Alex Lifeson: Rush, guitarras, vídeos, Page e Townshend

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por PK, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

A edição de março de 2009 da revista Guitar Player traz uma pequena entrevista com Alex Lifeson, feita por Matt Blackett. Ele fala sobre a mixagem do DVD Snakes & Arrows, sua Gibson ES-355, seu envolvimento com a ivideosongs, e a seleção de músicas para a última tour. Parte da transcrição segue abaixo, e você pode ver o artigo escaneado clicando aqui ou aqui. Seguem alguns trechos do papo:

129 acessosGuilherme Costa: demonstrando técnicas em 5 clássicos do rock/metal5000 acessosInvisible Oranges: os 5 melhores momentos Metal dos filmes

Guitar Player: Vocês mixaram esse DVD com Rich Chycki. Quais foram os desafios?

Lifeson: "Os desafios são as pequenas coisas, como a perspectiva de onde a guitarra entra, já que a bateria toma grande parte do espaço. Eu tenho que dizer que as mixagens desse DVD foram provavelmente o jeito mais fácil de conseguir um grande foco nos instrumentos. Tem um bocado de atmosfera ao redor de todos os instrumentos, mas ainda assim tudo é muito coeso. Estou muito feliz com a tonalidade desse DVD. Para alcançar as tonalidades da minha guitarra, usamos uma combinação de simuladores de caixas Palmer e microfones dos meus Hughes & Kettners. Rich fez a maioria do trabalho. Ele consegue entender como é o som em nossas cabeças, e traduz tudo muito bem".

Guitar Player: Qual das suas guitarras tem a melhor reação?

Lifeson: "Definitivamente a minha Gibson ES-355 branca. Estou tocando o modelo de relançamento Inspired By em 'The Trees', mas no final da noite, na hora do bis, estou usando minha 355 original. Eu me preocupo em pensar que ela pode desaparecer, ou que algo horrível possa acontecer com ela. Essa guitarra tem tanta história. Mas eu queria usá-la porque soa tão bem, e é tão gostoso tocar com ela".

Guitar Player: Como você se envolveu com a ivideosongs, onde você demonstra 'Tom Sawyer' e outras músicas?

Lifeson: "Para ser honesto, eu não me sinto muito bem fazendo esse tipo de coisa, e fiquei um pouco relutante. Quando eu vi o que estavam fazendo, e alguns dos artistas que estavam no site, acabei gostando da idéia. Fizemos tudo no meu estúdio, então eu me senti confortável. Depois que começamos, percebi que não era algo tão difícil de se fazer. Basta ser você mesmo, fazer umas palhaçadas, falar sobre as partes difíceis de tocar, e daí por diante. Acabou fluindo muito naturalmente, e sendo muito divertido".

Guitar Player: O que você teria achado, quando era criança, se pudesse ter assistido Jimmy Page ou Pete Townshend demonstrando suas músicas?

Lifeson: "Isso teria me poupado um bocado de tempo [risos]. Teria sido fantástico. Ainda hoje seria fantástico".

Guitar Player: Vocês andaram tocando algumas coisas nesse DVD, como 'Circumstances' e 'Entre Nous', que há muito tempo não apareciam num show, e realmente enlouqueceram os fãs.

Lifeson: "A gente tenta trabalhar músicas velhas como essas. Trazemos uma lista e tentamos utilizá-las nos ensaios, e se a coisa pega fogo, a gente usa no show. Uma que a gente tentou foi 'A Farewell to Kings', mas ela não nos empolgou tanto. Tocamos algumas vezes e acabamos deixando de lado. 'Circumstances' teve algo que a gente realmente curtiu. 'Entre Nous' é uma que a gente nunca tinha tocado ao vivo. Essas músicas realmente deixam as pessoas felizes, e é gratificante olhar e ver tantas caras sorridentes".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


129 acessosGuilherme Costa: demonstrando técnicas em 5 clássicos do rock/metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Instrumentos"

Heavy MetalHeavy Metal
30 clássicos em apenas um minuto

Música FácilMúsica Fácil
A história da guitarra Flying V

News.com.auNews.com.au
Guns, Floyd, Lynyrd e Van Halen são os melhores solos?

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Instrumentos"0 acessosTodas as matérias sobre "Rush"


Invisible OrangesInvisible Oranges
Os 5 melhores momentos metal dos filmes

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Fim do Guns foi a maior tragédia do rock

GhostGhost
Nergal revela a identidade de Papa Emeritus II?

5000 acessosMetallica: a regressão técnica de Lars Ulrich5000 acessosMetal Up Your Ass: Os primórdios do Metallica5000 acessosGuns N' Roses: a verdadeira história de "Rocket Queen"5000 acessosMetal Medieval: confira 10 bandas de temáticas medievais5000 acessosRock And Roll Hall Of Fame: conheça os indicados de 20145000 acessosLoudwire: os vídeos mais sexys de todos os tempos

Sobre PK

Fanático por Rock Pesado em todas as suas variações, esportes extremos, tatuagens, games, HQ e leitura. Seguidor do WHIPLASH desde os primórdios. Escreve no blog Conservado no Rock.

Mais matérias de PK no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online