Edu Falaschi fala sobre Almah e novos rumos do Angra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por André Molina
Enviar correções  |  Comentários  | 

O vocalista do ANGRA e do ALMAH, Edu Falaschi, esteve em Curitiba comemorando o “Dia Mundial do Rock”. A data é festejada no dia 13 de julho, mas o cantor antecipou a comemoração, no bar Crossroads, no dia 11 de julho.

3549 acessosAngra: "Raining Blood" do Slayer na tour do Temple Of Shadows5000 acessosIron Maiden: confira fotos da famosa Acacia Avenue

Além de Falaschi, a festa reuniu grandes nomes da música local como o guitarrista vencedor do Guitar Idol, Gustavo Guerra, o vocalista do MOTOROCKER, Marcelus, e a banda MONSTERJAM, que foi a responsável pela promoção do evento. Aliás, a MONSTERJAM executou com competência um repertório fundamentado em clássicos do Hard Rock e do Heavy Metal. Não faltaram canções como “Long Live Rock ‘n’ Roll” (RAINBOW), “Bark At The Moon” (OZZY OSBOURNE) e “Stormbringer” (DEEP PURPLE). A parte dedicada ao IRON MAIDEN ficou por conta de Falaschi nos vocais. O vocalista do ANGRA presenteou o público com “Flight Of Icarus”, “Two Minutes To Midnight” e “The Number Of The Beast”, além de “The Show Must Go On”, do QUEEN e "King", do ALMAH.

Pouco antes de subir ao palco para participar da festa, Edu concedeu entrevista ao Whiplash. Ele comentou as gravações do segundo disco do ALMAH e os novos rumos que o ANGRA vai seguir. As gravações devem ser finalizadas na próxima semana. A previsão de lançamento é em setembro.

Como está o processo de gravação do novo disco do ALMAH?

Edu: "O ALMAH é uma banda, não é mais um projeto solo. Desta vez convidei brasileiros para fazer parte da banda. A idéia é dar continuidade ao trabalho com as mesmas pessoas tocando ao vivo. O trabalho está maravilhoso com um pessoal humilde e que toca muito. É a formula perfeita para conseguir um trabalho no mínimo prazeroso. Se não for o melhor, será um dos melhores discos que gravei em minha carreira".

Qual a diferença entre o novo disco e o primeiro trabalho?

Edu: "A diferença principal do novo para o primeiro é a participação de todos da banda nas composições. Todo mundo contribuiu. O CD tem um estilo próprio. É mais uniforme. O primeiro foi mais experimental. As músicas têm o estilo do Almah, que vai dar continuidade aos próximos trabalhos. As músicas estão mais trabalhadas. O acabamento do CD está melhor".

No novo trabalho tem a participação de Felipe Andreoli, que é um antigo parceiro do ANGRA. Este fator imprime uma identidade do ANGRA no ALMAH?

Edu: "Existe uma influência de ANGRA por eu ser o vocalista e o Felipe baixista. Mas estamos procurando o estilo próprio da banda, que deseja uma carreira. Os músicos são muito bons e têm suas próprias características, que vão contribuir com o trabalho".

Como estão as negociações para lançar o disco?

Edu: "O CD deverá sair no final de setembro, no Japão, na Europa, Brasil e nos Estados Unidos. A idéia é manter o trabalho e seguir em frente para fazer turnê e mais discos. Em breve vamos fazer a primeira turnê mundial. Queremos marcar para 2009. Não temos datas, mas estamos estudando".

Com o ALMAH se tornando uma banda e não mais um projeto solo, como fica a situação do ANGRA?

Edu: "O ANGRA por enquanto está parado resolvendo os problemas legais, que não são tão legais (risos), mas está tudo em paz e tranqüilo. Estamos só aguardando o momento certo para voltarmos com força. Obviamente algumas mudanças vão acontecer na banda devido a todos os problemas. O importante é que o ANGRA volte firme e forte e dê alegria para a gente e para os fãs. É o nosso maior desejo".

As mudanças são na parte administrativa ou na formação?

Edu: "Ainda não posso antecipar o que será decidido, mas serão mudanças que vão fazer diferença na parte artística e administrativa também".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

AngraAngra
"Raining Blood" do Slayer na tour do Temple Of Shadows

1090 acessosAndre Matos: turnê do álbum Holy Land chega ao Roça 'n' Roll853 acessosKiko Loureiro: entrevista para a Rock Master1184 acessosMarcio Guerra: A performance de Falaschi e Tarja no RIR 20111600 acessosAngra: em vídeo, primeira parte das composições para o novo álbum0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

AngraAngra
Poster antigo de um dos primeiros shows da banda

Rafael BittencourtRafael Bittencourt
"Eu gostaria de reunir todos os ex-membros do Angra no palco"

Paganini e o Heavy MetalPaganini e o Heavy Metal
A onipresença do "Capriccio nº 24" no Heavy Metal

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"0 acessosTodas as matérias sobre "Almah"

Iron MaidenIron Maiden
Confira fotos da famosa Acacia Avenue

Fotos de bandaFotos de banda
Você acha aquela clássica do Manowar esquisita?

RushRush
Um Adeus Aos Reis

5000 acessosRock Brasileiro: uma lista das 10 maiores bandas5000 acessosLed Zeppelin: A controvérsia sobre as origens do nome da banda5000 acessosFoo Fighters: "sósia" de Dave Grohl canta com a banda em BH4104 acessosSeparados no nascimento: Marco Hietala e Dentes de Sabre5000 acessosVinil, CD ou arquivos: Quem vence esse embate histórico?5000 acessosDimebag: relato e fotos inéditas do - bizarro - último Natal dele

Sobre André Molina

André Molina é jornalista, economista e começou a ouvir heavy metal ainda quando era criança. Tem 30 anos de idade e Rock 'n' Roll é sua religião.

Mais matérias de André Molina no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online