Jon Oliva: novo CD, TSO e Savatage

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por RazorB (Luís Ferraz), Fonte: Brave Words, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Jon Oliva, um dos membros fundadores do SAVATAGE e envolvido atualmente com seu projeto solo chamado JOHN OLIVA'S PAIN, falou com a Metal Asylum in Nova Jersey sobre o último álbum "Global Warning", o próximo disco do TRANS-SIBERIAN ORCHESTRA "Night Castle", e o futuro do SAVATAGE.

Em 17/10/1993: morria o talentoso guitarrista Criss OlivaDedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Metal Asylum: O novo disco "Global Warning" é um pouco diferente dos dois primeiros discos do JOHN OLIVA'S PAIN, "Maniacal Renderings" e "Tage Mahal". Pode nos dizer o que os tornou diferentes?

Oliva: "Bem, o que eu fiz, o que eu tento fazer com, digamos, 13 músicas que tenho, é fazer uma certa quantidade dessas músicas no estilo pelo qual sou conhecido, que é o estilo do SAVATAGE, e umas cinco músicas nas quais eu experimento um pouco. Como em 'Global Warning' você tem 'The Ride' e 'Master'. Você precisa tentar coisas novas, pois é isso que mantém as outras coisas mais interessantes. Se você se mantém trancado no mesmo modo de composição, você vai compor o mesmo disco de novo e de novo. Então era hora de tentar algo diferente. E isso é legal, porque haviam algumas músicas que eu achei, que meu irmão Chris (Oliva, também do SAVATAGE) tinha composto, e elas estão no disco. 'Look At The World' era uma música que ele escreveu no final dos anos 70 depois de um show do QUEEN, e foi a primeira vez que ele compôs uma música no estilo do QUEEN. Eu havia esquecido completamente delas, e foi nessas fitas que achei músicas que havia composto há anos atrás com meu irmão. 'Firefly' é outra que possui uma parte do que tínhamos escrito juntos, assim como 'Before I Hang', que é praticamente metade feita por ele".

Metal Asylum: Também ouço algumas melodias fora daquele estilo reconhecível do "Savatage/Streets"?

Oliva: "É como eu disse antes, sabe, eu gosto de tentar e mudar as coisas um pouco. Eu tenho alguns outros modos de cantar além da forma berrada hard rock, que eu gosto de fazer. Mas acredito piamente que variedade e versatilidade atraem a atenção das pessoas, e manter os mesmos tons o tempo todo vai deixar as pessoas entediadas. Acho que isso vem das coisas diferentes que eu costumo escutar, e a maioria das minhas bandas favoritas são versáteis, como QUEEN, THE BEATLES, até mesmo BLACK SABBATH, com a música 'Changes' do 'Vol. 4', sabe?"

Oliva: "Então isso foi algo que eu sempre tentei manter como parte do que eu faço. E isso mantém todas essas músicas de Metal mais interessantes. Em um disco eu posso fazer Heavy Metal, algumas músicas no estilo Power Rock, algumas num estilo mais Progressivo, e até algumas acústicas, como na música 'O to G' onde sou apenas eu, um sexteto de cordas e Kevin com um baixo fretless, sabe? Por pouco gravamos a música completamente ao vivo, foi muito legal".

Oliva: "É assim que as bandas da minha época faziam, como o QUEEN. Isso dá à música um sentimento diferente, ao invés de fazer tudo bonitinho, recortando e colando todos os instrumentos juntos. Nós usamos bateria de verdade, piano de verdade, conjunto de cordas de verdade. Eu uso o teclado e tal, mas quando vou fazer coisas mais orquestradas, eu gosto que pessoas venham e toquem os instrumentos".

Metal Asylum: Existe um futuro para o SAVATAGE?

Oliva: "Na verdade, se você olhar para o TRANS-SIBERIAN ORCHESTRA, ele é o SAVATAGE. Todos os membros do período 'Dead Winter Dead/ Wake Of Magellan' estão no TSO. Então é basicamente SAVATAGE sob um nome diferente, e quando você ouve 'Dead Winter Dead' ou 'Wake of Magellan' e a música do TSO, esses discos do SAVATAGE soam bem próximos ao som que o TSO faz. Veja só, o primeiro single de natal 'Christmas Eve Sarajevo 12/24' nós lançamos no 'Dead Winter Dead' do SAVATAGE, e ninguém queria tocá-lo. Então, quando o lançamos com o TSO, foi o single mais vendido do país. Daí percebemos que tínhamos levado o SAVATAGE até onde podíamos. O nome estava desgastado, e Deus abençoe os fãs, mas aquele era o máximo que conseguiríamos levar com a banda. Os fãs são ótimos e leais, tocamos com o SAVATAGE por vinte e tantos anos, mas não temos mais 21 anos. Nós começamos o lance do TSO que foi ótimo e obteve muito sucesso. E isso é difícil de admitir, porque comecei o SAVATAGE com meu irmão, e esse é maior chute na bunda que pode existir".

Oliva: "Mas agora não preciso me preocupar em cuidar da minha família por causa do sucesso do TSO, sabe? As pessoas se apegaram bastante ao nome, mas a essa altura, você consegue o melhor dos dois mundos. Você tem os membros do SAVATAGE fazendo o lance de natal com o TSO, você tem o JON OLIVA'S PAIN comigo, onde tocamos as coisas mais antigas do SAVATAGE como 'Sirens', 'Power Of The Night', 'Mountain King', 'Streets', 'Gutter Ballet', e Zak (Stevens) com sua banda CIRCLE II CIRCLE, onde ele toca as músicas de quando ele estava no SAVATAGE, como 'Edge of Thorns' e 'Handful of Rain'. Quero dizer, meu set é metade SAVATAGE, metade JON OLIVA'S PAIN. E veja o sucesso do TSO. Temos pessoas como Roger Daltrey do THE WHO, Paul Rodgers (QUEEN, BAD COMPANY), possivelmente Robert Plant (LED ZEPPELIN) vai tocar conosco esse ano, também Geoff Tate do QUEENSRYCHE, Tommy Shaw do STYX, Ian Hunter, John Anderson do YES. Quero dizer, essas pessoas são lendas e querem tocar conosco. Para mim, é o maior elogio que existe, fico louco só de imaginar".

Metal Asylum: Então no futuro, você não vê os membros do SAVATAGE se reunindo e fazendo shows sob esse nome?

Oliva: "É assim... Eu poderia facilmente sair e fazer JON OLIVA'S SAVATAGE com os caras do JON OLIVA'S PAIN. Mas por respeito não só ao nome, mas aos caras que tocaram junto comigo no SAVATAGE por vinte anos, e aos caras que tocam comigo agora, não farei isso. Não é a mesma coisa, é diferente com esses caras do OLIVA'S PAIN. Estou tentando fazer algo diferente com eles, enquanto me mantenho fiel às minhas raízes no SAVATAGE, além de não querer trabalhar sob a sombra do nome SAVATAGE. Porque realmente, tocar no JON OLIVA'S PAIN não tem nada a ver com dinheiro. Estou me divertindo muito com esse projeto, e é totalmente focado na música. Esse é outro motivo pelo qual não quis usar o nome SAVATAGE, não quero que as pessoas achem que estou sugando o nome até a última gota, entende? Eu não preciso mais trabalhar um dia sequer na minha vida se não quiser com o que consegui fazendo o TSO. Eu poderia simplesmente ficar sentado sobre minha bunda gorda e assistir futebol pelos próximos dez anos! (risos), mas eu não quero. Eu amo tocar, e é isso que vou fazer. Além do mais, tem tanta música feita pelo meu irmão que as pessoas ainda não ouviram que eu vou continuar tocando até eu conseguir lançar toda e qualquer música que meu irmão escreveu comigo. Aí então eu vou parar e fazer trilhas sonoras para filmes de terror ou algo numa montanha até ficar velho e grisalho".

A entrevista completa (em inglês) está neste link.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Jon Oliva"Todas as matérias sobre "Savatage"Todas as matérias sobre "Transsiberian Orchestra"


Em 17/10/1993: morria o talentoso guitarrista Criss OlivaEm 17/10/1993
Morria o talentoso guitarrista Criss Oliva

Savatage: guitarrista do Testament relembra passagemSavatage
Guitarrista do Testament relembra passagem

Heavy Metal: 10 vídeos involuntariamente engraçadosHeavy Metal
10 vídeos involuntariamente engraçados


Dedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debateDedo x Palheta
Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate

Axl Rose: Um dos vocalistas com maior alcanceAxl Rose
Um dos vocalistas com maior alcance


Sobre RazorB (Luís Ferraz)

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de RazorB (Luís Ferraz) no Whiplash.Net.

adGoo336