Tony Iommi: "o show atual é bem mais agitado"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marco Néo, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O artigo é de autoria de Scott McLennan, e foi publicado originalmente no Massachussets' Worcester Telegram & Gazette.

841 acessosBlack Sabbath: projeto Home of Metal chega a São Paulo5000 acessosNoisecreep: os 10 clipes mais assustadores do heavy metal

Em sua atual turnê, que está rodando os Estados Unidos com shows de abertura do MEGADETH e MACHINE HEAD, o HEAVEN AND HELL está tocando duas músicas novas, "The Devil Cried" e "Shadow of the Wind", que mostram que a banda não esqueceu o som obscuro e ameaçador que forjou nos primeiros álbuns. O vocal dramático de Ronnie James Dio combina bem com os riffs pesados de Iommi, enquanto a banda passeia por seus tópicos favoritos, como o trabalho do demônio na terra e aspectos das armadilhas temporais que infestam o planeta.

O que o HEAVEN AND HELL não toca no show é quase tão notado quanto o que é tocado. "Tocando como HEAVEN AND HELL significa não ter que tocar 'Paranoid' ou 'War Pigs'. Esta é a primeira vez que eu não toco essas músicas num show. O concerto tem duas horas de duração e só tocamos músicas compostas por esta versão da banda. Eu acho que quando tocávamos com Ronnie como BLACK SABBATH, as pessoas aguardavam para ouvir 'Paranoid' e 'War Pigs'. É o que você imagina ver quando vai a um show do BLACK SABBATH", diz o guitarrista Tony Iommi.

Ainda que ele ame essas músicas tradicionais do SABBATH, Iommi afirma que está gostando dessa quebra de uma rotina que vem se estendendo por anos tocando com o Ozzy nos Ozzfests. "Temos tocado o mesmo show pelos últimos dez anos, sempre que fizemos o Ozzfest. Amamos esse show, mas tem coisas do repertório antigo do SABBATH que não dá pra tocar. Estamos restritos ao que Ozzy consegue fazer. O show atual é bem mais agitado", continua Iommi.

Iommi ainda diz que está maravilhado com a energia de Dio: "o cara é surpreendente. Ele nem se aquece, vai direto pro palco e detona todas as noites".

Leia a matéria completa (em inglês) neste link.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Black SabbathBlack Sabbath
"Podemos fazer alguns shows pontuais", diz Iommi

841 acessosBlack Sabbath: projeto Home of Metal chega a São Paulo1805 acessosBlack Sabbath: veja unboxing da "The Ten Year War"1240 acessosDoom Metal: os 25 maiores álbuns do gênero0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
Os vocalistas misteriosos da banda

Lars UlrichLars Ulrich
A diferença entre o Purple, o Led e o Sabbath

BaixistasBaixistas
Steve Harris ganha de Cliff Burton em votação

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Heaven And Hell"

NoisecreepNoisecreep
Os 10 clipes mais assustadores do Heavy Metal

Por poucoPor pouco
15 rockstars que quase partiram dessa para uma melhor

Heavy MetalHeavy Metal
Os melhores álbuns de 2009 segundo o About.com

5000 acessosPitty: Segundo a cantora, 2013 foi o pior ano de sua vida5000 acessosMegadeth: a canção que Dave Mustaine menos gosta5000 acessosOs roqueiros mais chatos das redes sociais4867 acessosDee Snider: "Os headbangers devem ajudar uns aos outros!"5000 acessosAdeus cabelos: headbanger raspa cabeça após 34 anos5000 acessosSepultura: Yohan Kisser fala sobre como é tocar com o pai

Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online