth Rocker" é elétrico.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Definitivamente deve haver alta octanagem nas águas de Maryland, como há claramente algo mais do que pura furia do rock alimentando estes cães da estrada no estágio de suas vidas. Vamos ser gratos por o que quer que seja que esteja levando esta banda para frente, porque é certo que fez do "Earth Rocker" dar um coice mais forte do que uma mula com esteroides e, consequentemente, fez do CLUTCH a melhor banda de rock and roll por estas bandas.

Outros álbuns citados por Chad Bowar, em ordem:

11. BLACK SABBATH - "13"
12. WINDHAND - "Soma"
13. IN SOLITUDE - "Sister"
14. NAILS - "Abandon All Life"
15. ORANSSI PAZUZU – "Velonielu"
16. IMMOLATION - "Kingdom Of Conspiracy"
17. NOISEM - "Agony Defined"
18. SKELETONWITCH - "Serpents Unleashed"
19. JUCIFER - "There Is No Land Beyond The Volga"
20. THE DILLINGER ESCAPE PLAN - "One Of Us Is The Killer"

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |

Os melhores do Rock e Metal em 2013

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Melhores álbuns de 2013: as escolhas da Decibel Magazine

Melhores de 2013: as escolhas de alguns músicos brasileiros


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.
Mais matérias de Diego Camara.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS