Rob Halford: "vivo e respiro Metal 24 horas por dia"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por César Enéas Guerreiro, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Vassil Varbanov, do site búlgaro Tangra Mega Rock, entrevistou em janeiro de 2008 o frontman do JUDAS PRIEST, Rob Halford, que falou, dentre outras coisas, sobre sua paixão pelo Heavy Metal.

324 acessosIn This Moment: cover de Phil Collins e dueto com Rob Halford5000 acessosMarilyn Manson: é do cantor o vídeo mais assustador

Tangra Mega Rock: O que é exatamente a Metal God Entertainment?

Halford: “É uma nova empresa que lida com praticamente tudo relacionado ao mundo do Heavy Metal. No momento estamos trabalhando exclusivamente com minhas atividades solo mas, no futuro, esperamos que se torne uma grande organização que sirva a todos na comunidade do Metal. Temos um selo dedicado ao Metal chamado Metal God Records e esperamos estar abertos a todas as bandas de Metal que desejem trabalhar conosco. Como você pode ver, trata-se de uma grande produtora para todos os diferentes aspectos do Metal – música, rádio, revistas... Temos muitas idéias”.

Tangra Mega Rock: Como o próprio nome já diz, não é apenas uma gravadora, mas uma grande organização que cobre todos os aspectos...

Halford: “Sim, eu amo a palavra ‘entretenimento’, porque é nisso que trabalhamos. Quando você está em um palco com a sua banda, você está lá para divertir as pessoas – você precisa fazer um grande show, tanto em relação à parte visual quanto ao som, então acho que essa é a palavra certa e é por isso que decidimos chamá-la de Metal God Entertainment. Isso é o que fazemos – damos às pessoas grandes experiências e noites fantásticas”.

Tangra Mega Rock: O FIGHT acabou bem antes de você voltar ao PRIEST. Isso foi devido ao projeto TWO que você montou com John Lowery e Trent Reznor?

Halford: “Bem, é extraordinário que eu tenha feito tantas coisas no Metal, sempre me dedicando ao máximo em todos os projetos nos quais já trabalhei e é por isso que sempre me esforço 1000% em tudo o que faço. Acho que o FIGHT ficou perdido quando surgiu a cena grunge de Seattle — a indústria musical estava mais concentrada naquilo, então infelizmente o FIGHT não conseguiu deslanchar. De qualquer forma, ‘War of Words’ já entrou pra história, assim como o ‘A Small Deadly Space’... No caso do TWO, eu conheci John Lowery através de alguns amigos e tivemos um encontro surpresa com Trent Reznor em Nova Orleans — foi assim que começou o projeto TWO. É muito legal porque recentemente, desde o lançamento de ‘Metal God Essentials’, muitas pessoas estão querendo investigar a era do TWO, então eu vou relançar nosso álbum ‘Voyeurs’ (1998) — estou fazendo a remixagem agora. Também vou relançar as demos originais”.

Tangra Mega Rock: As pessoas conhecem você como o “Metal God” feito de "British Steel" [“aço britânico”, também o título de um álbum do JUDAS], mas você não é um canalha arrogante — você sempre esteve disposto a ajudar colegas mais jovens como, por exemplo, o UGLY KID JOE no começo, SKID ROW... Por quê?

Halford: “Porque eu vivo e respiro Heavy Metal 24 horas por dia. Eu sou tão fã de Metal quanto músico de Metal e fico constantemente inspirado por todas as coisas que acontecem na música. Posso ser um cara velho, mas ainda tenho um jovem coração de Metal. Eu simplesmente adoro ver o que está acontecendo na cena do Metal pelo mundo todos os dias — eu navego pela Internet, vou ao MySpace e ao YouTube... Eu gosto de manter contato com todas as coisas interessantes para o futuro do Metal”.

Tangra Mega Rock: Como você disse, você não é mais um jovem...

Halford: “Não, mas isso é que é o melhor do Metal – ele te mantém vivo e com energia. Entre os meus fãs há desde adolescentes até pessoas da minha geração. Eu adoro todos os meus fãs, que são de diversas partes do mundo, diferentes raças, religiões, orientações sexuais... Somos todos seres humanos e devemos amar uns aos outros e uma das maneiras de fazer isso é estar no mundo do Metal”.

Tangra Mega Rock: Você me fez pensar na próxima pergunta... Já faz uns 10 anos desde que você revelou que era homossexual. Naquela época as pessoas ficaram um pouco chocadas, mas acho que ninguém se importa mais com isso. Você acha que isso faz com que o mundo agora seja um lugar melhor?

Halford: “Será um lugar melhor se todos nós convivermos bem. Eu fico vendo os problemas no Oriente Médio, em outros lugares do mundo e isso é simplesmente terrível. Eu já tive uma vida longa e só queria que o mundo melhorasse. Mas acho que a maior parte das pessoas no mundo só quer viver a vida delas, amar uns aos outros, e deixar os outros terem a liberdade de poder conseguir o melhor da vida. Comigo é assim – os fãs de Metal são todos diferentes, mas no fundo são todos boas pessoas”.

Tangra Mega Rock: Vamos voltar à Metal God Entertainment. Você fundou a empresa no mesmo ano que Trent Reznor disse “Foda-se a indústria musical!” O RADIOHEAD tentou fazer um tipo de revolução na Internet... Como você vê o futuro da indústria fonográfica?

Halford: “Acho que agora tudo está se ajeitando. A Internet foi inventada há mais de uma década então, como qualquer outra invenção em nível global, afeta muita gente, especialmente caras como eu e os fãs de música. Acho que as gravadoras ainda são muito importantes, pois são parte vital da indústria, mas agora há a oportunidade de você escolher como conseguir e apreciar a sua música – você pode baixar da Internet ou comprar os CDs distribuídos pelas empresas. Eu não acho que é legal dizer que a indústria deveria se fuder – isso é besteira. Acho que você deve aproveitar cada oportunidade para poder disponibilizar a sua música no mundo todo”.

Tangra Mega Rock: E o que você acha do retorno do VAN HALEN?

Halford: “Acho que é uma pena eles não terem o baixista original, Michael Anthony. É claro que é empolgante ver David Lee Roth de volta aos palcos... Eu me lembro que muitos anos atrás o JUDAS PRIEST abriu pro VAN HALEN em Los Angeles — essa é uma lembrança ainda muito forte para mim. O VAN HALEN teve uma voz muito importante no rock’n’roll, então é muito excitante vê-los juntos novamente. Vai ser um grande show”.

Tangra Mega Rock: Por último, o que podemos esperar de "Nostradamus", do JUDAS PRIEST? Esse é o melhor álbum que vocês já fizeram?

Halford: “Sim, acho que é uma das maiores obras de Metal que o JUDAS PRIEST já fez. É uma história maravilhosa sobre esse homem de carne e osso que viveu há 500 anos na França. Um homem que foi capaz de olhar pro futuro. Ele teve uma vida muito complicada e vamos falar de todos os aspectos dela – suas profecias, sobre as dificuldades que teve com várias pessoas... Vamos contar a história completa através de algumas das melhoras canções que o PRIEST já fez. É tudo o que as pessoas adoram ver no JUDAS PRIEST. Estamos fazendo a mixagem agora e deve sair ainda neste ano. Além disso, vamos pra estrada fazer grandes turnês mundiais – provavelmente duas. Faremos uma turnê clássica do PRIEST, na qual você vai ouvir todas as suas músicas favoritas, como ‘Breaking the Law’, ‘Living After Midnight’, ‘Electric Eye’, ‘Metal Gods’, etc., e também vamos fazer uma turnê ‘Nostradamus’ e tocar o álbum todo – do começo ao fim. Este é o ano do PRIEST!”

Leia a entrevista completa (em inglês) no radiotangra.com.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 30 de janeiro de 2013

MastodonMastodon
Dailor sofreu após Hinds dizer que Judas Priest não é metal

324 acessosIn This Moment: cover de Phil Collins e dueto com Rob Halford504 acessosJudas Priest: banda lança jogo oficial "Road To Valhalla"512 acessosJudas Priest: álbum clássico "Sin After Sin" completa 40 anos758 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Judas Priest"

DúvidaDúvida
O que é hard rock e o que é heavy metal quando falamos dos anos 1970?

Rob HalfordRob Halford
Encarnando um padre em comercial junto com atriz pornô

Sala de SomSala de Som
5 discos pra começar a ouvir heavy metal

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Judas Priest"0 acessosTodas as matérias sobre "Rob Halford"

Marilyn MansonMarilyn Manson
Segundo a Billboard, é dele o vídeo mais assustador

ManowarManowar
Você acha as fotos da década de 80 ridículas?

MetalMetal
As oito maiores tretas entre músicos do gênero

5000 acessosBlack Sabbath: About.com elege os 5 melhores álbuns da banda5000 acessosMetromix: a lista dos vocalistas mais irritantes do rock5000 acessosMegadeth: uma voz escondida em música de 2004 previa a entrada de Kiko na banda?5000 acessosMetallica: "One" fez a ponte entre o Venom e eles4148 acessosScreaming Lord Sutch & the Savages5000 acessosLed Zeppelin: sexo explícito na entrega de discos de ouro em 1973

Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online