John Lennon: livro retrata a polêmica entrevista à Rolling Stone

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Genilson Alves
Enviar correções  |  Ver Acessos


Em dezembro de 1970, John Lennon concedeu uma longa entrevista a Jann Wenner, editor da Rolling Stone. Em pauta, o lançamento do álbum "John Lennon/Plastic Ono Band", primeiro trabalho do ex-beatle após a separação oficial da banda. Porém, outros temas viriam à tona, e o resultado é hoje um documento histórico.

Beatles: morre aos 82 anos Robert Freeman, fotógrafo da bandaNinguém é perfeito: os filhos "bastardos" de pais famosos

Originalmente, o depoimento foi publicado na revista em duas partes, em janeiro e fevereiro de 1971, depois lançado em livro no mesmo ano. No vigésimo aniversário da morte de Lennon - completado em 2000 - a versão em livro ganhou uma nova edição, desta vez trazendo a íntegra dos diálogos registrados por Wenner.

Publicado no Brasil pela editora Conrad, "Lembranças de Lennon" é o retrato de um artista em busca de afirmação, que a todo custo luta para desmistificar a aura criada em torno de seu antigo conjunto - era a primeira vez que se pronunciava sobre o fim dos Beatles. Com sua habitual franqueza e senso de humor incomum, Lennon também discorre sobre a cena musical da época, drogas, política e seu relacionamento com Yoko Ono.

A despeito da proposta inicial do encontro, o tema central da conversa acaba sendo mesmo os anos em que o entrevistado tocou com Paul, Ringo e George. Ora saudosista, porém tomado pelo rancor na maior parte do tempo, Lennon descreve o processo de criação de alguns clássicos dos Beatles, revela os bastidores das excursões ("As turnês eram como o [filme de Federico Fellini] Satyricon") e dá sua versão sobre as desavenças acerca dos negócios da banda.

Vale lembrar que Yoko - autora do prefácio desta edição - também participou da entrevista e, pela primeira vez, suas falas - que se resumem a risos e uma ou outra observação ou correção sobre datas e fatos - foram reproduzidas. No entanto, a simples presença e essas pequenas intervenções da viúva de Lennon mostram o quanto o músico era influenciado por ela, e por mais que a separação dos Beatles fosse um processo de longa data e sua consumação inevitável, é fato que Yoko ajudou a acelerar essa ruptura.

Para quem quiser ouvir o depoimento de Lennon a Wenner, o jornalista disponibilizou em seu site o áudio da entrevista:

http://www.jannswenner.com/archives/john_lennon_part1.aspx
http://www.jannswenner.com/archives/john_lennon_part2.aspx




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de LivrosTodas as matérias sobre "John Lennon"Todas as matérias sobre "Beatles"


Beatles: morre aos 82 anos Robert Freeman, fotógrafo da bandaBeatles
Morre aos 82 anos Robert Freeman, fotógrafo da banda

Taylor Hawkins: Tudo o que veio depois dos Beatles é uma cópia muito boaTaylor Hawkins
"Tudo o que veio depois dos Beatles é uma cópia muito boa"

Sucesso: gráfico em vídeo mostra artistas mais vendidos de 1969 a 2019Resenha - Abbey Road - Beatles

Foo Fighters: Taylor Hawkins cita os discos favoritos de quando era criançaFoo Fighters
Taylor Hawkins cita os discos favoritos de quando era criança

Foo Fighters: Dave Grohl revela canção em homenagem a George HarrisonFoo Fighters
Dave Grohl revela canção em homenagem a George Harrison

Grandes covers: dez versões para "All My Loving", dos Beatles

Ringo Starr: eterno baterista dos Beatles lança o álbum What's My Name; ouçaRingo Starr
Eterno baterista dos Beatles lança o álbum What's My Name; ouça

Regis Tadeu: coisas que você não sabia sobre o "Sgt. Peppers" dos Beatles

Dave Grohl: qual riff dos Beatles é mais pesado do que Black Sabbath?Dave Grohl
Qual riff dos Beatles é mais "pesado" do que Black Sabbath?

Megadeth: A Tout Le Monde foi inspirada nos BeatlesMegadeth
"A Tout Le Monde" foi inspirada nos Beatles

Alice Cooper: não fosse por McCartney, Lennon tocaria em pubs para sempreAlice Cooper
"não fosse por McCartney, Lennon tocaria em pubs para sempre"


Ninguém é perfeito: os filhos bastardos de pais famososNinguém é perfeito
Os filhos "bastardos" de pais famosos

Slayer: quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanistaSlayer
Quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanista


Sobre Genilson Alves

Genilson Alves é jornalista e autor do blog Radio Sehnsucht.

Mais matérias de Genilson Alves no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336