Exodus: Gary Holt não odeia Steve "Zetro" Sousa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Daniel Faria, Fonte: The Classic Metal Show, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O programa The Classic Metal Show, transmitido aos sábados das 21h às 3h EST (Eastern Standard Time) no site cmsradionetwork.com, entrevistou o guitarrista do EXODUS Gary Holt, que criticou severamente as religiões organizadas e deu uma pequena alfinetada no ex-vocalista Steve "Zetro" Souza.

75 acessosArquivo KZG: Exodus no Brasil em 20145000 acessosGuitarristas: os maiores do Hard & Heavy segundo a revista Burnn

The Classic Metal Show: "The Atrocity Exhibition: Exhibition A" realmente parece atacar as religiões organizadas em geral. Qual é a sua opinião sobre o assunto?

Holt: "Religião organizada em todas as formas é algo venenoso. É responsável por 90% de todos os problemas do mundo. Não consigo associar sempre diretamente com estupros e incêndios criminosos, mas provavelmente às vezes há ligação. Nós atacamos isso de certas formas, especialmente na 'Childer of a Worthless God', apontando nossas miras no Islam radical. Você vê o que está acontecendo no Sudão com a professora. Pessoas estão gritando para ela ser executada por permitir que seus alunos dessem a um ursinho o nome 'Mohammed' (Clique aqui para ler mais detalhes). Se isso não é uma religião que só cria violência e ensina ignorância, então nada é. Mas eu decidi que o próximo coelho que minha cobra comerá se chamará 'Mohammed' antes que ele seja engolido. Eu vou gravar isso em video, e vou publicar isso na internet para que todos vejam Mohammed descendo na garganta da minha cobra. Aí vou filmar a merda que minha cobra deixa e vou indicar que aquilo são os restos de Mohammed. Sabe, fodam-se esses cuzões!"

The Classic Metal Show: Seu nome é Gary "Shit Disturber" (gíria para 'causador de problemas') Holt?

Holt: "Absolutamente! Sabe, é assim, nós não somos os primeiros nem seremos os últimos a atacar o cristianismo, mas por quê o Islam consegue passar batido? O fato é que se você desenhar Mohammed você é ameaçado de morte, mas mesmo assim eles ficam nervosos se você proclamar que eles são uma religião radical que gera violência e coisas assim. Eles ameaçam sua vida por fazer um desenho do líder fictício deles."

The Classic Metal Show: Nós conversamos com o seu ex-vocalista Steve "Zetro" Sousa quando ele estava promovendo o álbum solo "Dublin Death Patrol", e ele comentou sobre a "Shovel Headed Kill Machine", dizendo que ele queria ter cantado nela. Qual é a sua relação com ele hoje em dia?

Holt: "Eu tenho que soltar uma risada boa quando ouço ele dizer isso, porque a última coisa no mundo que ele queria estar era na banda, sabe, mas estamos em bons termos agora. Nós somos amigos casuais. Não nos vemos para comer churrasco ou ver futebol. Ele torce para os Raiders, e isso é uma impossibilidade para um torcedor do 'Niners como eu. Nós estamos bem e tudo mais. Eu acho que DUBLIN DEATH PATROL é um projeto perfeito pra ele porque permite que ele saia e seja um vocalista de Rock'N'Roll por talvez uma semana por ano, participe de festivais e coisas assim. É tão engraçado ouvir ele dizer coisas assim, porque deveria ter sido VOCÊ tocando com a gente na América do Sul em vez de ter que contratar amigos para preencher a vaga, mas você ia três dias antes do vôo marcado! É engraçado. Não dá para fazer tudo do jeito que você quer, colega! Mas eu não tenho ódio dele".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Slayer e ExodusSlayer e Exodus
Gary Holt revela como é tocar em duas grandes bandas

75 acessosArquivo KZG: Exodus no Brasil em 2014447 acessosTudo no Shuffle: Thrash Metal, 10 Grandes Riffs1091 acessosExodus: vídeos de reunião com Dukes, Bostaph e Hunolt1253 acessosExodus: banda vai se reunir com Rob Dukes para show0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Exodus"

ExodusExodus
"Eu pensava que aqueles caras eram meus irmãos"

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1985

ExodusExodus
Holt: "Nós e o Metallica criamos o Thrash Metal!"

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Exodus"

BurnnBurnn
Os maiores guitarristas Hard & Heavy da história

AnittaAnitta
"Eu era roqueira. Comecei no funk por destino."

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Filha ajuda o guitarrista a aprender "Holy Wars"

5000 acessosEurope: toco de Lemmy, pito de Freddie, mijada com Axl Rose5000 acessosPunk: 10 músicos que são mais ricos do que você pensa5000 acessosMetallica: Lars é um bom baterista? Mike Portnoy explica5000 acessosMetallica: Hetfield elege as suas dez músicas favoritas5000 acessosTitãs: "Nheengatu" e as incríveis coincidências nas capas2308 acessosMetallica: os maiores riffs da banda pelo Ultimate-Guitar

Sobre Daniel Faria

Nascido em 1977, cresceu em um lar onde rock progressivo dominava as ondas do ar. Aos 12 anos, com a compra de "Paranoid" (Black Sabbath) tudo mudou e o metal gradualmente passou a ser o som predominante em casa. Estudou Computer Science / Applied Science pela Concordia University (Montreal, Québec, Canada) e hoje vive em um vilarejo rural em Simcoe County, centro-sul de Ontario, Canada.

Mais matérias de Daniel Faria no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online