Matérias Mais Lidas

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagem"Babá de Artista" do Rock in Rio diz que Iron Maiden não dá trabalho e são "gentleman"

imagemPrika: "Já esperava saída da Fernanda, mas só em longo prazo e não naquele momento"

imagemMetallica e as duas músicas do "Black Album" que retratam traumas de James Hetfield

imagemPodcast diz que prática comum no black metal hoje seria "coisa de esquerdomacho"

imagemDinho lembra quando entrevistou Robert Plant sem poder falar sobre Led Zeppelin

imagemMax e Iggor convidam Jairo, detonam no Rio e alfinetam: "Verdadeiro Sepultura"

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix

imagemNando Reis e a enigmática música que ele queria usar para seduzir Marisa Monte

imagemTom Morello explica por que o RATM se reúne, mas não lança novas músicas

imagemDiscos do Sepultura serviram de inspiração para novo álbum do Soulfly? Max responde

imagemA sincera resposta de João Gordo para quem o acusa de ser "traidor do movimento"

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii com citação de canção soviética sobre defender a pátria

imagemRobert Fripp e a frase que Jimi Hendrix lhe disse que aqueceu seu coração

imagemQuando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel


Dream Theater 2022

Testament: DVD e novo trabalho de estúdio podem surgir

Por Bruno Pasquini
Fonte: Brave Words
Em 12/09/08

O fotógrafo da BW&BK, Patryk Pigeon, falou recentemente com o guitarrista Alex Skolnick do TESTAMENT sobre vários tópicos, incluindo o álbum de retorno "The Formation Of Damnation" e a possibilidade de ser gravado um novo trabalho.

BW&BK: Os reviews sobre o álbum 'The Formation Of Damnation' são ótimos. Alguns dizem que este é o álbum thrash do ano. Você pode nos falar um pouco sobre este trabalho?

Alex: "Bem, o álbum foi lançado este ano, mas nós não havíamos tocado juntos com a formação original há dois anos, tem sido bastante tenso pensar em fazer um bom álbum novo, isso tomou muito do nosso tempo. A banda não tinha feito nada há muito tempo por uma série de fatores e, quando esta formação se juntou novamente, nós só pensamos em fazer alguns shows e construir uma relação que realmente nos deixasse juntos. Nós recebemos algumas queixas de fãs dizendo que não deveríamos viajar tanto e sim gravar logo alguma coisa. Mas você quer saber? Aquela tour realmente ajudou a nos prepararmos e a pensar que um álbum viria naturalmente e melhor por essa razão. Acho que não teria saido tão bom se tivéssemos nos afobado".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

BW&BK: Você curtiu estar de volta em estúdio com a banda depois de tantos anos?

Alex: "Ah sim, Eu curti!! Agora foi uma experiência muito diferente do que era antes".

BW&BK: E o processo de composição foi o mesmo de sempre ou vocês experimentaram uma nova abordagem para este álbum?

Alex: "Bem, foi uma abordagem ligeiramente diferente. Para isso eu estive fora por um bom tempo e fazendo músicas bem diferentes. Então, para mim, foi bom, a facilidade voltou. No álbum anterior do TESTAMENT, 'The Gathering', eu acho que encontrei a fórmula ideal de criar mesmo não sendo a formação original e eu quis manter o processo, pois aquele foi um ótimo álbum. Eu não tinha a expectativa de criar como há vinte anos atrás como vários fizeram".

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

BW&BK: Uma das coisas legais deste novo álbum é como você mesclou a técnica old school e a new school. Por isso se tornou um trabalho com fortes influências das décadas de 80 e 90.

Alex: "Exatamente! E eu acho que eu trago comigo essas influências, não apenas ao escrever músicas, mas também ao ouví-las e perceber o que elas sugerem, eu escrevo algo novo a partir disso".

BW&BK: Você compôs muito neste novo álbum?

Alex: "Nem tanto. Eu fiquei mais com os arranjos, ouvindo e dando algumas sugestões. Há um monte de músicas, 'F.E.A.R.' uma que eu escrevi letra e música, é engraçado, eu criei meio que essa reputação ao ser o cara melódico da banda por escrever mais as coisas melosas, mas muitos dizem que esta é uma das faixas mais pesadas do álbum"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

BW&BK: Na música 'Leave Me Forever', a última do álbum, há uma pegada meio Jazz no refrão. Você tem alguma influência nisso?

Alex: "Não realmente, apenas alguma coisa nas guitarras lá na fase de concepção e arranjo, nós tentamos coisas diferentes. Eric e eu tentamos algumas idéias diferentes, as coisas acontecem naturalmente. Supostamente isso era pra ser um instrumental. Nós tínhamos praticamente terminado toda a parte instrumental e Chuck veio com uma letra para ela e nós apenas tentamos, ela passou a ter uma nova cara. Agora ela é uma das músicas mais populares do álbum".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O vocalista Chuck Billy aparece:

BW&BK: A propósito, Chuck, a passagem próximo do fim dessa canção é animal.

Chuck: "Oh, valeu cara, essa parte da música foi escrita para o álbum 'Demonic' quando nós trabalhamos com Gene Hoglan, mas não terminamos para aquele play. Supostamente era pra ser um instrumental lá na fase de criação e poderia ser útil no último dia de gravações. Eles estavam colando solos na canção quando eu disse: 'Espera um pouco, eu conheço isso. É aquela canção que começamos e que nunca terminamos'. Com aquele solo eu acabei tendo uma idéia".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Alex: "Chuck, foi muito bom você ter feito aquilo!"

Chuck: "Então eu disse, dá isso aqui e me deixe tentar uma coisa. Na manhã seguinte eu apareci com a letra, gravamos e achamos que ficou bom."

Alex: "E ela se tornou numa canção completamente diferente mas bem parecida".

BW&BK: Algum plano de lançar um DVD desta turnê?

Alex: "Eu acho que sim... Eu penso na possibilidade. Nós temos um amigo que está vindo da costa leste com algumas coisas pra nos mostrar e transformar em filme. Nós não filmamos muito nesta tour. Mas se capturamos alguma coisa que nosso amigo gravou eu acho que vai ser legal."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

BW&BK: Eu acho que você concorda que os fãs merecem algum material profissional em detrimento àquela porcaria que tem no YouTube.

Alex: "Ah sim, sem dúvidas!. Mas é engraçado, tudo o que fazemos vai parar no Youtube, mas nossos fãs merecem a boa qualidade do DVD para sentir a energia dos nossos shows. Você sabe, a primeira coisa que fizemos quando voltamos foi filmar para um DVD, mas eu acho que agora estamos anos-luz além então o DVD que pretendemos é bem melhor do que aquele".

BW&BK: Como você vê a indústria fonográfica de hoje em dia? Você acha que se o álbum tivesse sido lançado nos anos noventa seria melhor para a banda?

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Alex: "Acho que melhor agora do que no começo dos anos noventa, por conta de toda aquela revolução da música alternativa."

BW&BK: Sim, mas a banda estava no topo naquela época...

Alex: "Sim, mas nem tanto. Tem também o fato da gravação ficar como naquela época porque ainda não soávamos como atualmente. Este álbum é o resultado da experiência adquirida naqueles anos. Havia uma linha criativa que vinha tomando direções distintas. Quando voltamos encontramos uma nova forma de trabalhar e mais, o ambiente agora é excitante pois há milhares de jovens fãs redescobrindo nossos clássicos e aprovando as novas músicas, a maioria desses são como os de vinte anos atrás e com a mesma idade, isso faz nosso público nos shows ser bem misturado, com fãs das antigas e com os mais recentes. Eu realmente acho que nossa música é resultado disso. Excursionar agora é muito mais inspirador."

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

BW&BK: Esta formação do TESTAMENT está de volta para uma só turnê ou voltamos aos velhos tempos?

Alex: "Nós não achávamos que iria tão longe. Nos juntamos para um pequeno número de shows e tudo ocorreu muito bem. A formação continuava mudando na bateria, mas eu acho que assim como está ficamos poderosos. Esta é a formação que criou o novo álbum nesta reunião. Não acho que vá mudar alguma coisa tão cedo."

BW&BK: Então podemos esperar pelo menos um outro álbum?

Alex: "Ah sim... pelo menos."

BW&BK: Voltando a falar sobre os velhos tempos, A banda lançou um álbum chamado ‘First Strike Still Deadly’. Você acha que algum dia poderemos ouvir algumas músicas do ‘Practice What You Preach’ e ‘Souls of Black’ sendo regravadas?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Alex: "Sim, é possível. Nós na verdade regravamos o 'Souls of Black', mas não mexemos ainda. Nós fizemos enquanto gravávamos o ‘Formation of Damnation’ Pode ser usada para um vídeo-game, nada que eu possa falar agora porque ainda não é oficial. Mas nós temos as músicas, é possível, pode muito bem sair em um CD".

BW&BK: Você está também envolvido em alguns projetos musicais. O que o fez decidir voltar com o TESTAMENT? Você sentiu a necessidade de tocar novamente um Metal mais cru?

Alex: "Bem, se eu vou tocar Metal, tem que ser real! Existem algumas poucas razões para isso. Eu não tocava Metal há alguns anos e eu estou orgulhoso pelo Metal que eu fiz ser tão real. Eu assumi o risco ao tocar Metal, pois outros guitarristas decidem por tocar algo mais comercial. Em um dado momento eu estava confortável fazendo meu Jazz. Eu nunca me imaginei estar na revista Downbeat, que é como uma ROLLING STONE do Jazz, e eu estava também na revista Jazz, tocando em alguns festivais de Jazz, enfim, as coisas estavam indo. Eu acho que há uma razão se você quer estar em um projeto de Metal. E eu senti que há um lugar que eu posso re-explorar no Metal, e mais ou menos nessa época o LAMB OF GOD me chamou para fazer um solo na música 'Ashes Of The Wake', Chis Poland também estava nessa. Fui vê-los no Ozzfest, encontrei os caras do Slipknot e eles fizeram bastante elogios ao meu som. Até Zakk Wylde andou ouvindo minha música. Estava claro que seria legal fazer algo Metal de novo e, em pouquíssimo tempo, eu fui chamado por Chuck. Foi perfeito. É coisa do destino. Então aqui estou eu!"

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

BW&BK: Agora você se sente completo com teu trio de Jazz, o TRANS-SIBERIAN ORCHESTRA e o TESTAMENT?

Alex: "Com certeza!, Os três são muito intensos, diferentes, um trabalho duro. Às vezes é meio estafante, mas é bem legal!"

BW&BK: Você marcou uma apresentação para 7 de setembro em Montreal (Canadá) e algumas outras nos Estados Unidos com o teu trio de Jazz. Você pode falar para os fãs do TESTAMENT o que eles podem esperar desse projeto, para aqueles que nunca ouviram sobre isso?

Alex: "Bem, é um ambiente muito diferente. É o tipo de coisa que você senta, escuta e não fala muito alto... Não há bate-cabeça... É só ouvir e sentir a música, é necessário prestar atenção à música. Algumas pessoas têm assistido aos shows não imaginando que vão gostar e acabam realmente gostando porque quando você presta atenção é tão excitante quando um show de Metal qualquer, de uma forma completamente diferente".

BW&BK: Você tem feito alguns clássicos do Rock e do Metal em versões Jazz que têm atraído alguns fãs de Metal e de Rock à sua música?

Alex: "Isso é verdade. Eu acho que quando você ouve pela primeira vez não encara como Metal. É preciso um pouco de esforço. É arte de qualquer forma. Há certos tipos de arte que você precisa investigar para realmente apreciar. É assim com o Jazz e com um monte de músicas dos antigos padrões do repertório do Jazz. Você tem que estudá-las para realmente apreciar e freqüentar os concertos, mas comigo vocês reconhecerão os padrões do Jazz ao ouvir músicas do SCORPIONS, JUDAS PRIEST, OZZY e algumas do KISS. Você reconhece o formato e não precisa ser necessariamente um frenquentador de concertos de Jazz, mas os padrões vêm totalmente do Jazz, tão puros quanto os fãs de Jazz apreciam, assim como os fãs de Rock. Alguns fãs de Rock e Metal têm conferido mais o Jazz por nossa causa e isso é uma grande satisfação. Mas nós tocamos os originais também, estes geram sua própria excitação".

BW&BK: Quais são os planos futuros para você e o TESTAMENT?

Alex: "Esta turnê vai durar até o resto do mês, depois eu tenho uma turnê com o trio na primeira metade de setembro, mais tarde o TESTAMENT vai para o Japão, depois Austrália. Nós temos dez cidades marcadas em outubro nos Estados Unidos, depois eu vou estar com a TRANS-SIBERIAN ORCHESTRA em novembro e dezembro e, na próxima primavera, o TESTAMENT estará de volta, 2009 será um ano bastante movimentado para o TESTAMENT".

BW&BK: Talvez um novo álbum?

Alex: "Bem, nós vamos definitivamente escrever alguma coisa enquanto estiver na estrada e há uma possibilidade de estar de novo em estúdio no começo de 2010".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

As 10 melhores baladas do thrash metal, em lista da Metal Hammer

Mustaine diz que não queria talaricar outra banda para substituir Ellefson

Dez astros do rock e do heavy metal que chegaram aos 60 anos recentemente

Metal FC: confira como seria um time de futebol formado por onze ícones do heavy metal

Dez hits do heavy metal que podem ser ouvidos por quem não gosta do estilo

Dead Cross, banda que conta com Mike Patton e Dave Lombardo, lançará disco em outubro

Há 60 anos: nascia Chuck Billy, vocalista da banda Testament

A resposta de Dave Lombardo quando Eric Peterson pediu que ele fizesse teste por vídeo

Hoglan afirma que todas as partes envolvidas se deram bem com sua saída do Testament

Do heavy ao black metal, 20 bandas que já gravaram covers do Iron Maiden

Thrash Metal: Os melhores discos lançados depois do ano 2000

Testament: Dave Mustaine tentou sabotar a banda, mas Rob Halford impediu

Testament: Como alguém gosta de Sabbath e Led e odeia os Beatles?

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Sobre Bruno Pasquini

24 anos, de São Paulo - SP, publicitário. Trabalha com marketing promocional na Editora Abril.

Mais matérias de Bruno Pasquini.