Angra: entrevista com Kiko Loureiro e Rafael Bittencourt

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vicente Reckziegel, Fonte: Witheverytearadream
Enviar correções  |  Comentários  | 


2703 acessosAngra: "Uma rapazeada bonita, mas nenhum foi bonzinho"5000 acessosBlack Sabbath: um Tony Iommi que você não conhecia

Nos últimos tempos o Angra esteve muito em voga, tanto para o bem como para o mal, e o próprio futuro da banda ficou ameaçado. Mas com a bela participação no 70000 Tons of Metal, com Fabio Lione nos vocais, trouxe a expectativa do retorno dos dias de glória. Conversando com músicos de fora, fica claro o status que o Angra conseguiu construir ao longo dos anos. E essa formação estará tocando no dia 14 de Abril em São Paulo, no Live n’ Louder, talvez uma oportunidade única de conferir esta nova fase da banda. Tive a oportunidade de realizar esta entrevista com os guitarristas Kiko Loureiro e Rafael Bittencourt justamente sobre este show, a presença de Fabio Lione, o futuro da banda, e sobre suas influências musicais. E ficou um certo questionamento no ar: Ao comentar sobre os 20 anos do debut Angels Cry, ficou a possibilidade de um show especial com a formação da época. Sem dúvida alguma, seria um evento muito especial e esperado pelos fãs. Quem sabe...

Vicente - Vocês irão tocar agora em Abril no Live n’ Louder Festival, juntamente com Twisted Sister, Metal Church, Molly Hatchet, Sodom e Loudness. Qual a expectativa da banda para este evento?

Kiko Loureiro: Temos muita vontade de tocar novamente em SP. Quando o Live n Louder nos ofereceu esta oportunidade de já subirmos ao palco em Abril aceitamos na hora. Conseguimos trazer o Fábio para esta data e assim podemos tocar o que tocamos no 70 000 tons.

Vicente - Será também o primeiro show aqui no Brasil com Fabio Lione nos vocais. Como está sendo a preparação?

Kiko: O Fábio é super profissional e nos espantou com sua qualidade vocal que tanto conhecemos, assim como o aprendizado perfeito das músicas, e isso tudo apenas em um ensaio com ele. Vamos nos preparar antes de forma instrumental e fazer alguns ensaios na véspera com a banda completa.

Rafael Bittencourt: Acho que será um grande presente para os fãs a oportunidade de assistir a este show. Fizemos dois shows com o Fabio Lione no cruzeiro 70.000 of metal, juntamente com grandes nomes do metal internacional, e foi muito divertido. Queremos compartilhar com os fãs brasileiros este momento de entrosamento e alegria que a banda está vivendo.

Vicente - O set list será próximo com o que tocaram no 70000 Tons of Metal, ou os fãs podem esperar alguma surpresa do Angra?

Kiko: Provavelmente próximo, mas vamos ainda discutir o assunto.

Vicente - E o retorno dos fãs na apresentação do 70000 Tons of Metal, era o imaginado por vocês?

Kiko: Mantemos contato com vários fãs, mas subir ao palco é sempre mais intenso. Foi muito bom estar no 70k tons e sentir isso de perto. Essa é a nossa motivação para estar no L&L

Rafael: Foi melhor do que imaginávamos. Estivemos muito tempo fora dos palcos e especialmente do circuito mundial. O público nos surpreendeu. Pessoas que vieram do Canadá, Japão e USA especialmente para ver o Angra. Fãs que achavam que o Angra havia acabado choravam durante o show com o Fabio Lione nos vocais. Foi muito especial!

Vicente - Este ano comemora-se os 20 anos do lançamento do clássico “Angels Cry”. Como foi a gravação deste disco em especial?

Kiko: É o marco inicial na carreira do Angra e nas nossas como músicos... Algo muito importante para nós e para os fãs. Os detalhes dos dias de gravação são peculiares e gerariam uma bela biografia...

Rafael: Foi difícil. Logo no começo perdemos nosso baterista que voltou para o Brasil devido há uma série de problemas. O produtor era mega exigente. Nós éramos mega imaturos. O clima era de tensão. Houve um choque cultural por estarmos na Alemanha vindos de uma cultura bem relaxada que é a cultura brasileira. Mas a energia e a química que existia entre nós foi bem capturada e eternizou este lindo trabalho.

Vicente - E quais são os objetivos da banda para 2013? Podemos esperar um novo álbum, e talvez até mesmo a efetivação de Fabio Lione nos vocais do Angra?

Kiko: Estamos conversamos e definindo os planos. O Importante é tocar agora e curtir as músicas e o palco. A música e o prazer de tocar com amigos vem sempre na frente e é isso que vai alimentar nossa vontade de gravar um novo álbum e também definir o vocal.

Rafael: Temos planos de realizar um programa de entrevistas que visará encontrar um novo vocalista para a banda. Queremos compor músicas novas aproveitando este entusiasmo atual e quem sabe, no fim do ano fazer um show em celebração aos 20 anos do Angels Cry convidando somente músicos que participaram desta história.

Vicente - Atualmente fala-se muito dos problemas do cenário nacional quanto ao Rock e Metal. Vocês consideram que a cena nacional realmente piorou, ou tudo é uma questão de ponto de vista, de fazer um trabalho sério e o mais profissional possível?

Kiko: Ela piorou se compararmos com uns 8 anos atrás, porém em um prazo mais longo ela está na média. Acredito que seja algo sempre cíclico. O cenário geral mudou, temos mais bandas gringas vindo para o Brasil, outras modas e poucas bandas realmente tentando fazer algo diferenciado, apesar de termos muitas bandas de qualidade musical aqui.


Vicente - Em poucas palavras, o que acham das seguintes bandas:

Deep Purple:

Kiko: metal com clássico e soul. Sou muito fã.

Rafael: Adoro. Bom gosto, maturidade. Eles inventaram, junto com o Black Sabbath, a estrutura das músicas de metal.

Rush:

Kiko: Gosto muito da qualidade deles, mas nunca foram das minhas "10 mais" bandas.

Rafael: Amo. Foi uma das primeiras bandas que ouvi quando moleque. Eu tinha um cassete gravado com o Fly By Night de um lado e o Caress of Steel do outro. Eu não cansava de ouvir.

Iron Maiden:

Kiko: minha referência, onde fui "iniciado" no Rock/metal... Powerslave foi uns dos álbuns mais marcantes para mim.

Rafael: Fui muito fã até o Somewhere in Time. Depois continuei ouvindo apenas os antigos.

Helloween:

Kiko: fui conhecer melhor depois de gravar no estúdio do Kay Hansen.

Rafael: Foi uma grande influência. Na época do Keeper part I e II viciei de um jeito que achei que nunca mais iria conseguir parar de ouvir aquilo. Eu me curei, mas tenho minhas recaídas (risos).

Led Zeppelin:

Kiko: Minha banda favorita. Devo a eles meu gosto por rock, guitarra, experimentações e diversidade...

Rafael: Gosto muito, mas eu descobri tarde. Já era grande quando entendi a loucura deles. Hoje gosto mais do que quando eu era moleque.

Vicente - Uma mensagem para os fãs e amigos que curtem o trabalho do Angra e apostam na música nacional.

Kiko: Gostaria que todos venham ao show e participem conosco cantando nossas músicas. Mais coisas virão em breve.

Rafael: Muito obrigado pelo apoio de todos estes anos. Graças a vocês eu pude transformar a minha maior paixão em trabalho e fazer isto todos os dias. Valeu.

Informações sobre o Live n' Louder:

Local: Espaço das Américas
Endereço: R. Tagipuru, 795, Barra Funda - São Paulo, 01156-000
Data: 14/04/2013, domingo
Horário de início do show: 17h40
Duração: 6h00 (aproximadamente)
Abertura da casa: 16h

Informações e compra de ingressos:
Bilheteria:
Camarote Limitado R$ 500,00 – meia entrada R$ 250,00
Pista 1º Lote R$ 300,00 – meia entrada R$ 150,00
Bilheteria oficial SEM taxa de conveniência:
Espaço das Américas: Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda
Funcionamento: de segunda a quarta (das 10h00 às 19h00), e de quinta a sábado (das 11h00 às 19h00).
Formas de Pagamento: cartões de crédito, débito e dinheiro
Vendas Online: www.ticket360.com.br
Call center Ticket360: (11) 2027-0777
Estacionamento: anexo ao local
Área para fumante: sim
Acesso para deficientes: sim
Estacionamento no local: sim
Censura: 18 anos
Informações gerais: www.toplinkmusic.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 14 de março de 2013

Edu FalaschiEdu Falaschi
Vamos surpreender na segunda parte da turnê Return of Shadows

2703 acessosAngra: "Uma rapazeada bonita, mas nenhum foi bonzinho"197 acessosAltair: comédia diabólica de Progressive/Power Metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

Heavy TalkHeavy Talk
Andre Matos explica porque não retornou ao Angra

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Vídeo revela penoso processo de desenvolvimento até o Megadeth

Felipe AndreoliFelipe Andreoli
"Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra..."

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

Black SabbathBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1984

Marilyn MansonMarilyn Manson
"Acho que sou muito pior fora do palco do que nele!"

5000 acessosGuitarras: as 15 músicas mais complicadas para tocar5000 acessosRock: 25 fotos pra fazer você continuar acreditando na música5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19914863 acessosPink Floyd: Nick Mason fala com bom humor sobre o fim5000 acessosEm 16/08/1938: Morre Robert Johnson, cantor e guitarrista de blues5000 acessosDream Theater: Mangini criou baquetas especiais de bateria

Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online