Em 17/07/1992: Guns N' Roses e Metallica começam turnê conjunta

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

O GUNS N’ ROSES estava fazia cerca de um ano e meio adentro de sua turnê de quase 30 meses para promover os ‘Use Your Illusion’ quando se aliou ao METALLICA para uma empreitada de dois meses e meio pela América do Norte no verão de 1992. Os titãs do Metal também estavam bem calejados de estrada: àquela altura, eles estavam em turnê para divulgar seu monstruoso sucesso de disco, ‘Metallica’, de 1991.

2477 acessosGuns N' Roses: O provável setlist do show no Rock In Rio5000 acessosRockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus

Ambas as bandas estavam na ponta dos cascos e já um pouco cansadas de chão quando decidiram fazer 26 shows a começar no dia 17 de julho de 1992. Tudo teve início no RFK Stadium de Washington, onde as duas bandas preencheram seus sets com músicas de seus álbuns mais recentes, clássicos de catálogo e até alguns covers de seus artistas favoritos.

Era a turnê dos sonhos… ou seria dos pesadelos?

Não demorou muito até que o caldo entornasse. No dia 8 de agosto, no oitavo show, durante a parada no Estádio Olímpico de Montreal, o frontman do METALLICA, JAMES HETFIELD sofreu queimaduras de segundo e terceiro grau em seu braço esquerdo depois de ter pisado na boca de um canhão pirotécnico. Eles acabaram cancelando a segunda parte de seu set naquele dia.

Mas ao invés de subir ao palco mais cedo para acalmar a crescentemente agitada plateia, o GUNS N’ ROSES – uma banda não conhecida por honrar programações e horários com muito afinco – começou atrasado. Eles diriam depois que a equipe técnica ainda não havia tido tempo para ajustar os monitores do grupo, então eles não conseguiam se ouvir enquanto tocavam. Para acabar, o vocalista do GN’R, W. AXL ROSE, alegou uma dor de garganta, o que levou a banda a encurtar seu show.

Tal como em um show em St. Louis um ano antes, os fãs não aceitaram isso muito bem. Eles foram às ruas de Montreal e pilharam, atearam fogo, saquearam lojas e agiram como o tipo de gente sobre a qual conservadores alertavam pais de família em 1958.

A turnê recomeçou duas semanas depois no Arizona, com Hetfield trajando um enorme curativo e um guitarrista base temporário como Metallica no palco. Ela finalmente se encerraria no dia 6 de outubro com um show no Kingdome em Seattle. Rumores tem persistido há anos de que aquela foi uma manobra financeiramente lucrativa para o Metallica, que continuaria sua turnê ‘Wherever We May Roam’ até o meio de dezembro de 1992.

Já o Guns N’ Roses, supostamente perdeu dinheiro nesse trecho da turnê. Não que importasse muito. Eles ficariam na estrada por mais nove meses, finalizando sua peregrinação por 27 países no dia 27 de julho de 1993, como um show em Buenos Aires, Argentina.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 17 de julho de 2015
Post de 17 de julho de 2016
Post de 17 de julho de 2017

Guns N RosesGuns N' Roses
O provável setlist do show no Rock In Rio

604 acessosGuns e Bon Jovi: fãs das bandas acampam há 1 semana em SP1098 acessosFabio Lima: os maiores solos de "Sweet Child O' Mine"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

SlashSlash
Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?

SlashSlash
Falando sobre Adele, Guns N' Roses, filhos e mais

Eric SingerEric Singer
Steven Adler perdeu o concurso e a mãe dele foi tirar satisfação

0 acessosTodas as matérias da seção Fatos Importantes0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

Blasfêmias?Blasfêmias?
Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus

Blues PillsBlues Pills
Conheça o novo Led Zeppelin

BucketheadBuckethead
Uma rara imagem do guitarrista sem a máscara

5000 acessosDoentio: Black Metal composto apenas com gritos de pacientes loucos5000 acessosComo formar uma banda de Hard Rock em 69 lições5000 acessosChinese Democracy: de 1994 a 2008, a saga do álbum mais caro da história2273 acessosFoo Fighters: baterista deficiente dá show em cover5000 acessosRockstars: algumas imagens de momentos pessoais emocionantes5000 acessosMp3: o que perdemos durante o processo de compressão?

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online