Grave Desecrator: uma das maiores bandas do Black/Death

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Luis Augusto Bueno de Amorim, Fonte: Metal Sem Frescura
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Cdc "Carnage" da zine virtual do Facebook "Metal Sem Frescura" entrevistou nessa semana o grande Necrogoat do Grave Desecrator. Confira como foi essa entrevista com um dos caras por trás de uma das maiores bandas do gênero na atualidade.

Black Sabbath: Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"Andre Matos: "Não estava preparado para cantar no Maiden!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Eu gostaria de agradecer aí de coração a oportunidade de entrevista-lo Necrogoat. Sou um grande fã do Grave Desecrator, então isso é realmente foda pra mim!

CARNAGE - Em 2001 vocês lançaram a primeira demo da banda. Como foi o período que antecedeu a demo?

Necrogoat - Hell-o! Isso já tem algum tempo. Em 1998, depois de tentar alguns projetos que nunca deram nenhum resultado, eu e F.Mordor(Ex-vocal) nos encontramos e decidimos tentar alguma coisa nova juntos. Porém precisávamos de músicos. Sendo assim Butcherazor (que é primo de F.Mordor) foi logo chamado ao coven. Nascia o GD num bar fétido de esquina num subúrbio da cidade do RJ. Problemas em encontrar um baterista dentro de nossa proposta sempre permearam nosso destino. Então tivemos uma sucessão de entra e sai de integrantes nesse posto, o que só nos "emputeceu". Com a decisão de gravarmos nossa primeira demo o quanto antes, decidimos usar um baterista de estúdio e assim ocorreu a "Demo 01" de 2001.

CARNAGE - Dizem que "Cult Of Warfare And Darkness" foi limitado a 500 cópias e que algumas delas foram gotejadas com sangue de verdade. É verdade isso?

Necrogoat - "Cult of.." foi lançado em 2003 pela Ketzer rec. da Alemanha realmente em numeradas 500 cópias e sim, algumas eram marcadas em sangue! Há duas razões para tal ato; uma espécie de aceno à antiga cena onde, por exemplo, a figura do Paul Ledney do Profanatica (não conhece? Volte ao jardim de infância, bastardo(a)!!!) também era conhecido por tais atos, inclusive ejacular em algumas cópias (nós não fizemos isso, haha), e uma simbologia ao sangue, poder e esforço que tivemos para cristalizar tal lançamento. Uma espécie de sacrifício. Nesse já tivemos a ajuda de Adrameleck, ex-baterista de várias bandas daqui do RJ como Nocturnal Worshipper, Ap.Raids, Sodomizer etc. Esse 7ep hoje em dia é algo raro e muitas vezes vendido a preços exorbitantes no E-bay etc. Suas faixas foram re-gravadas no "Sign of Doom" e as versões originais do 7ep foram lançadas na nossa coletânea "Deathspells Rising" em cd. Mas realmente esse 7ep é algo muito foda dentro do que o GD já lançou. Quem puder adquirir estará levando algo bastante significativo e maldito! Não, não temos nenhuma cópia deste desde há quase 10 anos atrás...

CARNAGE - Vocês tiveram uma grande pausa após o "Cult Of Warfare And Darkness" . Por qual motivo pararam nesse tempo?

Necrogoat - Problemas pessoais, indecisões e incertezas sobre algumas coisas.

CARNAGE - Como foi o processo de gravação do amaldiçoado "Sign Of Doom"?

Necrogoat - "Sign of Doom" reúne várias histórias, acontecimentos e decisões. Tivemos a saída do F.Mordor, pois o mesmo não mostrava nenhuma evolução e estava na verdade totalmente fora de nossas propostas. Hoje em dia ele está totalmente distante do Metal, até onde eu sei. Ele não era pra isso...Tivemos a entrada de outro guitarrista também. Black Sin and Damnation é desde então um membro bastante ativo e hermético ao GD, além de um poderoso e infernal músico. Butcherazor passou para a guitarra e vocal e eu paro o baixo. Os motivos? Bem, Butcherazor estava compondo grande parte do material, pois eu mal tinha tempo de tocar a guitarra devido a minha rotina de trabalho e estudo naquela época. E ele tem um vocal muito superior ao que tinha o F.Mordor. A escolha foi natural e as coisas começaram a fluir muito melhor até hoje. Adrameleck continuou no posto de baterista e com ele conseguimos nossas tardias primeiras apresentações. Sempre quisemos resgatar algo simples, maldito, satânico e obscuro em nossa proposta, porém com um nível de gravação acima da média e um certo teor técnico, não glorificando o barulho sobre barulho apenas. Acho que conseguimos com bastante êxito. Nossa capa é simples, porém expressa muita coisa. Talvez uma das capas mais emblemáticas atualmente na cena underground. Letras malditas, diretas, mas com um significado que vem de nossa alma. Instrumental cru, direto, "brasileiro" e sujo. Mas não dispensando valores inegáveis de uma antiga cena onde riffs e passagens rítmicas eram mais marcantes e determinantes. Enfim acho que Sign of Doom se diferenciou bastante do que a cena brasileira tinha naquele momento e acho que sinceramente este álbum resistirá ao teste do tempo.

CARNAGE - Como era a rotina de shows nessa época do "Sign..."?

Necrogoat - Nós não tínhamos tocado ao vivo até então devido aos problemas com bateristas. Até, finalmente, termos a adesão de Adrameleck, já na época do Sign of Doom. Nossa primeira apresentação foi inacreditavelmente em 2006 no Espírito $anto junto às bandas Impurity, Catacumba, Sarcasmo entre outras. Mas não temos do que reclamar. Hoje em dia neste curto período de tempo já temos muito mais apresentações ao vivo do que muitas bandas de longa data que estão aí até hoje ou já terminaram sua saga.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


CARNAGE - Em "Primordial And Repulsive" vocês fizeram um cover do Mortuary Drape. Aquilo foi foda de mais!

Necrogoat - Obrigado! Mortuary Drape é uma das bandas que ainda trazem a maldição e a obscuridade em sua música, sem perder o peso e força do Metal! Eles são um bastião do verdadeiro Black Metal! O seu líder Wildness Perversion gostou muito da versão, inclusive nos convidou para o show em MG junto ao Watain, mas infelizmente, não pudemos comparecer. Nesse 7ep também tivemos um cover do grande Repulsion! Um tanto inusitado, porém bastante eficaz.

CARNAGE - "Insult" é o último play de vocês e carrega toda a qualidade dos anteriores. Essa época está sendo o ápice da banda? Mais turnês previstas pela Europa?


Necrogoat - Não sabemos sobre um período de ápice. Estamos sempre trabalhando e este álbum já está por aí a mais de 2 anos. Aliás, estamos trabalhando duro, já atrasados, para o 3° álbum. Com certeza "Insult" marca a cristalização de nosso nome na cena. Tivemos que deixar Adrameleck para trás, devido a sua agenda e vida particular, e tivemos Angeldust (ex-The Endoparasites/Diabolic Force e atual Bode Preto) na banda. Ele fez um bom trabalho nas baquetas e esteve conosco em nossa 1° tour na Europa. Mas devido a alguns problemas, tivemos que tirá-lo da banda. Hoje estamos com Slaughterer em seu posto, o mesmo que toca no Apokalyptic Raids. Voltando ao "Insult", este é um trabalho ainda mais bem executado e com um pouco mais de tempo dispensado em estúdio. Lançado na Europa pela Ketzer rec e nos EUA pela famosa Hell's Headbangers, hoje talvez o maior selo Metal underground do mundo! "Insult" tem tido uma grande repercussão mundo afora e uma ótima distribuição. Com ele fizemos nossa primeira tour na Europa e apresentações em vários lugares inclusive no Chile. Nesse álbum o GD está ainda mais fomentador e atormentador com o intuito de insultar de formas distintas todas as hipocrisias, idiossincrasias e crenças ditas virtuosas que nos cercam. Sarcasmo, blasfêmia, ironias e filosofias dividem o mesmo espaço numa fudida concepção maligna musical!!! Aaarrgghh!! Eu diria que é um dever a todos adquirir esse material. Precisamos de mais dinheiro para nossas luxúrias, hahahaha!!!


CARNAGE - O que os fãs que estarão no show em que vocês tocarão com o Archgoat e Black Witchery, podem esperar para esse dia negro em SP? (Estarei lá!)

Necrogoat - Um set de violência, estética, maldição e suor. Esperamos uma canalização de energia entre ambas as partes, banda e público. O inferno será bem representado. Nos paguem algumas cervejas e uns cigarros..vocês serão bem-vindos(as)!

CARNAGE - Quais são as bandas que mais influenciaram vocês durante esses anos todos?

Necrogoat - Particularmente todos na banda têm um gosto musical às vezes diferente em várias ocasiões. Não há limites para a boa música. Eu te assustaria em dizer coisas que eu acho interessante. As vezes até eu me assusto comigo mesmo, hahahaha.. Em relação ao GD posso dizer que é notável uma gama de sonoridades que juntas fizeram com que tivéssemos uma identidade! As pessoas, mídia etc muitas vezes nos espelham em bandas que nem tínhamos em mente na hora de compor. Mas está ok. Esteja certo que estamos próximos a bandas como Mystifier, Death/Mantas, Venom, Sarcófago, Vulcano, Blasphemy, Slayer, Sodom, Poison(ale), Motorhead, Bathory etc...Mas há muito por vir e nada será de tão fácil assimilação.

CARNAGE - Já estão pensando em lançar outro álbum?

Necrogoat - Siiiimmm! Está bastante atrasado, pois estava previsto para 2012!!!! Será lançado esse ano de 2013 pelo selo Pulverised rec, o mesmo do Master, Desultory, Impiety, Whiplash entre outros. Distribuição na Europa pela Seasons of Mist entre outras. A versão em vinil sairá pela Blood Harvest da Suécia (A mesma que fez a versão do Sign of Doom), e no território americano, a Hell's Headbangers deverá ser novamente a responsável!!! Não temos um título ainda, mas músicas já estão sendo finalizadas e já temos o artista que fará a arte. Trata-se do magnífico polonês Zbigniew Bielak. Ele fez artes fantásticas para o Watain, Vader, Absu, Slayer e é um grande fã de nossa música assim como de toda a antiga cena brasileira. Ele é um cara realmente estranho e cômico ao mesmo tempo. Ele mesmo entrou em contato conosco se oferecendo a fazer a arte. Achamos isso algo fudido!!! Aguarde algo realmente extravagante e graciosamente nocivo!!!

CARNAGE - Obrigado mais uma vez Necrogoat, é uma honra tremenda! Espero que esse Black/Death de vocês possa ser ouvido por muitos anos.

Necrogoat - Nós que agradecemos. Aos interessados, Sign of Doom e Insult cds a 10 reais mais correio em ótimas versões nacionais!! Escrevam...Deixem a serpente abraçar vossas almas!!!

http://www.gravedesecrator.com
http://www.facebook.com/gravedesecrator666
CP 8018 Rio - RJ 21032-970 Brasil




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Grave Desecrator"


Black Sabbath: Tony Iommi explica como tocar ParanoidBlack Sabbath
Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"

Andre Matos: Não estava preparado para cantar no Maiden!Andre Matos
"Não estava preparado para cantar no Maiden!"


Sobre Luis Augusto Bueno de Amorim

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline