Helloween: Na expectativa pelo show no Rock in Rio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vicente Reckziegel, Fonte: Witheverytearadream
Enviar correções  |  Comentários  | 

Helloween é uma banda alemã formada na década de 80 que... Espere aí, por que estou perdendo tempo apresentando algo que praticamente todo mundo já conhece (ao menos no universo rocker)? Importante é dizer que eles estarão agora em Setembro apresentando-se no Rock in Rio, em um show antológico com participação do mestre Kai Hansen. Para falar sobre essa nova vinda ao Brasil, sobre o atual momento da banda e o novo disco “Straight Out of Hell”, conversei com o baterista Dani Löble, que de forma bem humorada fala sobre tudo isso e muito mais. Confiram...

445 acessosBob's no Rock in Rio: Supla em campanha e no canal de Felipe Neto5000 acessosMomentos bizarros: histórias de Ozzy, Stones, Who e outros


Vicente - Vocês estarão tocando novamente no Brasil em Setembro. Qual é a sua melhor lembrança dos shows realizados anteriormente aqui?

Dani Löble - Tropeçando pela estrada da memória, há um show especial que vem à mente, que foi quando gravamos o show em São Paulo para o DVD ao vivo "Live On Three Continents". Foi realmente incrível, o público nos deu tanto em troca durante esse show, foi um show que eu não havia tido antes!

Vicente - Vocês finalmente irão tocar no Rock in Rio. O que você espera desse grande evento e que os fãs podem esperar do Helloween?

Dani Löble - O que eu espero? Hum, como sempre: Diversão! Essa é a principal razão pela qual eu faço isso, essa é a razão de eu tocar bateria: paixão, dedicação e diversão! Porque eu amo o que faço e espero que os fãs amem tanto quanto nós. Eles estão indo para assistir um show completo e apaixonante do Helloween, isso é certo. Claro, isso depende um pouco dos fãs também, para ver qual a direção que a apresentação toma - eles têm que estar animados para fazer deste um show especial.

Vicente - Para você, quais são as músicas que nunca podem ser deixadas de fora do set list do Helloween? Quais são as novas músicas que certamente serão incluídas para este show?

Dani Löble - Isso significa que você ainda não conferiu a internet, certo? Porque tudo o que a banda faz hoje em dia é imediatamente transmitido na web. Horrível, eu odeio esse tipo de fanatismo na música. Isso não é legal. Mas, muita gente precisa disso para atender seus desejos psicológicos. OK, isso é muito melhor do que sair correndo e atirando em pessoas até a morte!

Ok, o set list - deixe-me ver. Clássicos, como Helloween, Dr.Stein, I Want Out... E assim por diante, você não pode, e não vai, deixá-los fora de um show.

Novas músicas são sempre difíceis de lidar. Você nunca sabe como as novas músicas se encaixam em um show do Helloween, como elas funcionam, que tipo de sentimento trará aos fãs. Ele pode ser bastante diferente do que eles sentem no disco! Devo acrescentar que ainda é uma coisa muito pessoal, se uma música é boa ou não.

Nesta turnê estamos tocando bastante material do novo disco "Straight Out Of Hell" e estas músicas tem se encaixado muito bem nos shows do Helloween, é muito legal tocá-las, noite após noite, e ver a multidão sair satisfeita.

Vicente - Você já tocou em muitos países ao redor do mundo nos últimos anos. Você acha que, hoje em dia, as coisas estão indo melhor ou pior para Helloween?

Dani Löble - Eu tenho que dizer que o meu sentimento é de que tudo está indo bem para a banda - a relação entre os membros, bem como a área mais de negócios. Apesar do fato de que o mercado da música está em uma queda e degradação que vem acontecendo há anos, a banda não pode reclamar ainda. Graças ao Senhor!

Vicente - Vamos falar sobre o seu novo álbum, "Straight Out of Hell". Como foi o processo de composição e gravação deste álbum?

Dani Löble - Desta vez estávamos mais relaxados e mais tranquilos do que antes, de verdade. Esta formação tem se tornado mais unida e eficiente ao longo dos últimos anos. Nós encontramos um fluxo de trabalho muito eficaz e descontraído para as gravações e composições, e com isso conseguimos soltar grandes álbuns como “Straight Out Of Hell”. Todo mundo sabe o seu lugar na banda e sabe como contribuir da melhor maneira possível.

Vicente - A capa de "Straight Out of Hell" é fantástica – de quem surgiu a ideia?

Dani Löble - A maioria das idéias veio do nosso manager. Juntamente com artista Häusler foi criada esta capa infernal do álbum “Straight Out of Hell”. Espero que tenham curtido pessoal!

Vicente - Você concorda que "Straight Out of Hell" é mais "positivo" do que "7 Sinners", que em alguns momentos tinha uma atmosfera mais “obscura”. De certa forma, muitos fãs já consideram "Straight Out of Hell", como sendo um álbum clássico do Helloween.

Dani Löble - Sim, eu concordo. Isso é o que estávamos buscando. Tivemos essa idéia em mente, em virtude dos rumores, sobre a previsão do fim do mundo, que deveria ser em dezembro de 2012! Tem que rir! Estávamos completamente convencidos sobre o fato de que essas previsões eram um disparate absoluto - e aqui estamos em 2013 (risos).

Esta foi a inspiração para nós fazermos um álbum com uma vibração positiva, para motivar as pessoas a continuar vivendo, mas com uma atitude mais positiva. Então essa foi a razão principal do porque “Straight Out of Hell” acabou mais sendo positivo do que “7Sinners”, visto que este foi seu propósito desde o principio.

Vicente - 30 anos, 15 álbuns de estúdio, o nome marcado na história do Heavy Metal. Como você vê a trajetória do Helloween, e quais são seus maiores objetivos a partir daqui, talvez algo que você ainda não tenha conseguido em todo esse tempo?

Dani Löble - O que eu ainda não consegui foi arrumar uma casa bacana em minha cidade natal (risos).

Vicente - Quando você começou na música, quais foram suas maiores influências, que te inspiraram a ser um músico profissional?

Dani Löble - Havia e ainda há um monte de bateristas lá fora, cuja forma de tocar me chama a atenção o tempo todo. Mas, quando eu comecei, a cena do metal ainda estava crescendo. Foi tão emocionante quando todos esses diferentes estilos de metal vieram à vida. Fãs fizeram isso acontecer, devido a seus desejos de conseguir os álbuns de todas essas bandas. Eles estavam dispostos a comprar música, o que é algo que praticamente desapareceu hoje em dia - triste não é?

Vicente - Em poucas palavras, o que você pensa sobre essas bandas?

Saxon: bons amigos e ainda na estrada! Respeito, adoro eles.

Iron Maiden: ainda são a definição de tudo. Impressionantes!

Angra: Eu conheço Aquiles Priester, mas ele saiu, isso é triste.

Deep Purple: Eles provaram que, mesmo os da antiga geração, ainda podem lançar um álbum poderoso. Obrigado rapazes por este novo disco.

Judas Priest: Metal em sua perfeição. Mantenham os dedos cruzados para que eles continuem em frente. Amo sua música.

Vicente - Finalmente, por favor, deixe uma mensagem para todos os brasileiros que curtem o som do Helloween.

Dani Löble - Trate bem o que você ama, se você não fizer isso, ele vai desaparecer ou não poderá retribuir este amor, é o que está acontecendo, certo? As pessoas têm que compreender que elas têm que dar alguma coisa, se quiserem conseguir alguma coisa dos outros - a vida é sobre dar e receber! Em um sentido da música, se você quer assistir bandas ao vivo ou ouvir os seus álbuns, compre um ingresso e compre seus álbuns porque eles precisam de seu apoio. Isso é o que dá vida a uma banda e a faz permanecer viva, para que possam continuar a fazer música para você!

Apreciem o nosso futuro show no Brasil, não percam!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Rock in RioRock in Rio
Mulher recebe pulseira e coloca no braço três meses antes

445 acessosBob's no Rock in Rio: Supla em campanha e no canal de Felipe Neto345 acessosLoja de Discos do Cassio: Aerosmith no Rock in Rio0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Rock In Rio"

Iron MaidenIron Maiden
Ouça a guitarra de Adrian Smith no Rock in Rio

Rock In Rio 2017Rock In Rio 2017
Ausência do "Dia do Metal" é compreensível

Rock In RioRock In Rio
O boicote das bandas brasileiras na edição de 2001

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Rock In Rio"0 acessosTodas as matérias sobre "Helloween"

BizarricesBizarrices
Ozzy Osbourne, Rolling Stones, The Who e outros

Metal/HardMetal/Hard
Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais

About.comAbout.com
Site elege os cinco melhores álbuns do Slayer

5000 acessosO Suprassumo do Superestimado: os 11 mais (ou menos) nacionais5000 acessosSpike: os sete piores solos de guitarra5000 acessosHeavy Metal: cinco discos necessários dos anos setenta5000 acessosGuns N' Roses: Pantera tocava todas as músicas do "Appetite For Destruction"4483 acessosDJ Ashba: falando sobre como foi entrar no Guns N' Roses5000 acessosSharon culpa Courtney Love pelo vício do filho

Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online