Matérias Mais Lidas

Rock in Rio: há 30 anos, Axl Rose exigia VJ desconhecida da MTV para entrevistá-loRock in Rio
Há 30 anos, Axl Rose exigia VJ desconhecida da MTV para entrevistá-lo

Robert Fripp: novo cover de Billy Idol, agora com esposa vestida de cheerleaderRobert Fripp
Novo cover de Billy Idol, agora com esposa vestida de cheerleader

Iced Earth: Fãs que apoiaram vaquinha de Schaffer querem dinheiro de voltaIced Earth
Fãs que apoiaram vaquinha de Schaffer querem dinheiro de volta

Inesquecíveis: 50 grandes sucessos do rock e do metal que nunca saem de modaInesquecíveis
50 grandes sucessos do rock e do metal que nunca saem de moda

Iced Earth: Jon Schaffer se entrega e é preso por estar em invasão ao CapitólioIced Earth
Jon Schaffer se entrega e é preso por estar em invasão ao Capitólio

AC/DC: eles tentavam cooptar fãs antes de viciarem em Pink Floyd na faculdadeAC/DC
Eles tentavam cooptar fãs antes de viciarem em Pink Floyd na faculdade

Iced Earth: fotos mostram Jon Schaffer segurando spray de urso no CapitólioIced Earth
Fotos mostram Jon Schaffer segurando spray de urso no Capitólio

Phil Spector: Brilhante produtor, péssimo marido, diz ex-esposa Ronnie SpectorPhil Spector
"Brilhante produtor, péssimo marido", diz ex-esposa Ronnie Spector

Metallica: Dave Lombardo diz que tocar com o Metallica ao vivo foi históricoMetallica
Dave Lombardo diz que tocar com o Metallica ao vivo foi histórico

Phil Spector: Produtor, que estava preso por assassinato, morre de COVID-19Phil Spector
Produtor, que estava preso por assassinato, morre de COVID-19

Iced Earth: veja as seis acusações que Jon Schaffer enfrenta por invadir CapitólioIced Earth
Veja as seis acusações que Jon Schaffer enfrenta por invadir Capitólio

Paul Stanley: não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta delePaul Stanley
Não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta dele

Iron Maiden: debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgiaIron Maiden
Debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgia

Van Halen: Michael Anthony diz que Eddie era uma pessoa muito humildeVan Halen
Michael Anthony diz que Eddie era uma pessoa muito humilde

In Flames: Peter Iwers diz que não se arrepende de ter saído da bandaIn Flames
Peter Iwers diz que não se arrepende de ter saído da banda


Matérias Recomendadas

As regras do Power Metal - Parte I
As regras do Power Metal - Parte I

Pink Floyd: o maior concerto de rock já produzidoPink Floyd
O maior concerto de rock já produzido

Freddie Mercury: um relato detalhado sobre as suas últimas horasFreddie Mercury
Um relato detalhado sobre as suas últimas horas

Chris Cornell: ele não dava sinais de que se mataria, diz esposaChris Cornell
Ele não dava sinais de que se mataria, diz esposa

Freddy Frenzzy: O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentaçãoFreddy Frenzzy
O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentação

Tunecore

Alter Bridge: Mark Tremonti comenta álbum solo de estréia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

Steven Rosen do Ultimate-Guitar.com entrevistou recentemente Mark Tremonti, guitarrista do ALTER BRIDGE/CREED, que falou sobre seu álbum solo de estréia "All I Was". Seguem alguns trechos da conversa.

Ultimate-Guitar.com: Por que você decidiu que esse era o momento certo para lançar o "All I Was"?

Mark Tremonti: Foi simplesmente uma oportunidade perfeita para pegar todas essas idéias que não necessariamente se encaixavam nas outras duas bandas. Eu tinha uma janela de três meses enquanto o Myles [Kennedy, vocalista do ALTER BRIDGE] estava fora com o Slash e achei que seria a oportunidade perfeita de cuidar disso e lançar essas músicas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ultimate-Guitar.com: Então essas músicas nunca foram para o ALTER BRIDGE ou para o CREED?

Mark Tremonti: A minha forma de compor é por partes. Eu tenho uma tonelada de partes, e quando chega o momento de compor um álbum, eu mando todas as partes para os caras e escolhemos nossas favoritas e as juntamos. É um quebra-cabeça musical. Com isso, todas minhas partes favoritas eu continuamente toquei para os caras sem nunca se tornarem uma música de verdade, então decidir pegar todas minhas favoritas e utilizá-las nesse álbum.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ultimate-Guitar.com: Por que você acha que as outras bandas não quiseram usar essas músicas?

Mark Tremonti: Acho que muitas delas não deram certo porque algumas delas eram mais baseadas no metal, pois essas são minhas verdadeiras raízes. Eu realmente queria lançar isso nesse disco porque algumas das minhas partes favoritas sempre tiveram minhas raízes nelas. Mas ao mesmo tempo, as melodias são a coisa mais importante para mim como compositor. Então tentei formar o disco e tentei pegar minhas melodias favoritas bem como meu tipo favorito de riff e idéias musicais e lançar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ultimate-Guitar.com: O "All I Was" é mais pesado que o CREED ou o ALTER BRIDGE. Você se sente mais confortável nesse estilo?

Mark Tremonti: Bem, desde menino sempre brinquei dizendo que queria fazer parte de uma banda de speed metal. Era o que escutava quando cresci mas ao mesmo tempo eu passava a maior parte do tempo compondo melodias e não eram de speed metal. Então acho que essa banda foi somente uma tentativa de incorporar essas duas coisas no mesmo projeto. E tirar isso da minha cabeça ou então trabalhar nisso no futuro. Acho que isso a principio seria apenas esse projeto paralelo divertido para se lançar sem gravadora e apenas na internet. Mas quando a coisa foi tomando forma, ficamos contentes e decidimos ir em frente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ultimate-Guitar.com: Você sabia que iria querer ser o vocalista de suas músicas?

Mark Tremonti: Sim, achei que era o momento perfeito para fazer isso. Eu não sofria muita pressão como vocalista porque as pessoas sabiam que eu não ia me expor como vocalista, obviamente. Porque eu já faço turnês profissionalmente há uns 16 anos com duas bandas em que eu não era o vocalista. Seu sempre fui compositor esses anos todos e eu realmente adoro compor melodias vocais e achei que seria bem libertador poder cantá-las exatamente como eu as escuto na minha mente. Porque eu passei a maior parte da minha carreira tocando minhas partes para os outros e tentando fazê-los gostar delas e exergá-las. Fazendo do seu jeito você é senhor de si e pode certificar-se de que a coisa é exatamente como você imaginou. Não significa dizer que seja melhor ou pior trabalhar assim; simplesmente é mais fácil. Trabalhando com outras pessoas elas te ajudam a modificar as coisas tornando-as, por várias vezes, melhores. Fazendo do seu jeito é simplesmente muito fácil e muito rápido.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ultimate-Guitar.com: Levou algum tempo para você encontrar sua verdadeira voz e sentir-se confortável como vocalista?

Mark Tremonti: Eu adorei isso e foi um deleite. Foi a primeira vez que eu realmente pude cantar em alto e bom som com uma banda por trás de mim. De primeira eu não sabia no que ia dar, então assim que ensaiamos por algumas semanas eu me notei ficando mais confiante com minha voz e tendo mais controle e aprendendo novos truques naturalmente enquanto eu ia ensaiando. Nessas três ou quatro semanas em que fizemos os arranjos iniciais, minha voz se desenvolveu muito. Eu não fazia idéia do que ia acontecer mas achei que treinando dia pós dia e focando na minha voz, eu sabia que era a única forma de cantar bem. Você não acorda um dia e aprende a cantar. Você tem de ir lá e cantar em alto e bom som e não apenas no chuveiro ou no carro, mas onde você realmente está se aplicando.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ultimate-Guitar.com: Você trouxe o Michael "Elvis" Baskette, que trabalhou nos últimos dois álbuns do ALTER BRIDGE, para produzir o álbum.

Mark Tremonti: Eu sabia que quando eu trabalho com o Elvis, vai ficar um som ótimo e não preciso me preocupar com isso. Eu sei que que me sinto confortável trabalhando com ele. Ele é um cara fácil de se trabalhar com ele. Ele não é o tipo de cara que vai perder algum pequeno detalhe que vá se destacar para alguém. Ele vai se certificar de que tudo está certo e ele controla os vocais. Todas as vezes que fizemos álbuns antes e eu fazia meus backing vocals ele dizia, "Uau, eu realmente adoro sua voz". Eu tenho de me sentir confiante quanto a isso e você precisa de um produtor que trabalhe sua confiança. Faz toda a diferença.

Leia a entrevista na íntegra no Ultimate-Guitar.com
http://www.ultimate-guitar.com/interviews/interviews/mark_tr...


Stamp
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Myles Kennedy: vocalista comenta como é atingir seu auge após os 30 anosMyles Kennedy
Vocalista comenta como é atingir seu auge após os 30 anos

Lemmy: o conselho sincerão que ele deu a Myles Kennedy sobre trabalhar demaisLemmy
O conselho sincerão que ele deu a Myles Kennedy sobre trabalhar demais


Myles Kennedy: para ele, Guns N' Roses prova que Gene Simmons está erradoMyles Kennedy
Para ele, Guns N' Roses prova que Gene Simmons está errado

Myles Kennedy: como conciliar o Alter Bridge com a banda de SlashMyles Kennedy
Como conciliar o Alter Bridge com a banda de Slash


Slayer: Kerry King explica como se deve balançar a cabeçaSlayer
Kerry King explica como se deve balançar a cabeça

Metromix: a lista dos vocalistas mais irritantes do rockMetromix
A lista dos vocalistas mais irritantes do rock


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.