Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemTommy Lee postou uma foto com o "Dr. Feelgood" de fora

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemLemmy, Filho e Espírito Santo: Gary Holt tem certeza que ele era três ao mesmo tempo

imagemRock in Rio libera ingressos extras e novamente dia do metal é único que não esgota

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemSe não fosse o Queen, Max Cavalera provavelmente não existiria

imagemLutador Wanderlei Silva curte noite curitibana com Angra e Sons of Apollo

imagemNergal diz que vocalista do Arch Enemy é mais corajosa do que muito metaleiro homem


Stamp

Finally Doomsday: um cara sem ego, exceção entre bandas gringas

Por Renato Sanson
Fonte: Heavy And Hell Press
Em 08/10/14

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Prestes a abrir o show do TOXIC HOLOCAUST em São Leopoldo/RS, conversamos com o baterista do tanque de guerra FINALLY DOOMSDAY. Para quem não conhece Márcio Jameson é o idealizador do FD, além de já ter tocado com Bestial e Hateworks e ser proprietário de uma das lojas mais conceituadas do Rock/Metal no Rio Grande do Sul, a Aplace Artigos de Rock.

Nesse papo intimista Márcio fala das influencias da banda, planos futuros e o que podemos esperar do show ao lado do TOXIC HOLOCAUST.

Confira agora mesmo:

O Finally Doomsday é formado por grandes nomes do Metal (Sebastian Carsin (Ossuary) e Flávio Soares (Leviaethan)) e com influencias distintas. Como surgiu este projeto?

Márcio Jameson: Acho que o projeto nasceu por minha vontade e do Seba Carsin (Ossuary) de mesmo sem tempo, continuar a fazer o que sempre fizemos em nossas vidas, música extrema underground, como já tocamos em bandas anteriormente que faziam turnês, tinham uma agenda cheia, e todas as preocupações que são típicas de uma banda, queríamos algo despretensioso e sem compromisso, só fazer música pelo prazer de fazer música, nada de estratégias de dominação hehehe! Assim funciona o FD, inclusive no som, começamos a compor e as duas primeiras músicas saiu isso aí, um Death Metal Hardcore, ou sei lá o que, a gente só faz o som, não temos rótulo, a maioria chamou de Death/Grind, por mim... Pode ter Doom no meio, Grind, o espírito é fazer o som e tocar pouco, no intervalo de nossos trampos com o estúdio Hurricane, a loja Aplace e nossas famílias, que toma a maior parte de nosso tempo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Logo quando foi formada em 2010 automaticamente já foi lançada a primeira demo "Post Nuclear Armageddon", como foi o processo de gravação da mesma, o saldo final foi satisfatório? E teremos algum material novo da FD em breve?

Márcio Jameson: A produção ficou por conta do Sebastian no Hurricane, fizemos tudo como deve ser com amplis tinindo, batera valendo, só optamos por descartar qualquer perfeccionismo, gravamos a moda old school, sem metrônomo, tudo valendo, takes quase de primeira, mixagem em um dia, preferimos deixar um som bem apocalíptico, acho que os timbres passam isso, e ouvindo com um mínimo de atenção, percebesse o clima de ao vivo, percebesse até alguma ou outra imperfeição, mas tudo foi feito de forma muito honesta. Mesmo assim sempre aparece um filho da puta pra perguntar se a caixa foi acelerada no computador. O plano é gravar um disco inteiro, talvez saia logo, talvez não saia nunca! Hehehe, vai saber...

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Em outubro vocês farão a abertura do show dos americanos do Toxic Holocaust. Qual a expectativa de tocarem com um dos grandes nomes do estilo atualmente?

Márcio Jameson: Tocar com esses caras vai ser bem legal, porque tanto o nosso estilo quanto o deles, é bem na vibe "united forces" como diria o S.O.D. Mais os thrashers do Decimator, vai ser um tal de punks, headbangers... Acho que vai ser bom, além do mais é sabido que o Joãozinho Grind é um cara sem ego, meio que uma exceção entre as bandas gringas, a maioria a gente não deve mostrar muito os dentes, mas o TH eu sei que são diferentes.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

E como surgiu o convite para tal oportunidade?

Márcio Jameson: O convite acho que foi meio por acaso, como a Aplace iria vender ingressos, e o Finally Doomsday faz pouquíssimos shows, o Leonardo comentou que seria legal, aí como já disse antes, achamos legal as bandas terem algumas similaridades, e aceitamos com muito gosto.

O cenário nacional vem sendo consumido por shows gringos e muitas bandas locais não recebem a oportunidade de abrirem os eventos. Porém essa união da MAKBO Produções e Storm Festival está mudando o rumo das coisas, pois seus eventos sempre contam com bandas locais, valorizando de fato o que é do Brasil. O que vocês pensam a respeito?

Márcio Jameson: Cara, como já estamos há tantos anos nesse querido underground, nem esperamos mais boa coisa, mas no caso deles, eu trampei lá no show do Deicide e fiquei bem impressionado, organização, equipamentos, tratamento das bandas locais, tem muita gente por aí que deveria aprender com eles.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O que podemos esperar da FD no show ao lado do Toxic Holocaust?

Márcio Jameson: Podem esperar a detonação de um show nível colete de patches, cintos de bala! A gente demora a ligar o tanque, mas quando liga é pra meter ele na guerra!

Para finalizar contem-nos quais são as principais influencias da banda e quais os planos para 2015.

Márcio Jameson: Nossas influências acho que é tudo que vemos acontecendo nesse mundo de merda junto com tudo que ouvimos desde o final dos anos oitenta, miséria, devastação do meio ambiente, degradação da raça humana, intolerâncias, corrupção, violência, só coisinha boa junto com Napalm Death, Terrorizer, Bolt Thrower, GBH, Venom, Motörhead, Death, DRI, Suffocation, RDP, Nasum, Exploited, Carcass, e todo tipo de Thrash, HC, Death Metal, Punk, se ficar citando influência vamos até amanhã. Em 2015 faço promessa de político que teremos um disco completo lançado! Valeu a força de todos, e fico ao som do Defecation!!!

https://www.facebook.com/pages/Finally-Doomsday/179583072111999?fref=ts

http://www.myspace.com/finallydoomsday

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Kurt Cobain e a banda brasileira que mexeu com ele: "eles foram muito revolucionários"

O trocadilho picante que Ney fazia em "Pro Dia Nascer Feliz" que Cazuza gargalhava


Sobre Renato Sanson

Renato Sanson é gaúcho, dono do blog Heavy And Hell, redator e editor do site Road to Metal, fãnatico por Iron Maiden e também fãnatico por Thrash Metal, dentre suas atividades já foi colaborador do site Arena Heavy e vem somando em seu currículo diversas entrevistas internacionais e nacionais e com um objetivo trassado, unir o Metal nacional e mostrar a todos que temos a melhor cena do mundo. Siga Renato Sanson no Twitter: @RenatoSanson e conheça seus dois veículos de comunicação: Heavy And Hell / Road to Metal.

Mais matérias de Renato Sanson.